Engenharia 360

Submarino com Casco de Acrílico e Joystick deve ser usado em novas Expedições ao Titanic

Engenharia 360
por Redação 360
| 03/06/2024 4 min
Imagem divulgação Triton Submarines via Mar Sem Fim

Submarino com Casco de Acrílico e Joystick deve ser usado em novas Expedições ao Titanic

por Redação 360 | 03/06/2024
Imagem divulgação Triton Submarines via Mar Sem Fim
Engenharia 360

Em 2023, o mundo ficou em choque com a notícia da implosão do submarino Titan, da empresa de turismo OceanGate, que levava cinco pessoas a bordo para uma exploração em área próxima ao Titanic. Mas parece que o fato não afastou os interessados no turismo que leva pessoas a lugares mais inacessíveis do planeta. Agora a empresa Triton Submarines lança o novo submarino "The Explorer – Return to the Titanic". Saiba mais no artigo a seguir, do Engenharia 360!

Submarino Triton
Imagem divulgação Triton Submarines via Mundo Conectado

A evolução da exploração submarina

A história da exploração submarina foi cheia de desafios. Imagine o que foram os primeiros mergulhos do homem no oceano! Até os dias de hoje, mesmo com os avanços das tecnologias, não é tarefa fácil mergulhar em grandes profundidades. Mas a Engenharia Naval evoluiu e promete algumas experiências únicas para quem não tem medo - e tem o bolso recheado, vamos combinar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Já faz mais de um século que ocorreu o naufrágio do Titanic. Porém, o interesse por essa embarcação parece renovado. Estamos diante de mais um capítulo dessa história. A empresa Triton Submarines, que é líder mundial em submersíveis de alta profundidade e personalizados para pesquisa e observação, anunciou que lançará até 2026 um novo submarino projetado especialmente para levar exploradores em viagens seguras e imersivas aos destroços do Titanic.

Será que não vai dar ruim? Quem sabe! Contudo, vale destacar que a Triton tem uma história impressionante de conquistas. Em 2019, um de seus submarinos atingiu o ponto mais profundo dos oceanos, a Fossa das Marianas, a 10,9 mil metros de profundidade. No mesmo ano, a empresa foi pioneira na gravação de imagens em alta resolução do Titanic.

Veja Também: Como construir uma carreira de sucesso em Engenharia Naval e Oceânica

O novo submarino Triton

Pode-se dizer que o "The Explorer – Return to the Titanic", baseado no modelo Triton 4000/2 Abyssal Explorer, já é um marco de Engenharia Naval! O mesmo deve ter 4,45 metros de comprimento, 2,75 metros de largura e um peso impressionante de 12 toneladas. Seu design é equipado com "asas de gaivota" especiais, garantindo melhor estabilidade de mergulho - manobras ágeis mesmo em espaços reduzidos. É possível carregar até 500 kg de equipamentos (como ferramenta de amostragem) e descer até 4 mil metros de profundidade, superando a capacidade do submersível Titan, que explodiu em 2023.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A cápsula possui um casco de acrílico; além disso, câmeras de alta resolução oferecem uma visão panorâmica do fundo do oceano. Contribui para essa visão um sistema de LEDs estrategicamente espalhados pelo submarino.

Submarino Triton
Imagem divulgação Triton Submarines via Mar Sem Fim

Agora, de tudo, o que mais chama a atenção nesses submarinos é o modelo de controle, tipo "joystick". Os especialistas dizem que é uma experiência de pilotagem única. Esse Triton 4000/2 Abyssal Explorer adaptado tem autonomia de até 12 horas contínuas - o que o torna ideal para expedições prolongadas, mas rápidas e eficientes. Além disso, com opções adicionais de controle por tela sensível ao toque e substituição manual. Em tese, existe certa segurança operacional. O que acha?

Calma, não dá para ficar muito animado. O novo submarino Triton tem capacidade para apenas duas pessoas por viagem.

Submarino Triton
Imagem divulgação Triton Submarines via Mundo Conectado
Submarino Triton
Imagem divulgação Triton Submarines via Economic News Brasil

As próximas expedições ao Titanic

O "The Explorer - Return to the Titanic" está programado para iniciar suas operações em breve. Elas devem ser lideradas por Patrick Lahey, cofundador e presidente da Triton Submarines, e por Larry Connor, um magnata americano que financiou o projeto. Vamos torcer para que não seja a repetição da história do Titan! Por que a pressa? Porque o Titanic está se desintegrando no fundo do oceano; logo, não haverá muita coisa para ser estudada pelos cientistas ou explorada pelos aventureiros.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Antes de sua primeira expedição, o submarino será totalmente certificado por uma organização marítima, garantindo que atenda a todos os padrões de segurança.

Veja Também:


Fontes: G1, Mundo Conectado.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com contato@engenharia360.com para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Comentários

Engenharia 360

Eduardo Mikail

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, liderada pelo engenheiro Eduardo Mikail, e com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo