Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Testamos o Golf GTI, um canhão de 230 cavalos

por Eduardo Mikail | 30/08/2019
Copiado!

Entre os hatchs esportivos, o Golf GTI é o que se destaca. Na verdade, ele vigora como um dos melhores de sua categoria, para não dizer o melhor.

Por essas e outras que não poderíamos deixar de fazer um review com sua versão completa. Afinal, o modelo 2018 / 2019 recebeu um upgrade daqueles para ninguém botar defeito e precisamos saber como ficou sua performance e seu estilo.

Já adiantamos que seu desenho ganhou uma repaginada e 10 cv, resultando em 230 cv em seu motor 2.0 turbo, com 35 de torque.

Para quem quer fugir da moda dos SUVs o Golf GTI com essas transformações é um alento. Porém, para ter uma belezinha dessa na garagem é preciso desembolsar pelo menos R$143.790.

Primeira impressão é a que fica

Golf GTi | Foto: Eduardo Mikail

Logo de cara o Golf GTI apresenta seu, digamos, novo cartão de visitas. Trata-se de um conjunto ótico tanto em sua dianteira quanto traseira, somados a LEDs.

Além disso, os protetores agora têm um design diferente. São mudanças externas que chamam atenção e garantem um visual bem mais sofisticado ao modelo esportivo.

Design

O Golf GTI foi, em partes, redesenhado para conferir um ar mais moderno e personalizado. A começar pelas cores. Há duas opções exclusivas do carro: o prata metálico e o preto perolizado, além dos convencionais branco, vermelho e cinza, que não ficam atrás.

Golf GTi | Foto: Eduardo Mikail

Outra mudança significativa do lado de fora é a faixa vermelha na região frontal de uma ponta à outra, deixando o visual ainda mais sport. Os faróis, assim como as lanternas também receberam retoques e ficaram mais chamativos que a versão anterior.

Espaço e conforto interno

De fora não dá para notar o quão espaçoso é o Golf GTI. O que é possível perceber é que você vai dirigir um pouquinho mais perto do solo: 14,6 cm. Outros modelos esportivos têm vão livre bem maior.

Bom, isso pode parecer uma besteira, mas essa característica têm uma função importante de dar ao motorista mais sensação de controle, sobretudo em arrancada e curvas.

Golf GTi | Foto: Eduardo Mikail

A versão mais recente conta com o banco do motorista mais aconchegante, apesar de ter o visual tradicional no modelo de entrada, com tecido quadriculado. Se quiser, há opcionais como o couro e os ajustes feitos digitalmente. Há agora apoios laterais para que você se sinta realmente “em casa”.

Cinco pessoas são acomodadas sem esforço. Muito pelo contrário, há espaço de sobra tanto para os passageiros quanto para as bagagens. O porta-malas oferece 338 litros sem mexer no banco traseiro. Ao colocá-lo na posição reta, a capacidade aumenta significativamente.

Tecnologia

Pode-se dizer que o Golf GTI vem muito bem equipado. Entre tantos detalhes tecnológicos – a maioria disponível somente para a versão topo de linha – dá para destacar, por exemplo, a central multimídia com câmera de ré e GPS embutido. Sua tela touch-screen facilita a vida do condutor.

Golf GTi | Foto: Eduardo Mikail

Há ainda o monitoramento da pressão dos pneus, sensores que acionam os faróis e limpador automático de para-brisa… Bom, a tecnologia veio para deixar tudo “mamão com açúcar”, não é mesmo?

E não acabou. A lista de itens adicionais é extensa. Vale citar o sistema Stop&Start, o retrovisor fotocrômico, o controle de velocidade de cruzeiro, e até o porta-luvas climatizado. Uma máquina dessa não 

Performance

O Golf GTI dispensa apresentações formais. Afinal, o carro possui agora um motor mais potente, o EA888, turbo com injeção direta e indireta. Antes tinha 220 cv, mas passou a ter 230 cv, o que é algo que atrai uma boa parcela dos consumidores nacionais.

Podemos dizer que a eficiência do Golf GTI foi remodelada para agradar os brasileiros. 

Golf GTi | Foto: Eduardo Mikail

Isto é, é um carro para motoristas versáteis e arrojados, claro, no entanto, pode agradar muitos outros perfis, pois demonstra eficiência tanto na cidade quanto na estrada.

É um possante que permite acelerar com vigor, demonstrando segurança e precisão na hora de fazer as curvas e de frear. Além disso, as ultrapassagens com o modelo são muito mais rápidas.

Para se ter uma noção, você consegue acelerar de 0 a 100 km/h sem que isso demore mais que 7 segundos, segundo os dados passados pelo fabricante.

Rodas

A versão de entrada vem calçada em rodas de aro 17, que por sua vez são montadas em pneus 225/45 R. Isso ajuda o hatch esportivo apresentar uma estabilidade incomum, ainda mais contando com o sistema de vetorização de torque e outros comandos digitais.

Golf GTi | Foto: Eduardo Mikail

Lembrando que agora há o opcional de levar as de liga leve aro 18 para dar uma diferenciada no modelo. Deu para notar o quanto a Volks se preocupou manter a característica da marca, mas ainda assim oferecer um carro com o visual esportivo à flor da pele.

Consumo de combustível

Que o Golf GTI continua bonitão e potente você já viu, mas a versão mais recente continua dando um show no quesito consumo de combustível.

A tecnologia embutida no veículo permite que o condutor opte pelo modo Eco, que visa dar uma “segurada” nos gastos excessivos. Porém, para ter resultados expressivos a direção deve ser mais branda. Ou seja, com menos pé no acelerador.

Dá para alcançar 12 km/l na estrada e 8/10 km/l na cidade dependendo do tipo de condução.

Suspensão

Com certa velocidade devemos assumir que dá para sentir alguns trancos ao trocar de marcha. Mas isso é quase nulo quando se está dirigindo com mais cautela.

Golf GTi | Foto: Eduardo Mikail

E não adianta, diferente do modelo europeu, o GTI nacional dificilmente vai apresentar uma suspensão que tenha mais conforto do que estabilidade. Os tipos de asfalto que temos por aqui na maioria das regiões não permite uma melhoria nesse aspecto.

O que era bom ficou melhor

Antes de assumir nossas impressões finais, é bacana lembrar que a Volkswagen propôs, desta vez, melhorar o modelo que antes já era elogiável. A expectativa era que o grau de qualidade aumentasse significativamente e isso, para nós, se concretizou.

Parece mentira e soa até engraçado, mas não há como falar de Golf GTI comparando-o com algum outro modelo – a Honda até que tentou superar em alguns segmentos com o Civic, mas perde no conjunto da obra.

Golf GTi | Foto: Eduardo Mikail

Quando se trata de carro esportivo, mas que garante eficiência na cidade também, o Golf GTI realmente parece ser um filho único e que, por isso, sempre surpreende.

Para saber mais informações sobre o Golf GTI e demais veículos na Volkswagen entre no site oficial.

Galeria de fotos do Golf GTI

Copiado!
Engenharia 360

Eduardo Mikail

Engenheiro Civil, empresário e empreendedor digital. É fundador do Engenharia 360 e sócio-fundador da Bronks content., produtora de conteúdo e projetos digitais. Formado em Engenharia Civil e Administração com especialização em Marketing pela ESPM, já trabalhou em uma das maiores construtoras do país e hoje está à frente da Mikail Arquitetura e Engenharia. Interessado por tecnologia, iGadgets e nas horas vagas curte viagens, música e fotografia. Segue lá no Instagram @eduardomikail

Comentários