Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Hora do Planeta 2022: junte-se a milhões de pessoas para salvar a natureza

por Redação 360 | 24/03/2022 | Atualizado em 26/03/2022

Já ouviu falar em ‘Hora do Planeta‘ ou ‘Earth Hour’? Pois saiba que este é um movimento anti-aquecimento global promovido pela ONG World Wide Fund for Nature e que visa mobilizar a sociedade do nosso planeta a lutar contra os impactos negativos gerados pelos seres humanos na natureza. Ele começou em 2007 e a proposta é que, num período de 1 hora, no último sábado de março de cada ano, a população, as empresas e os órgãos dos governos apagarem as luzes das suas edificações e poupar energia. Em 2008, por exemplo, 50 milhões de pessoas em 400 cidades de 35 países participaram do combinado!

Hora do Planeta
Imagem reproduzida de Biologia Net

Essa é uma oportunidade incrível para as pessoas se juntarem numa forte ação de manifestação, chamando a atenção de todos para a necessidade do mundo ser mais sustentável e de que, para isso, ainda há muito o que fazer. E por ter certeza de que é um gesto de grande importância diante do contexto de vida que levamos e as graves alterações climáticas que já estamos sofrendo! Então, imagina sincronizar o desligamento da sua casa com o Coliseu, de Roma; ou a Golden Gate, de São Francisco; o Empire State, de Nova York; e mais. Muito legal, não?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Anota aí! Dia 26 de março de 2022, das 20:30 às 21:30 horas!

Hora do Planeta
Imagem reproduzida de Câmara Municipal de Miranda do Douro

Veja Também: Aquecimento Global – ferramenta da NASA mostra quanto o mar vai subir em cada região do Planeta

Participação brasileira na Hora do Planeta

Nas edições passadas da Hora do Planeta, 100 cidades, mais de 700 empresas e 300 organizações manifestaram apoio ao evento. Eis algumas ações que foram feitas:

  • Pontos do Rio de Janeiro, incluindo o Cristo Redentor, a orla de Copacabana e o Pão de Açúcar, tiveram a iluminação apagada por uma hora.
  • São Paulo apagou sua Ponte Estaiada, além do Monumento às Bandeiras, Viaduto do Chá, Estádio do Pacaembu, Teatro Municipal, Obelisco e Parque do Ibirapuera, Edifício Copan, Instituto Butantan e o Museu de Arte Moderna.
  • Brasília desligou as luzes do Palácio do Planalto e do Palácio do Itamaraty, a Esplanada dos Ministérios e a Catedral.
  • Curitiba deixou no escuro a Estufa do Jardim Botânico, o Teatro Paiol, a fachada do Paço da Liberdade, a Fonte de Jerusalém, Torre da Biodiversidade, Torre Panorâmica, Monumento de Bambu na Linha Verde, o Portal de Santa Felicidade, e mais.
  • E Porto Alegre fez o mesmo com a Usina do Gasômetro, a Estátua de Bento Gonçalves, a Estátua do Laçador, a Fonte Talavera, Largo dos Açorianos, o Monumento ao Expedicionário, a Praça da Matriz, a Praça da Alfândega, Três Guerreiros, Vigilantes do Parcão e Viaduto Otávio Rocha.
Hora do Planeta
Imagem reproduzida de
PrePara Enem

E aí? Topa ficar às escuras por uma hora? Participe da Hora do Planeta junto do 360 e depois comente como foi a sua participação aqui para nós!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Veja Também: Aquecimento Global pode tornar energia solar menos eficiente


Fontes: Wikipedia, Hora do Planeta.

Comentários

Engenharia 360

Redação 360

Engenharia para todos.