Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Canadá vai banir plástico descartável até 2021

por Kamila Jessie | 27/06/2019
Copiado!

O plástico tem milhares de aplicações úteis, mas muitas vezes se torna um recurso descartado e de gerenciamento difícil, poluindo o ambiente e ocupando volumes consideráveis em aterros sanitários. Além disso, há um grande problema relacionado à contaminação em rios e oceanos. O governo do Canadá resolveu agir de forma incisiva sobre este problema.

governo canadá
“Banindo plástico descartável até 2021, e tornando as empresas responsáveis pela reciclagem dos resíduos de plástico, estamos protegendo a vida selvagem e provendo aos nossos filhos e netos um futuro mais saudável”. – Primeiro Ministro, Justin Trudeau. Imagem: waste360.com

A gente já discutiu por aqui algumas alternativas de engenharia para diminuir o uso de plástico descartável, mas sabemos que infelizmente não há uma regulamentação muito estrita até então. Por enquanto, temos apenas iniciativas oriundas de uma perspectiva mais sustentável de empresas e organizações não-governamentais.

O que o Canadá vai fazer?

Entretanto, o governo do Canadá, na figura do Primeiro Ministro Justin Trudeau, publicou novas regulamentações quanto ao uso e descarte do plástico. De forma exemplar, as colocações de Trudeau indicaram uma abordagem bastante ativa com relação à busca para resolver o problema.

A redução da poluição por plástico e o investimento na inovação foram motivadores para que o governo do Canadá elaborasse um plano voltado para de proteger o meio ambiente (e indiretamente agir contra a crise climática). De acordo com o próprio governo, investimentos em sustentabilidade estão ligados a construir uma economia mais forte e comunidades mais saudáveis. (Nós, engenheiros e aspirantes a engenheiros, adoramos incentivos à desenvolvimento, não é?).

Os passos estabelecidos pela nova regulamentação canadense são, resumidamente:

  • Proibir o uso plásticos descartáveis até 2021, e outras medidas para reduzir o desperdício de plástico, sempre que o dano ao ambiente for comprovado cientificamente e informado.
  • Garantir que as empresas que fabricam produtos plásticos ou vendem itens com embalagens plásticas sejam responsáveis pelo gerenciamento dos resíduos: coleta e reciclagem.
  • Trabalhar com a indústria para prevenir e recuperar equipamentos de pesca abandonados, perdidos ou descartados, conhecidos como artefatos de pesca fantasma – um dos principais contribuintes para os detritos de plástico nos oceanos.
  • Investir em novas tecnologias nacionais.
  • Mobilizar esforço internacional para auxiliar o combate à poluição por plástico.
  • Reduzir resíduos de plástico em operações federais.
  • Diminuir os microplásticos em águas continentais e oceânicas.
  • Apoiar ações da comunidade.
  • Lançar uma agenda científica canadense relacionada ao plástico.

Tudo isso faz parte de um plano estratégico de um projeto intitulado “Canada-wide Strategy on Zero Plastic Waste”.

Será que vai funcionar? Haverá bastante gente trabalhando para que sim.

Fonte: Prime Minister of Canada.

Copiado!
Engenharia 360

Kamila Jessie

Engenheira ambiental e sanitarista, MSc. e atualmente doutoranda em Engenharia Hidráulica e Saneamento pela Universidade de São Paulo. http://orcid.org/0000-0002-6881-4217

Comentários