Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

POR Beatriz Zanut Barros 12/07/2019

As inovações promovidas por startups estão presentes em diversas áreas da indústria, logo nas formas de produção de energia eólica não poderia ser diferente. Além do engajamento do público por estes novos produtos, sabe-se que os recursos naturais promovem 86% da energia mundial (IEA – International Energy Agency, 2018), e estão se tornando cada vez mais escassos. Fazendo ser necessário a busca por novas tecnologias, de forma que supra a demanda da população, e cumpra as normas de preservação ambiental.

Dentre as energias sustentáveis, encontra-se uma tecnologia chamada AWESs (Airborne Wind Energy Systems), esta inovação consiste em aeronaves e podem ser de cinco a oito vezes mais potentes do que os modelos tradicionais presentes em parques eólicos. Este é um exemplo inovador sobre a produção de energia eólica.

Detalhes da Produção de Energia Eólica

E como este sistema de produção de energia eólica funciona? A estrutura do AWESs consiste em uma base de instalação pequena, e uma corda, podendo chegar a uma altitude mais elevada que os modelos tradicionais, cerca de 300m, sendo que o aerogerador tradicional alcança 140m. Este sistema é capaz de informar as condições climáticas, e promover uma base de dados com relação ao clima  do local.

A energia é transferida através da corda, e ocorrem perdas de energia durante esta transmissão. Porém devido a estrutura física da produção de energia eólica, o sistema opera por mais tempo, e tem uma manutenção com menos frequência em relação ao tradicional.

Implementação deste Sistema de Produção de Energia Eólica

O primeiro modelo implantado voa pela cidade de Fairbanks, no Alaska. E é uma solução promovida pela startup Altaeros. Um modelo deste aerogerador, pode ter um custo reduzido em 60% e a produção de energia eólica equivalente a 15 aerogeradores tradicionais.

Embora já tenha um protótipo instalado, este tipo de tecnologia para a produção de energia eólica ainda se encontra em fase de desenvolvimento, e tem seu planejamento de desenvolvimento inicial previsto para áreas remotas, como base militares e regiões atingidas por desastres.

Referências

IEA, Science Direct, Inhabitat, YouTube

energia eólica
energia eólica no mundo
Produção de Energia Eólica

Beatriz Zanut Barros

Engenheira de Energia formada em 2018 pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Mestranda em Energia Renovável pela Universitat Politècnica de Catalunya em Barcelona. Acredito que o conhecimento é tudo que possuímos, e sou apaixonada pelas novas tecnologias que além de melhorar a qualidade de vida da população, não prejudicam o meio ambiente.

mais
Engenharia 360 Engenharia 360

VEJA TAMBÉM

6 Resultados
Engenharia, empreendedorismo e financiamento coletivo: o caso MOLA | Entrevista 360
Satélites Starlink menos brilhantes: SpaceX tenta tranquilizar profissionais da astronomia
Pesquisa sugere que crianças não confiam em assistentes de voz
22 coisas que só engenheiros ou estudantes de engenharia sabem
Será que vale a pena ser um(a) engenheiro(a)?
Diploma de Engenharia do Brasil vale em outros países?
Podcast 360
Ouça ou baixe podcasts
exclusivos da engenharia
Ver Todos

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

6 Resultados