Engenharia 360

Rainha Elizabeth II e o caso de Aberfan, uma catástrofe geotécnica

Engenharia 360
por Redação 360
| 08/09/2022 3 min

Rainha Elizabeth II e o caso de Aberfan, uma catástrofe geotécnica

por Redação 360 | 08/09/2022
Engenharia 360

Em 21 de outubro de 1966, o mundo ficou em choque por conta do colapso de uma mina de carvão na vila de Aberfan, perto de Merthyr Tydfil, no País de Gales – um dos territórios de responsabilidade da Rainha Elizabeth II -, considerado como uma das maiores catástrofes de Engenharia na Europa. 116 crianças e 28 adultos morreram no local. Nas horas e dias seguintes, membros da família real visitaram a zona de busca por sobreviventes, incluindo o Príncipe Philip. Mas a Rainha levou ainda mais tempo, algo que ela sempre admitiu arrependimento.

Desastre de Aberfan | Rainha Elizabeth
Imagem reproduzida de The Guardian
Rainha Elizabeth
Imagem reproduzida de Aventuras na História – UOL

O que pode ter causado o desastre de Aberfan?

A vila de Aberfan era basicamente movimentada, desde 1869, pela extração de carvão. Ela chegou, em determinado período, a ter mais de 600 minas ativas. Naquele dia de 1966, depois de uma chuva intensa, um grande acúmulo de água empurrou os rejeitos de rocha e xisto do terreno de uma dessas minas, a de número 7. Tudo escorregou de repente e em alta velocidade ladeira abaixo. Foram 40 mil m³ de escombros que cobriram parte da aldeia em questão de minutos, incluindo as salas de aula da Escola Primária do Condado de Pantglas, onde estavam jovens, crianças e professores.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Rainha Elizabeth
Imagem reproduzida de History
Rainha Elizabeth
Imagem reproduzida de Blog da Engenharia
Rainha Elizabeth
Imagem reproduzida de The Week UK
Rainha Elizabeth
Imagem reproduzida de Aventuras na História – UOL
Rainha Elizabeth
Imagem reproduzida de ITV Hub

Conclusões das investigações

Ninguém conseguiu ser avisado do que estava acontecendo devido a um roubo de cabo de telefone. E as investigações ainda concluíram que, mesmo assim, o deslizamento aconteceu tão rápido que um telefonema avisando sobre o deslizamento não teria dado tempo de salvar as vidas da avalanche. Lamentavelmente, essa tragédia foi anunciada. Os moradores da vila já haviam alertado sobre essa possibilidade de instabilidade do solo, mas as autoridades do governo do país e do reino nada fizeram.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A polícia, mais tarde, depois de ouvir testemunhas e especialistas, determinou que as causas do acidente eram mesmo as condições geológicas impróprias. Tudo isso pode ser lido em um documento oficial, que ainda ressalta a responsabilidade do Conselho Nacional do Carvão, punido criminalmente e obrigado a indenizar as famílias. Porém, levou ainda três anos para que fosse aprovada uma lei para garantir a segurança das pessoas que viviam próximas de minas e pedreiras.


Fontes: Wikipédia.

Engenharia 360

Redação 360

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo