Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Dassault Systèmes AirXperience 2021: como foi o evento?

por Redação 360 | 28/06/2021

A empresa Dassault Systèmes realizou mais uma edição do evento AirXperience; este ano, com foco nas tecnologias aeroespaciais e de defesa. Saiba como foi!

Recentemente, nós comentamos aqui, no Engenharia 360, sobre o evento AirXperience 2021, promovido pela empresa Dassault Systèmes, lider mundial na criação de softwares de desenho em 3D, prototipagem em 3D e soluções para product lifecycle management. Este ano, as palestras virtuais ocorreram entre os dias 22 de junho e 25 de junho, com um foco principal nas últimas novidades tecnológicas na Indústria Aeroespacial e de Defesa. Saiba como foi!

Dassault Systèmes
Imagem extraída de Dassault Systèmes

Sobre o AirXperience 2021

As palestras da AirXperience 2021 foram realizadas em dois horários. Acompanhamos as palestras, transmitidas em canal especial criado pela Dassault Systèmes com convidados de vários países no idioma inglês. Todos exploraram, dentro de cada área de conhecimento, o tema da transformação digital – plataformas digitais colaborativas, projetos, testes, ações práticas e mais – dentro do “mundo” aeroespacial.

Quem acompanhou, pode ouvir a opinião de grandes líderes do setor. Eles compartilharam as suas experiências, opiniões e visões sobre o futuro. Foram alguns participantes, além de representantes da própria Dassault Systèmes, representantes da Ball Aerospace, Korea Aerospace Industries, MTorres, Spirit AeroSystems e Turkish Aerospace Industries.

Foram pontos abordados nas palestras:

  • uso da plataforma 3DExperience;
  • inovações no setor da indústria aeroespacial;
  • eficiência e gerenciamento de uma produção mais flexível;
  • a competição mais acirrada nos negócios;
  • soluções para transportes seguros e sustentáveis, visando experiências de mobilidade ideais; para transformar a cadeia de suprimentos aeroespacial; e para empresas de defesa;
  • novos profissionais atuando no mercado;
  • como aumentar a transparência e melhorar a colaboração entre organizações e locais; reduzir o tempo de desenvolvimento de foguetes e satélites; e estão os testes e certificados na área.

Impressões 360

Todos eles se veem muito otimistas com operações mais bem-sucedidas no espaço. Claro que os maiores investimentos ainda são de países com mais capital, como os Estados Unidos. Contudo, o Brasil pode aprender demais com estes exemplos! Atualmente, nosso governo afirma que “O Brasil está alinhado com o mundo”. Será?

Bem, voltamos a fazer parte de programas importantes, como o Artemis, da NASA. Ainda esta semana, falamos sobre o programa de treinamento da Embraer. Parece que o Brasil quer “caminhar para frente”. Mas é preciso muito mais investimentos em ciência – e crer mais na ciência, sem dúvidas. Contudo, ouvindo os ensinamentos destes profissionais brilhantes, nos encheu de esperança!

Dassault Systèmes
Imagem extraída de
Dassault Systèmes

Fontes: Dassault Systèmes.

Comentários

Engenharia 360

Redação 360

Engenharia para todos.