Engenharia 360

Embraer: planos para aviação com combustível 100% sustentável até 2030

Engenharia 360
por Redação 360
| 25/07/2022 2 min

Embraer: planos para aviação com combustível 100% sustentável até 2030

por Redação 360 | 25/07/2022
Engenharia 360

Boas notícias para a aviação! As empresas Embraer, a brasileira fabricante de aeronaves, e Raízen, referência global em bioenergia, assinaram recentemente uma carta de intenções com o governo brasileiro. Nesse documento, elas afirmam que estão assumindo o compromisso de que passarão a trabalhar mais em prol do desenvolvimento do ecossistema de produção de combustível de aviação sustentável (SAF).

aviões combustível sustentável
Imagem reproduzida de Epbr
aviões combustível sustentável
Imagem reproduzida de MegaWhat

As metas estabelecidas pela Embraer para o futuro

1. Adoção de bioenergia

Claro que a primeira meta da própria Embraer é trabalhar ao lado da Raízen, apostando na bioenergia visando neutralizar, a curto ou médio prazo, a pegada de carbono de suas operações – algo que a empresa pretende fazer até 2040. Isso porque grande parte das emissões de CO₂ nesse processo decorre do uso de querosene de aviação em ensaios e voos de produção. Então, adotando novas ações, a empresa pode também ser uma incentivadora de mudanças em toda a cadeia de valor como um todo.

“ESG é um dos pilares do nosso plano estratégico e estamos buscando todas as oportunidades para acelerar a redução das nossas emissões de carbono.” – Carlos Alberto Griner, vice-presidente de Pessoas, ESG e Comunicação da Embraer, em reportagem de ADVFN.

aviões combustível sustentável
Imagem reproduzida de Epbr

2. Ampliação de oferta de renováveis

A Embraer quer, em segundo lugar, ampliar sua oferta de renováveis para o mercado.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Continue Lendo

“Como os maiores produtores de etanol de cana-de-açúcar no mundo, é natural estarmos olhando para uma possível oferta de SAF.” – Antonio Cardoso, vice-presidente de Marketing e Serviços da Raízen.

3. Fechamento de novas parcerias

Até 2030, como estima a Embraer, o mercado deve utilizar em 100% apenas combustível de aviação sustentável – tanto na empresa quanto na indústria de transporte aéreo como um todo. A parceria realizada agora com a Raízen deve ser só o começo dessa nova estratégia de negócios. Muito mais novidades vêm pela frente! Vamos aguardar!

aviões combustível sustentável
Imagem reproduzida de Portal Varada

Fontes: ADVFN.

Engenharia 360

Redação 360

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

Comentários



Assine nossa newsletter
e receba
uma curadoria exclusiva de conteúdos:

Continue lendo