Engenharia 360

Conheça todas as 6 residências em que a Rainha Elizabeth II morou

Engenharia 360
por Simone Tagliani
| 08/09/2022 4 min

Conheça todas as 6 residências em que a Rainha Elizabeth II morou

por Simone Tagliani | 08/09/2022
Engenharia 360

Sabia disso? A Rainha Elizabeth foi a monarca que reinou por mais tempo no mundo. Em seus quase cem anos de vida, ela morou em diversas residências – dentre palácios, mansões e castelos -, cujas propriedades estão em quatro países, tanto em zona urbana quanto em zona rural, propriedades da Coroa ou mesmo particulares. Todas são muito luxuosas, imponentes, histórias e importantes referências arquitetônicas! Algumas possuem áreas para visitação pública, como jardins abertos em determinadas épocas. Ficou curioso? Então, confira o texto a seguir!

Propriedades diretamente ligadas à Rainha Elizabeth II

Palácio de Buckingham

Localizado na cidade de Westminster, pertencente à coroa e datado do ano de 1703, servindo de residência oficial desde 1837. Possui 775 cômodos espalhados em 77 mil m², 108 m de comprimento e 24 m de altura, muitos já utilizados para eventos oficiais, recepções, cerimônias e celebrações nacionais. Só dormitórios são 19 de Estado, 52 reais e 188 de funcionários. Também há 92 escritórios e 78 banheiros. A visitação pública inclui a sala do trono, a grande escadaria, o salão de baile, a sala de música e os jardins.

residências da Rainha Elizabeth
Imagem reproduzida de Dica de Londres e Inglaterra
residências da Rainha Elizabeth
Imagem reproduzida de Aventuras na História – UOL

Veja Também: Rainha Elizabeth II e o caso de Aberfan, uma catástrofe geotécnica

Castelo de Windsor

Este castelo ou fortaleza, localizado no condado de Berkshire, em Widsor, tendo mais de 900 anos, é, na verdade, considerado uma casa de campo da família. Foi residência da Rainha e de sua irmã no período da Segunda Guerra Mundial. Depois de casada, ela passou a frequentar o local nos finais de semana. Antes disso já foi casa de 39 monarcas. Hoje, setores como a casa de bonecas, a Capela de São Jorge e a Capela do Memoral Albert, podem ser visitados o ano inteiro, salvo quando a Rainha visita e quando há eventos oficiais.

residências da Rainha Elizabeth
Imagem reproduzida de Londres Tour Turismo

Palácio de Holyrood

Este palácio fica em Edimburgo, na Escócia. Geralmente, a Rainha gostava de passar os seus verões na residência, que também foi de Mary, a Rainha dos escoceses. A edificação, fundada em 1128, chegou a abrigar um monastério. Mas, obviamente, sua estrutura foi bastante modificada ao longo dos anos. Recebeu suntuosas salas de cerimônias em decoração barroca. A Great Gallery, por exemplo, expõe 96 retratos de membros da dinastia. E não podemos deixar de citar a abadia de Holyrood, do século XII, também no mesmo terreno da edificação.

residências da Rainha Elizabeth
Imagem reproduzida de Visit Britain

Castelo de Balmoral

Mais uma propriedade na Escócia, também considerada uma residência de verão. Ela foi adquirida em 1859 pelo marido da avó de Elizabeth II, a Rainha Vitória. Tem 20 mil hectares, onde boa parte se pratica silvicultura e criação de animais, como gado e pôneis. Dentro da casa, há um lindo salão de baile, o Ballroom.

residências da Rainha Elizabeth
Imagem reproduzida de Diário do Nordeste

Veja Também: Conhece o Prêmio de Engenharia Rainha Elizabeth?

Palácio de Sandringham

Situado na freguesia de Sandringham, em Norfolk, Inglaterra, esse palácio foi adquirido pela família de Elizabeth II, em 1862. Desde então, foi residência de vários monarcas. A Rainha gostava, particularmente, de passar os Natais no local, que traz muitas memórias de seus antepassados. Infelizmente, foi neste endereço que faleceram seu pai e avô. Do lado de fora da edificação, existem 8 mil hectares de lindos jardins, parques e fazendas.

residências da Rainha Elizabeth
Imagem reproduzida de Mapcarta

Castelo de Hillsborough

Esta era a residência da Rainha na Irlanda e também a residência oficial do secretário de Estado do país. Ela foi construída em 1170, reformada nos últimos 300 anos. Desde 1760, seus jardins ornamentais, bosques, canais e vales, somando 40 hectares, vêm sendo modelados.

residências da Rainha Elizabeth
Imagem reproduzida de Viagem & Gastronomia – CNN Brasil

Fontes: Revista Casa e Jardim, Viagem e Gastronomia – CNN.

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada em Arquitetura & Urbanismo e Letras; técnica em Publicidade; pós-graduada em Artes Visuais e Jornalismo Digital; estudante de Marketing; e proprietária da empresa Visual Ideias.

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo