Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

5 Habilidades que todo Engenheiro Civil precisa ter | Lista 360

por Luana Espindola Ribeiro Aguiar | 03/08/2020
Copiado!

Conheça as 5 principais habilidades que são mais valorizadas pelas empresas do mercado da construção civil

Quando pensamos em um engenheiro, seja ele engenheiro civil, de produção, mecânico ou outro, a primeira coisa que vem a cabeça é que eles devem possuir total domínio de cálculos complexos e física, certo?

Então, não é bem assim! É claro que esses profissionais costumam possuir um certo domínio sobre essas áreas, mas um engenheiro civil possui um leque de possibilidades de atuação muito grande.

Dessa forma, ele/ela precisa desenvolver uma diversidade de habilidades para efetuar seu trabalho com sucesso e alcançar os objetivos que são delegados.

Os engenheiros civis são responsáveis por, além dos processos construtivos, coordenação de equipes e de materiais, pelo planejamento, controle e criação de projetos, verificação da qualidade e segurança, entre outras funções.

Essa necessidade do engenheiro civil ser “multitarefas” dentro do ambiente de trabalho faz com as empresas contratantes exijam determinadas habilidades que possibilitem a flexibilização do funcionário dentro da empresa.

Engenheiro civil multitarefas
Imagem: Mariogogh via Unsplash

Os engenheiros, em geral, são solucionadores de problemas, assim como também são a ferramenta responsável para que os problemas não ocorram.

Esses profissionais precisam ter uma visão ampla de todo cenário que está inserido, dominando questões que muitas vezes nem são da sua alçada, mas que interferem diretamente no seu trabalho.

Para definir e resumir um pouco das habilidades valorizadas nos engenheiros civis pelo mercado de trabalho, selecionamos as 5 principais.

1- Capacidade de solucionar problemas de alta complexidade

Como já mencionado anteriormente, o engenheiro civil é um solucionador de problemas, assim como tem o dever de evitar ao máximo que eles ocorram. Nesse contexto, lidar com a complexidade com maestria é algo essencial na vida de um engenheiro civil.

A inovação e a segurança são dois pontos muito importantes na hora de projetar e liderar. Por isso, um engenheiro civil precisar de capacidade de raciocínio lógico, pensamento inovador, boa comunicação, ter visão de mercado e ter um ótimo senso de observação para garantir que os projetos desenvolvidos e executados não gerem transtornos posteriores e nem durante a execução.

Ao projetar e executar um edifício em região litorânea por exemplo, é necessário atenção a diversos fatores que podem interferir no sucesso do projeto, como: velocidade dos ventos, força das ondas (se o edifício for a beira-mar), composição das camadas de solo do local, entre outros.

Edifícios complexos de Dubai
Imagem: Christoph Schulz via Unsplash

2- Capacidade de trabalhar em equipe

Desde a função mais simples até a mais complexa desempenhada pelo engenheiro civil, ele precisará lidar com o trabalho em equipe. Para projetar e executar uma obra de pequeno, médio ou grande porte, você precisa trabalhar em conjunto, em parcerias.

Durante a graduação, o engenheiro civil aprende um pouco de cada área em que pode atuar, mas somente após ganhar experiência e se especializar ele consegue dominar um ramo da engenharia, não sendo possível dominar a fundo todos os ramos, por isso é necessário o trabalho em conjunto.

Por mais que ele seja “multitarefas”, isso não significa que ele domine todas elas a fundo. Por isso, ter uma boa comunicação, saber ouvir os especialistas em cada área e ter a capacidade de assumir que precisa de auxílio para que projeto seja realizado da melhor forma possível, é imprescindível.

Trabalho em equipe de engenheiros civis
Imagem: RAEng via Pixabay

3- Liderança e Comunicação

Andando em paralelo com a capacidade de trabalhar em equipe estão as habilidades de ter uma boa comunicação e liderança. Um engenheiro civil costuma ocupar cargos altos na empresa e precisa desenvolver uma excelente capacidade comunicação e saber liderar, lembrando que liderança não é “mandar”.

Uma definição bem bacana para liderança encontrada no site Significados é:

Liderança é a arte de comandar pessoas, atraindo seguidores e influenciando de forma positiva mentalidades e comportamentos.”

Por isso, a comunicação é outro fator importante, é preciso ser claro e objetivo. Ao liderar, se é responsável pelo bem estar no ambiente de trabalho dos subordinados, além de estar em uma posição de respeito em que pode inspirar e influenciar em suas ambições e visão de futuro.

Por existir varias pessoas envolvidas no projeto e na construção, o engenheiro civil dever ser claro e coeso nas informações que passar e nas ações que delegar. Qualquer informação que possa se perder, ser mal compreendia ou ser mal expressada pode causar impactos diretos ao projeto e à sua execução, causando dados financeiros e até materiais.

Liderança de engenheiros civis
Imagem: thisisengineering via Unsplash

4 – Planejamento e Gerenciamento de projetos

Um engenheiro civil deve possuir a capacidade de efetuar o planejamento e desenvolvimento de projetos, saber ler e interpretar, ser capacitado para treinar e gerenciar as equipes de desenvolvimento e execução do projeto.

Para atingir os resultados almejados sem problemas, o engenheiro civil deve atuar em varias frentes, possuindo algumas das características abaixo:

  • Aptidão para fazer cálculos;
  • Desenvolver a análise de riscos do projeto;
  • Entender sobre custos e finanças;
  • Dominar tecnologias,softwares e demais ferramentas de planejamento e desenvolvimento de projetos de engenharia civil;
  • Facilidade de projetar e analisar as construções;
  • Ser apto a supervisionar e inspecionar construções;
  • Analisar os impactos das obras;
  • Consciência ambiental.
Engenheiro civil desenvolvendo projetos
Fonte: Pixabay Autor: RAEng

5- Ser flexível e buscar melhoria contínua

Assim como toda profissão, o engenheiro civil deve estar constantemente buscando conhecimento e evolução, não somente como profissional, mas também com ser humano.

A resiliência deve estar presente no cotidiano do engenheiro civil, dentro e fora do ambiente de trabalho, assim como o altruísmo. Ao lidar com muitas pessoas é necessário calma e possuir um “jogo de cintura” para lidar com os problemas que aparecem, assim como se adaptar a novas realidades.

Quando se busca por conhecimento e dominar novas habilidades, o engenheiro civil está abrindo portas para si mesmo. Um profissional que está antenado, que possui visão e bom comportamento junto aos seus colegas de trabalho é visto com ótimos olhos pela empresa.

Por isso, é indispensável a busca interrupta por fontes de informação e conteúdos que o possibilite apresentar um serviço de alto nível, assim como estar antenado às tendencias de mercado, às informações financeiras e conhecimentos práticos que podem agilizar os processos desde o desenvolvimento de projetos até a execução no canteiro de obras.

Uma dica é ficar antenado nos assuntos referentes à Indústria 4.0, ao Lean Construction e ao BIM.

E aí, o que acharam? Você acha que possui algumas ou todas dessas habilidades listadas? É possível ver que há habilidades que são interligadas e que em uma habilidade, na verdade, existem várias, e olha que só listamos cinco.

Mas conta aqui nos comentários o que achou na matéria, gostaria de saber mais informações a respeito? Pretende melhorar suas habilidades como engenheiro civil?

Referências: Educa Mais Brasil , Faro , Unicesumar.

Copiado!
Engenharia 360

Luana Espindola Ribeiro Aguiar

Engenheira Civil ,pesquisadora , sonhadora, redatora, colecionadora nerd e apaixonada pela Marvel. Mestranda em Engenharia Geotécnica, Pós-graduanda no MBA em Gestão e Engenharia de Custos e Pós-graduanda no MBA em Gerenciamento de Obras.Produtora de conteúdo para o meu IG Profissional @luanaribeiroeng no Instragram.

Comentários