Engenharia 360

Os 10 maiores porta-aviões do mundo [e o mais recente lançamento da China]

Engenharia 360
por Redação 360
| 23/06/2022 4 min

Os 10 maiores porta-aviões do mundo [e o mais recente lançamento da China]

por Redação 360 | 23/06/2022

Você sabe o que são porta-aviões? Bem, são simplesmente os maiores símbolos bélicos de todos os tempos. Para as forças armadas internacionais, representam um entreposto essencial para operações militares – vemos isso, inclusive, nas ações relacionadas à guerra Rússia-Ucrânia. Sabe por quê? Pois muitas ações ocorrem em vias aéreas. Mas nenhum avião seria eficiente em ataques sem a ajuda de um posto de apoio no meio do mar para abastecimento e demais preparações.

porta-aviões
Imagem reproduzida de Navy Recognition

Conhecendo os diferentes tipos de porta-aviões

A Engenharia já idealizou vários tipos de porta-aviões. Explicamos detalhes na lista a seguir. Mas, antes, saiba que alguns modelos são obsoletos, ou seja, já não são mais utilizados pelos governos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

  • Porta-hidroaviões, Navios de frota, Navios de Escolta, Porta-aviões ligeiro, Navios CAM, Porta-aviões mercadores, Navios de assalto anfíbio, Navios de guerra antissubmarinos, Super porta-aviões e Submarino porta-aviões.

O novo super porta-aviões da China

Os Estados Unidos que se cuidem! A China desafia a superpotência – justamente nessa quase Guerra Fria 2.0 – sendo agora o único país do mundo com mais porta-aviões dessa linha na ativa. E não é nenhum porta-aviões qualquer, mas um super porta-aviões, o Fujian – considerado agora como a maior e mais avançada armada chinesa, marco do progresso militar do país -, o terceiro navio do tipo operado por Pequim. Seria a terceira grande embarcação de uma frota projetada com seis ou sete grupos de ataque de porta-aviões.

O que o Fujian tem de especial? Bem, ele vem com deque de lançamento de aviões, como nos navios ocidentais, mas sem a rampa auxiliar que é vista nas versões soviéticas. Nele, as aeronaves são assistidas por catapultas eletromagnéticas mais eficientes do que as usuais, movidas a vapor em alta pressão. Estima-se que possa descarregar 60 aeronaves, deslocar 80 a 100 mil toneladas e ter 320 metros de comprimento.

porta-aviões
Imagem reproduzida de Poder Naval
porta-aviões
Imagem reproduzida de IstoÉ

Eis o ranking dos países com porta-aviões (ativos em operações atuais):

  • Estados Unidos: navios Gerald R. Ford e Classe Nimitz – total de 10.
  • China: navios Liaoning, Shandong e Fujian.
  • Reino Unido: navios Classe Queen Elizabeth – HMS Queen Elizabeth e HMS Prince of Wales.
  • Índia: navios INS Viraat e INS Vikramaditya.
  • Espanha: navios Príncipe das Astúrias e Juan Carlos I.
  • Itália: navios Giuseppe Garibaldi e Cavour.
  • França: navio Charles de Gaulle.
  • Rússia: navio Almirante Kuznetsov.
  • Tailândia: navio HTMS Chakri Naruebet.

Veja Também: Saiba por que a Marinha dos Estados Unidos está causando terremotos [propositadamente]

Ranking dos maiores porta-aviões do mundo

1. Ford Class

Com 335 metros e capacidade de carregar até 85 aviões. Produzido pelos Estados Unidos em 2015 – com mais 9 cópias à espera de produção.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

porta-aviões
Imagem reproduzida de Navy Recognition

2. Nimitz Class

Na verdade, são 10 navios desse, cada um com 333 metros e capacidade de carregar até 80 aviões. E que possuem sistema de defesa contra mísseis anti-navios, movidos à energia nuclear.

porta-aviões
Imagem reproduzida de Wikipédia

3. Admiral Kuznetsov

Da Rússia. Entrou em circulação em 1991. Com 305 metros e capacidade de carregar até 40 aviões. Possui armas bem ofensivas, capaz de atingir alvos terrestres, subaquáticos e aéreos com mísseis guiados.

porta-aviões
Imagem reproduzida de TASS

4. Liaoning

Também pertencente à Classe Kuznetsov, mas que foi vendido e hoje pertence à China.

porta-aviões
Imagem reproduzida de Wallpaper Abyss – Alpha Coders

5. Queen Elizabeth Class

Aqui vamos citar, na mesma colocação, os dois navios da Classe Queen Elizabeth, um lançado em 2009 e outro até o final de 2022. Com 284 metros e capacidade de carregar até 40 aviões.

porta-aviões
Imagem reproduzida de seaforces.org

6. Charles de Gaulle

Este é outro navio movido à energia nuclear. Ele é francês e existe desde 2001. Com 262 metros e capacidade de carregar até 40 aviões.

porta-aviões
Imagem reproduzida de Poder Naval

7. Vikramaditya

Este navio é, na verdade, outro modelo soviético vendido no final da Guerra Fria e passou a ser utilizado pela Índia em 2014. Com 273 metros, maior que o número 6 desta lista, mas capacidade de carregar até 30 aviões.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

porta-aviões
Imagem reproduzida de 19FortyFive

8. São Paulo

Esta foi uma herança francesa que o Brasil adquiriu em 2000, como parte de um acordo de compra bélica com o país parceiro. Com 265 metros e capacidade de carregar até 40 aviões.

porta-aviões
Imagem reproduzida de Wikipedia

9. Cavour

Feito pela Marinha Italiana no ano de 2008. Com 244 metros e capacidade de carregar até 20 aviões.

porta-aviões
Imagem reproduzida de Military-wiki

10. Chakri Naruebet

Por fim, citamos esse navio, construído na Espanha, mas operado pelo governo da Tailândia desde 1997. Com 182 metros e capacidade de carregar até 30 aviões.

porta-aviões
Imagem reproduzida de Wikipedia

Veja Também: Será que guerras podem deixar algum legado positivo?


Fontes: UOL, TecMundo, QC Veículos, Wikipedia.

Comentários

Engenharia 360

Redação 360

Engenharia para todos.