Engenharia 360

Superação com ajuda da robótica: cadeirante com lesão na medula volta a andar com exoesqueleto

Engenharia 360
por Redação 360
| 21/09/2022 3 min

Superação com ajuda da robótica: cadeirante com lesão na medula volta a andar com exoesqueleto

por Redação 360 | 21/09/2022
Engenharia 360

O Engenharia 360 quer compartilhar com você uma história bem especial. Richard Neider sofreu uma lesão na medula espinhal. Ele, então, passou a andar apenas com ajuda de uma bengala. Depois, piorou e precisou usar um andador e, mais tarde, uma cadeira de rodas. Passaram-se décadas até que ele pudesse sentir novamente o prazer de andar. E isso foi graças à uma tecnologia de exoesqueleto!

Neider é um veterano de guerra do exército norte-americano, morador do estado do Arizona. O ex-combatente seguiu a carreira por tradição familiar. Seu pai serviu na Marinha, seu avô foi da Força Aérea e seu bisavô também esteve na Marinha. Mas, durante seus serviços como sargento na região do Iraque, foi vítima de uma explosão.

exoesqueleto
Imagem reproduzida de Science Times
exoesqueleto
Imagem reproduzida de 12News

A realização de um sonho

Richard Neider é o primeiro veterano dos Estados Unidos em Phoenix a receber o Exoesqueleto ReWalk. Trata-se de uma tecnologia robótica com bateria. Ela apresenta sensores que detectam quando a pessoa tenta mudar a direção do peso do seu tronco para caminhar, dando um comando – com base no centro de gravidade – para a perna no lado equivalente se mover de forma sutil. Assim, sucessivamente, cria-se um movimento de caminhada, como uma marcha natural funcional das pernas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Continue Lendo

Uma pessoa com o quadro de limitação de movimentos como de Neider sente a estabilidade dos joelhos e quadril, ganhando confiança para andar. O próprio ex-militar compartilhou sua experiência com o site AZFamily, dizendo o seguinte: “Eu não consigo parar de sorrir quando estou nele.”, “É total independência, poder estar de pé, estar cara a cara com todo mundo.”, “Ser capaz de me levantar e realmente ver meus pés se movendo, é uma das experiências mais incríveis para mim.”.

exoesqueleto
Imagem reproduzida de Aventuras na História

A saber, desde 2015, o Departamento de Assuntos de Veteranos dos Estados Unidos (VA) oferece aos Veteranos dos Estados Unidos a possibilidade de avaliação, treinamento e aquisição de sistemas de exoesqueleto pessoal ReWalk para todos os veteranos do país.

Conhecendo o exoesqueleto ReWalk

O ReWalk, da ReWalk Robotics, uma empresa de Massachusetts, já está em seu modelo Personal 6.0. Ele foi projetado para uso diário em casa e na comunidade, é leve, e pode ser personalizado e configurado de acordo com as especificidades do paciente.

Tal dispositivo seria perfeito para a reabilitação da marcha. De acordo com o fisioterapeuta e proprietário da Touchstone Rehabilitation, Dan Bonaroti, em reportagem de Daily Mail, “Pode ser usado por alguém que está completamente paralisado, mas também pode ser usado por pessoas com alguma capacidade de andar, mas têm dificuldade.”, incluindo pessoas que tiveram acidente vascular cerebral e lesão medular incompleta – como é o caso de Neider.

No vídeo a seguir, você pode conferir outro modelo de exoesqueleto projetado exclusivamente para auxiliar pessoas com limitações motoras – a matéria completa encontra-se neste link!

Veja Também: Escola de Engenharia da USP cria exoesqueleto robótico para reabilitação de pacientes de AVC


Fontes: UOL.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Engenharia 360

Redação 360

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

Comentários



Assine nossa newsletter
e receba
uma curadoria exclusiva de conteúdos:

Continue lendo