Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Telecomunicações: entenda a importância dos avanços na tecnologia de chamada de voz em 5G

por Daiane J. Silva | 31/01/2022 | Atualizado em 02/02/2022

Há alguns dias, a Tim realizou a primeira chamada de voz em 5G na América Latina. O serviço, ainda em fase de testes, é um grande avanço e vem com a promessa de melhoria das chamadas de voz e também melhor integração com aplicativos.

Antes que você pense que ambas as coisas são iguais, precisamos lembrar que, quando falamos ‘voz’, estamos nos referindo a uma tecnologia que não necessita de nenhum aplicativo para a comunicação. Por exemplo, o VoIP usa somente a internet para realizar chamadas, onde basta um telefone com a funcionalidade, sem a necessidade de aplicativos; é só pegar e discar, não há outro intermediário.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Assim é também VoLTE, que trata a voz sobre 4G, e que também é um padrão de comunicação sem necessidade de nenhum aplicativo para a conexão. O fato de o VoNR ou Voice over New Radio – solução de voz e vídeo que usa a infraestrutura da rede 5G SA – já contar com a funcionalidade, representa uma grande evolução. A saber, o seu predecessor não foi criado com esta funcionalidade e precisou de desenvolvimentos posteriores.

5g
Imagem reproduzida de: https://www.digitro.com/blog/5g-futuro-da-telefonia

O 5G mudando a nossa vida

Claro, você deve estar se perguntando o que isso muda em sua vida, levando em conta que a grande maioria das pessoas não usa chamada de voz com a mesma frequência que se fazia há alguns anos. Bom, a mudança ainda é sutil, mas vem carregada de grande potencial. Ela não vai somente melhorar a qualidade de videoconferências – que, num passado recente, era limitado a chamadas de voz -, mas vai abrir caminho para o mundo da Realidade Virtual e Realidade Aumentada, que o 5G promete trazer para nosso dia a dia e fazer parte de nossa rotina a ponto de se tornar algo comum.

Do ponto de vista das operadoras, os benefícios são muitos:

  • voz mais clara, menor custo operacional e rapidez na migração de tecnologias anteriores (2G e 3G), disponibilizando o espectro para outras utilizações.

No Brasil, o leilão de frequências de 5G só aconteceu há poucas semanas. Porém a implementação acelerada da quinta geração só será possível pelo que chamamos de NSA ou Non-Standalone, onde se utiliza o core do 4G para a implementação da solução. A TIM promete que até o final de 2022 a tecnologia de voz sobre 5G estará disponível aos telefones que possuírem esta funcionalidade. Mas, será mesmo? O que você acha? Escreva nos comentários!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Veja Também: Ainda pensando em 5G? Descubra quando será o lançamento da internet 6G


Fontes: Teletime News.

Comentários

Engenharia 360

Daiane J. Silva

Engenheira eletrônica e de telecomunicação forma pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Feminista, Geek. Fala sobre tecnologia, acessibilidade, empoderamento, educação, negócios e diversidade.