Engenharia 360

Hora do Planeta 2022: junte-se a milhões de pessoas para salvar a natureza

Engenharia 360
por Redação 360
| 24/03/2022 | Atualizado em 23/01/2023 3 min

Hora do Planeta 2022: junte-se a milhões de pessoas para salvar a natureza

por Redação 360 | 24/03/2022 | Atualizado em 23/01/2023
Engenharia 360

Já ouviu falar em ‘Hora do Planeta‘ ou ‘Earth Hour’? Pois saiba que este é um movimento anti-aquecimento global promovido pela ONG World Wide Fund for Nature e que visa mobilizar a sociedade do nosso planeta a lutar contra os impactos negativos gerados pelos seres humanos na natureza. Ele começou em 2007 e a proposta é que, num período de 1 hora, no último sábado de março de cada ano, a população, as empresas e os órgãos dos governos apagarem as luzes das suas edificações e poupar energia. Em 2008, por exemplo, 50 milhões de pessoas em 400 cidades de 35 países participaram do combinado!

Hora do Planeta
Imagem reproduzida de Biologia Net

Essa é uma oportunidade incrível para as pessoas se juntarem numa forte ação de manifestação, chamando a atenção de todos para a necessidade do mundo ser mais sustentável e de que, para isso, ainda há muito o que fazer. E por ter certeza de que é um gesto de grande importância diante do contexto de vida que levamos e as graves alterações climáticas que já estamos sofrendo! Então, imagina sincronizar o desligamento da sua casa com o Coliseu, de Roma; ou a Golden Gate, de São Francisco; o Empire State, de Nova York; e mais. Muito legal, não?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Anota aí! Dia 26 de março de 2022, das 20:30 às 21:30 horas!

Hora do Planeta
Imagem reproduzida de Câmara Municipal de Miranda do Douro

Veja Também: Aquecimento Global – ferramenta da NASA mostra quanto o mar vai subir em cada região do Planeta

Participação brasileira na Hora do Planeta

Nas edições passadas da Hora do Planeta, 100 cidades, mais de 700 empresas e 300 organizações manifestaram apoio ao evento. Eis algumas ações que foram feitas:

  • Pontos do Rio de Janeiro, incluindo o Cristo Redentor, a orla de Copacabana e o Pão de Açúcar, tiveram a iluminação apagada por uma hora.
  • São Paulo apagou sua Ponte Estaiada, além do Monumento às Bandeiras, Viaduto do Chá, Estádio do Pacaembu, Teatro Municipal, Obelisco e Parque do Ibirapuera, Edifício Copan, Instituto Butantan e o Museu de Arte Moderna.
  • Brasília desligou as luzes do Palácio do Planalto e do Palácio do Itamaraty, a Esplanada dos Ministérios e a Catedral.
  • Curitiba deixou no escuro a Estufa do Jardim Botânico, o Teatro Paiol, a fachada do Paço da Liberdade, a Fonte de Jerusalém, Torre da Biodiversidade, Torre Panorâmica, Monumento de Bambu na Linha Verde, o Portal de Santa Felicidade, e mais.
  • E Porto Alegre fez o mesmo com a Usina do Gasômetro, a Estátua de Bento Gonçalves, a Estátua do Laçador, a Fonte Talavera, Largo dos Açorianos, o Monumento ao Expedicionário, a Praça da Matriz, a Praça da Alfândega, Três Guerreiros, Vigilantes do Parcão e Viaduto Otávio Rocha.
Hora do Planeta
Imagem reproduzida de
PrePara Enem

E aí? Topa ficar às escuras por uma hora? Participe da Hora do Planeta junto do 360 e depois comente como foi a sua participação aqui para nós!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Veja Também: Aquecimento Global pode tornar energia solar menos eficiente


Fontes: Wikipedia, Hora do Planeta.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com [email protected] para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Engenharia 360

Redação 360

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo