Engenharia 360

Conhece o Prêmio de Engenharia Rainha Elizabeth?

Engenharia 360
por Redação 360
| 08/09/2022 | Atualizado em 27/01/2023 3 min

Conhece o Prêmio de Engenharia Rainha Elizabeth?

por Redação 360 | 08/09/2022 | Atualizado em 27/01/2023
Engenharia 360

No ano de 2011, o governo do Reino Unido lançou o The Queen Elizabeth Prize for Engineering, ou Prêmio de Engenharia Rainha Elizabeth. O objetivo é premiar profissionais ou equipes de profissionais – no máximo 3 pessoas – da área da Engenharia cujo trabalho se destacasse em termos de inovação que tenha beneficiado, de algum modo, a humanidade, como ajudando no avanço da aplicação positiva do conhecimento de Engenharia. Os laureados – que podem ser de qualquer nacionalidade – devem receber, junto do prêmio, em nome da rainha, uma importante quantia de dinheiro em libras esterlinas.

A ideia para a criação do prêmio partiu de um grupo suprapartidário da Inglaterra. E, hoje, ele é administrado por uma companhia filantrópica, a Fundação Prêmio Rainha Elizabeth, com sede no País de Gales. Na última década, foi presidido pelo presidente da Royal Academy of Engineering, o presidente da Royal Society e o presidente da Lone Pine Capital, tendo como consultor o assessor científico chefe do governo britânico. São empresas que contribuem: Sony, Siemens, Toshiba, Jaguar, entre outras.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Prêmio de Engenharia Rainha Elizabeth
Imagem reproduzida de ERM MACEDO LDA – ANGOLA POWER SERVICES

Quem pode receber esse prêmio?

São critérios para julgamento de trabalhos para seleção do Prêmio de Engenharia Rainha Elizabeth:

  • demonstrar avanço excepcional de Engenharia;
  • provar que produziu algum benefício público tangível e difundido;
  • salvar vidas ou transformar culturas, inspirando e educando ou ajudando a enfrentar os desafios globais;
  • fazer sentido no dia-a-dia;
  • dentre outras informações adicionais.
Prêmio de Engenharia Rainha Elizabeth
Imagem reproduzida de Queen Elizabeth Prize for Engineering

Qual a importância de se receber o prêmio?

Saiba que somente a nomeação para o Prêmio de Engenharia Rainha Elizabeth já é muito bem valorizado por academias de Engenharia e Ciência, universidades, organizações de pesquisa e companhias de todo o mundo. Então, os contemplados ganham uma inestimável publicidade positiva de si. Seria um imenso enriquecimento de currículo, ajudando a abrir inúmeras portas no mercado acadêmico e de trabalho.

Prêmio de Engenharia Rainha Elizabeth
Imagem reproduzida de Blog_Real – O Blog das Monarquias – SAPO

Quem já recebeu o Prêmio de Engenharia Rainha Elizabeth?

Até agora, houve duas cerimônias de entregas do Prêmio de Engenharia Rainha Elizabeth, uma em 2013 e outra em 2015. O prêmio inaugural, com a presença da Princesa Ana, na Royal Academy of Engineering, foi concedido a uma equipe de cinco engenheiros que criaram a Internet e a World Wide Web. Neste ano, os laureados foram:

  • Robert Kahn, Vint Cerf e Louis Pouzin, por suas contribuições aos protocolos que formam a arquitetura fundamental da Internet,
  • Tim Berners-Lee, pela criação da World Wide Web, e
  • Marc Andreessen, pelo Mosaic.

Já em 2015, o anúncio foi feito na presença da Sua Alteza Real, o Príncipe Andrew. O laureado foi:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

  • Robert Langer, por seu trabalho em liberação controlada de grande moléculas produtoras de drogas.

Veja Também: Os 12 maiores engenheiros civis da história


Fontes: Wikipédia.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com [email protected] para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Engenharia 360

Redação 360

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo