Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Conheça a nova TV sem fio [e mais alguns acessórios]

por Redação 360 | 11/05/2022 | Atualizado em 12/05/2022

Muitas pessoas afirmam regularmente que não entendem as novas tecnologias. Bem, talvez o problema seja porque as novas tecnologias ainda não atendem 100% os seus desejos e necessidades. Por exemplo, quantas vezes você já ouviu alguém reclamar que sua decoração da sala está horrível por conta de tantos cabos atrás do painel para TV? Que os aparelhos de mídia não se conectam bem por conta da baixa capacidade desses fios? Ou ainda que não consegue acessar os aplicativos que quer na antiga TV smart? Pois as três notícias a seguir vêm para nos animar, possivelmente mudando essa realidade! Confira!

TV sem fio e que não precisa de nenhum plugue

Tecnologia TVs
Imagem reproduzida de TecMundo
Tecnologia TVs
Imagem reproduzida de TopGadget

Chega de fios, então! Olha quanta coisa nós já conseguimos conectar nas TVs sem precisar de cabos, apenas com a tecnologia do wi-fi. E agora, na última CES 2021, foi apresentada a TV sem fio, que tem uma tecnologia que abandona o cabo elétrico e ainda funciona por meio de uma transmissão e receptores de energia sem fio, para nossa grande alegria. Isso quer dizer que podemos colocar o equipamento na parede com muito mais facilidade, sem nos preocupar com aquela “bola confusa de fios” por trás. E, preste atenção, isso seria possível mesmo quando não houver nenhuma fonte de alimentação por perto! Não é legal?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Então, este é o momento que você fica na dúvida, se perguntando como isso funciona. Bem, a saber, essa nova TV tem um transmissor elétrico autônomo e uma bobina receptora integradas ao seu design. Incrível, não? A sua fabricante ainda teria desenvolvido um sistema aprimorado que chegaria à eficiência de 90%. E, quando necessário, a distância de transmissão pode até ser aumentada com a instalação de bobinas de grande porte, que devem ser colocadas fora da caixa, em uma mesa logo abaixo, transmitindo possivelmente 120 watts de potência de 20 a 120 kHz a distância de 50 cm. Então, gostou dessa ideia?

Veja Também:

Novos cabos USB

Tecnologia TVs
Imagem reproduzida de TecMundo

Está bem, OK! Alguns aparelhos complementares de mídia ou outros eletrônicos vendidos no mercado ainda apresentam sistemas que necessitam da ajudinha de cabos para conexão. Finalmente, parece que os cabos USB Tipo-C 2.1 com 240 W de potência serão disponibilizados no mercado. E a melhor parte é que os mesmos podem se transformar em carregadores universais para alguns aparelhos, como notebooks.

Por hora, o que se sabe é que, em breve, serão disponibilizados dois modelos de alta transferência de dados, o USB 4 Gen2x2 20 Gbps e o USB 4 Gen3x2 40 Gbps; e um com a mesma potência, mas transferência de dados maior, o USB 2.0. Detalhe, alguns deles permitem transmissão de dados e energia nos dois sentidos!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Chromecast que ainda vale a pena

Tecnologia TVs
Imagem reproduzida de Pocket-lint
Tecnologia TVs
Imagem reproduzida de Promobit

Você já pode ter ouvido falar desse dispositivo também, o Chromecast. Trata-se de uma espécie de central de mídia que permite que possamos acessar na TV – com entrada HDMI ou USB e wi-fi estável – vários conteúdos que não estavam disponíveis em seu pacote smart. O primeiro modelo bem-sucedido foi lançado em 2013, parecendo mais um pendrive. Só que o mesmo apresentava muitas limitações, incluindo de conectividade de rede.

Então, os pesquisadores resolveram aprimorar essa tecnologia. Assim, hoje há modelos de diversos formatos, desempenhos e suportes, como Full HD e 4K de resolução, e que podem ser controlados via smartphone ou tablet, por exemplo. Além disso, o sistema de som de alguns Chromecast transforma o equipamento integrado em uma poderosa caixa de som, se o usuário quiser.

Apesar de tudo, muitas pessoas se perguntam se ainda vale a pena adquirir um Chromecast, se essa tecnologia já não está ficando obsoleta. E a resposta é ‘sim’ e ‘não’!

É provável mesmo que os sistemas das TVs vão ser aprimorados cada vez mais. Mas, por hora, o Chromecast com Google TV vale o investimento, com sistema nativo baseado em inteligência artificial, que nem mesmo exige o uso de smartphone ou tablet para transmitir conteúdos para a TV, com possibilidade de navegação via controle remoto com atalhos. E o melhor último modelo vendido nas lojas vem com processador quadcore Amlogic S905X2 com GPU Mali-G31 MP2, 2 GB de RAM, 8 GB de armazenamento interno, rede Wi-Fi 802.11ac e Bluetooth 4.1.


Fontes: Wonderful Engenineering, TecMundo, Yahoo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Comentários

Engenharia 360

Redação 360

Engenharia para todos.