Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

6 alternativas que pretendem reduzir o uso de plástico

por Kamila Jessie | 26/04/2019
Copiado!

Uma benção da química e da engenharia no nosso desenvolvimento, o plástico revolucionou as embalagens e também permitiu a confecção de produtos impensáveis em um contexto em que ele não existia. Contudo, seu uso exagerado e descarte inadequado vêm corrompendo sua boa fama e trazendo novas demandas para nós engenheiros: o desenvolvimento de materiais biodegradáveis ou compostáveis, na busca por reduzir o uso de plástico, e também alternativas de reciclagem e disposição.

A gente lista algumas opções, desde simples, até inusitadas, de alternativas que pretendem reduzir o uso do famigerado plástico:

1 – Embalagem comestível

Garrafas plásticas poluem muito por causa de sua frequência de uso e descarte incorreto, além de, em geral, não serem biodegradáveis. Pensando nisso, foi inventado o Ooho!, um sachê em formato esférico, que é completamente… comestível!

Visando reduzir o uso de plástico, essa embalagem, que mais parece uma membrana esférica, foi desenvolvida a partir de um extrato de algas marinhas e é totalmente biodegradável. Tanto que você pode realmente comê-la. No caso, os sachês Ooho! são pacotes flexíveis de água, então você pode beber depois de rasgar um buraco e derramar o líquido na boca. De acordo com a Ooho!, a embalagem é mais barata que o plástico e pode encapsular qualquer bebida, incluindo água, refrigerantes, bebidas destiladas e até cosméticos.

reduzir o uso de plástico
Imagem: oohowater.com

2 – Copinhos de mandioca

Esse foi iniciativa brasileira para reduzir o uso de plástico! Pela CBPak, que entende que o futuro não é descartável. Apesar de não serem reutilizáveis, esses copinhos vêm sendo popularizados em cafés e provêm de uma matéria-prima muito menos agressiva para o meio ambiente: a mandioca (ou aipim, macaxeira, o que te soar melhor!). Por ser um material biodegradável, os produtos podem ser levados a composteiras.

reduzir o uso de plástico
Imagem: CB Pak / Facebook

3 – Talheres comestíveis

Talheres descartáveis são muito comum, principalmente em eventos, produzindo ainda mais resíduos de plástico. Nesse cenário, a Bakeys inventou talheres que você pode realmente… Comer. É. Tem engenheiros de materiais se metendo na sua sobremesa, além da embalagem de bebida.

Os talheres são preparados com uma mistura de farelo de sorgo, arroz e trigo, depois cozidos em moldes. Há todos os tipos de utensílios de mesa, exceto facas.

reduzir o uso de plástico
Imagem: bakeys.com

4 – Canudos de tudo quanto é material

Os canudos de plástico também foram eleitos como grandes vilões e motivadores de busca de alternativas ao uso do plástico. Nesse sentido, vêm ocorrendo, inclusive, mudanças na legislação. Alguns municípios brasileiros, como Santos (SP) e Rio de Janeiro (RJ), já baniram o uso de canudos de plástico. Então, os canudinhos tradicionais estão apresentando forte tendência a serem substituídos por outros materiais, sejam de papel ou produtos biodegradáveis. Assim, os canudinhos vêm seguindo essa linha de produtos comestíveis (de açúcar, por exemplo) ou compostáveis (de trigo). Também há a alternativa de utilizar um canudos em aço inox ou vidro, ambos laváveis e reutilizáveis.

reduzir o uso de plástico
Imagem: ecolover.com.br

5 – Pílula de pasta de dente

Mais de um bilhão de tubos de pasta de dente acabam em aterros sanitários todo ano. Isso é equivalente a um volume de cinquenta Empire State Buildings. Sim. Todo ano. Diante disso, a Bite Toothpaste Bits trouxe a proposta de pílulas que substituem o creme dental, permitindo a escovação sem que haja a necessidade de comprar aquelas bisnagas que acumulam no lixo. É só comprar um refil de cápsulas quando as suas estiverem acabando. A gente compra tantos chicletes e balas com o suposto gosto de creme dental, que essas pílulas parecem agradáveis, né?

reduzir o uso de plástico
Imagem: Bite Toothpaste Bits / Instagram

6 – Six-pack ecológico

A Saltwater Brewery inventou este engenhoso six-pack, produzido a partir de resíduos! Então, não apenas é reduzido o plástico produzido, como também é reaproveitado outro tipo de material que seria descartado.

Estamos acostumados a ver six-packs no transporte de latinhas, mas também, infelizmente, em imagens perturbadoras de animais marinhos presos… Mas o diferencial deste six-pack ecológico é justamente o fato de ele ser comestível por mamíferos marinhos. Essa alternativa para reduzir o uso do plástico foi pensada justamente por causa do problema do plástico nos oceanos.

reduzir o uso do plástico
Imagem: saltwaterbrewery.com

E o nosso papel?

Os produtores de embalagens e produtos de uso único são os maiores responsáveis pelo problema do plástico. Algumas empresas, inclusive, reconhecem que devem fazer parte da solução.

Na posição de engenheiros, aspirantes a engenheiros e consumidores, porém, é parte da nossa responsabilidade buscar consumo consciente e entender o ciclo de vida dos produtos. Compreendendo o escopo do problema e a nossa participação nele, podemos ter uma abordagem inovadora tanto nas atitudes do dia a dia, visando reduzir o uso do plástico, como nas propostas e ideias para executar isso de maneira engenhosa.

Ah, e paralelamente a advogar a favor de demais materiais, cabe também reaproveitar e gerenciar o volume de plástico já descartado. Você já conhece alternativas como inserir plástico no betume ou tijolos ecológicos?

Referências: Interesting Engineering¹;  Interesting Engineering².  

Copiado!
Engenharia 360

Kamila Jessie

Engenheira ambiental e sanitarista, MSc. e atualmente doutoranda em Engenharia Hidráulica e Saneamento pela Universidade de São Paulo. http://orcid.org/0000-0002-6881-4217

Matérias Relacionadas

Comentários