Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Solução na seleção de enzimas pode acelerar a produção de medicamentos

por Kamila Jessie | 12/07/2019
Copiado!

Um método simplificado pode rastrear um grande número de enzimas e separar aqueles que têm potencial na fabricação de medicamentos e outros compostos úteis. Isso pode facilitar consideravelmente o trabalho de quem lida com síntese na engenharia química e biomédica.

enzimas
Imagem: nature.com

Seleção de enzimas:

Na triagem convencional, as enzimas candidatas são colocadas para trabalhar reações catalisadoras. Uma técnica analítica chamada espectrometria de massa, familiar para muitos de nós engenheiros ou aspirantes a profissionais da engenharia, é então usada para identificar os produtos da reação, permitindo aos pesquisadores determinar se as enzimas têm a atividade desejada. Mas esse método é difícil de usar para misturas complexas de moléculas, porque a mistura precisa ser meticulosamente separada em seus componentes.

Como ocorreu a descoberta?

Jay Keasling e Tristan de Rond, da Universidade da Califórnia, em Berkeley, e seus colegas descobriram uma maneira de eliminar essa etapa de separação. A equipe pesquisadores usou membros de uma família comum de enzimas para produzir uma série de novas moléculas. Em seguida, eles adicionaram uma etiqueta química que aderiu às novas moléculas e, em seguida, colocou a mistura em uma superfície com um revestimento especial. Quando os pesquisadores lavaram a superfície, as marcas aderiram ao revestimento. O time de cientistas então desalojou as tags e as moléculas anexadas e as colocou em um espectrômetro de massa para identificação.

enzimas
Imagem: onlinelibrary.wiley.com

Perspectivas futuras:

Os pesquisadores do Instituto de Bioenergia da Universidade da Califórnia, em Berkeley, dizem que, com alguns ajustes, o método poderia ser usado para rastrear uma ampla variedade de enzimas e é o que espera o pessoal da engenharia química, da engenharia genética e biomédica e uma gama de demais profissionais ligados à indústria farmacêutica e de biotecnologia.

O trabalho original, com uma abordagem acadêmica, está disponível na revista Angew. Chem. Int. Edn (2019), mas você também pode encontrar um resumo na Nature.

Copiado!
Engenharia 360

Kamila Jessie

Engenheira ambiental e sanitarista, MSc. e atualmente doutoranda em Engenharia Hidráulica e Saneamento pela Universidade de São Paulo. http://orcid.org/0000-0002-6881-4217

Comentários