Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

8 tipos diferentes de concreto de alta tecnologia para obras | Lista 360

por Simone Tagliani | 04/03/2021

O concreto é um material já utilizado há muitos anos na construção civil e atualmente existem variações com características muito melhores, oferecendo mais vantagens para as obras

Betão ou concreto, assim é chamado o material mais utilizado pela construção civil. Sua massa é resultante da mistura de água, cimento e agregados, como brita. Na história humana, a primeira vez que se ouviu falar disso foi no período Romano, com as construções em tijolo cerâmico. Depois, só após a Idade Média, entre os séculos XIX e XX, com o desenvolvimento de pesquisas que levaram a construção de grandes edifícios.

Agora, no século XXI, temos acesso a diferentes tipos de concreto. A soma de armaduras juntamente da massa comum nos deu a chance de cogitar estruturas de vãos maiores – concreto armado -, sobretudo quando há a tração das barras – concreto protendido. Fora isso, com o tempo, foram criadas outras soluções para tornar os elementos mais leves – exemplo são as lajes alividadas –, ecológicos, pró-reativos e mais resistentes. A maioria pode vir pronta das fábricas; algumas serem submersas; e outras recicladas! Impressionante, não?! Confira, a seguir, outras variações deste material!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

imagem ilustrativa de concreto em preparação para obra

Tipos de concreto com características estéticas surpreendentes

1. Vitrificado

Este concreto também é chamado de vitrificado; melhor dizendo, é um tipo de concreto mais atrativo e elegante. Ele é composto de uma mistura com retardador de pega e passa por um processo de lapidação ou polimento com ajuda de máquinas retificadoras, discos abrasivos e diamantados. Tem o seu tratamento definitivo com aplicação de reagentes químicos. Uma das suas maiores vantagens é ser impermeável e resistente às foças mecânicas e abrasivas.

concreto vitrificado, imagem ilustrativa
(imagem extraída de Restauro Pisos)

2. Translúcido

De certo modo, pode-se dizer que o concreto translúcido é ecologicamente correto, pois está ligado a um conceito de preocupação ambiental, visando o menor consumo de energia elétrica dentro das edificações. O diferencial deste concreto é permitir a passagem da luz natural pelas estruturas arquitetônicas. Em sua mistura, vai uma pequena quantidade de fibra ótica, que funciona também como agregado miúdo. Os blocos resultantes disso ficam mais maleáveis, impermeáveis e resistentes.

concreto translúcido
(imagens extraídas de Concremix e Simbiosis Group)

3. Branco

O concreto branco é um concreto quase comum. Mas a diferença dele é ser feito a partir de um cimento branco estrutural. Na sua composição também vão calcário e areia naturalmente clara e agregados inertes de mármore, granito e outras pedras nesta linha. Ou seja, não se podem usar na mistura os mesmos materiais responsáveis pela cor cinza do cimento convencional. No fim das contas, tem-se um tipo de concreto com alta durabilidade e baixa manutenção, não precisando de cobertura de revestimento.

Museu Iberê Camargo, em Porto Alegre.
Museu Iberê Camargo, em Porto Alegre. (imagem de Wikimedia)

4. Colorido

Outro tipo de concreto que pode ser usado da forma aparente é o concreto colorido. Sua massa leva adição de corantes – com melhor resultado se combinados ao cimento branco. Esta pigmentação já é realizada no momento de misturar tudo na betoneira. O resultado é mesmo surpreendente, agregando um alto valor às obras arquitetônicas. Contudo, a homogeneidade é difícil de conseguir. Além do mais, alguns estudiosos acreditam que sua resistência seja menor do que a de um concreto convencional, exigindo mais controle técnico, da produção da massa à execução da estrutura.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

concreto colorido na praça das artes, em São Paulo
Praça das Artes, em São Paulo. (imagem de Gabriel de Andrade Fernandes em Flickr)

Tipos de concreto com características mecânicas espantosas

5. Permeável

O concreto permeável é uma das soluções mais inovadoras dos últimos tempos. Ele pode ser a resposta perfeita para amenizar os impactos terríveis das enchentes nas grandes cidades! Ele tem a capacidade de drenar milhares de litros de água em questão de minutos através de grandes seixos. Além disso, deve apresentar alta resistência à compressão, flexão e desgaste; sem contar que reduz o aquecimento das superfícies.

concreto permeável em duas imagens ilustrativas
(imagens extraídas de Rhino Pisos e Ecoland Scaping)

6. Flexível

Este concreto leva polímeros especiais, com a tensão distribuída sobre as superfícies de um modo menos concentrado, que o faz ser flexível ao mesmo tempo que incrivelmente duro. Ele também leva menos tempo para ser feito e aplicado, fora que é mais resistente e durável em comparação ao concreto convencional. Portanto, sendo perfeito para inúmeras obras complexas de engenharia, como de rodovias.

homem segurando peça de concreto flexível
(imagem de Media Nanyang Technological University)

7. Autocurativo ou Autocicatrizante

Também chamado de bioconcreto ou “concreto vivo”, este tipo de concreto leva adição de cimento extra-seco, lactado de cálcio e agente de cura especial. Este pequeno detalhe faz com que a massa se auto conserte – ou quase isto –, suportando um estiramento muito maior.  Em consequência, também há menores chances de corrosão das armações metálicas no interior das estruturas. E o retorno financeiro é garantido, já que as peças precisarão de menos manutenção no futuro.

bioconcreto autocurativo
(imagem extraída de TEM Sustentável)

8. Celular

A massa do chamado concreto celular é bem diferente. Sua composição especial, realizada num processo de fabricação – com o nome de “autoclavagem”, onde é incorporado pó de alumínio na mistura em alta temperatura e pressão -, reage em milhões de bolhas de gás de hidrogênio, fazendo com que os elementos moldados fiquem muito mais leves do que ficariam se fossem feitos de concreto comum. Sua aparência final é como de uma espuma, mas seus blocos podem ser usados como estrutura. Também possui, como características, ótimo desempenho acústico, baixa condutibilidade térmica, resistência ao fogo, à umidade, e à agentes químicos e fungos.

obra em construção com concreto celular
(imagem extraídas de Wikipedia)

Conhece mais algum? Deixe nos comentários!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Comentários

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada em Arquitetura & Urbanismo e Letras; especialista em Artes Visuais; estudante de Jornalismo Digital e proprietária da empresa Visual Ideias - Redação, Edição e Produção de Conteúdos.