Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Novo teatro em São Paulo tem arquitetura voltada para a Pandemia

por Redação 360 | 26/05/2021

O novo Zoome Hall, assinado pelo filho do famoso arquiteto chinês Ieoh Ming Pei, promete ser a próxima sensação da indústria da cultura, apesar da Pandemia!

Depois da Pandemia de Covid-19, a indústria da cultura no mundo inteiro sofreu muitas mudanças. Casas de shows foram obrigadas a encerrar as suas atividades, como o Credicard Hall, na Zona Sul de São Paulo. Além disso, o teatro foi uma atividade muito afetada, perdendo uma presença que é muito difícil recuperar no meio online. Ademais, as pequenas apresentações em bares, praças e grandes estabelecimentos também diminuíram.

Entretanto, em breve, contrariando as expectativas, a capital paulista ganhará um novo espaço para shows e apresentações artísticas. Chamado de B32, o auditório será dentro do prédio comercial Zoome Hall. O projeto arquitetônico é assinado por Chien Chung Pei. O artífice é filho do famoso arquiteto chinês Ieoh Ming Pei, que foi responsável pelo projeto do museu do Louvre.

arquitetura cultural
Imagem extraída de SkyscraperCity
arquitetura cultural
Imagem extraída de SkyscraperCity

O local deve ser inaugurado no início de junho e teve custo de R$ 1,2 bilhão. Elaborado com recursos específicos para tempos pandêmicos, que em breve se tornarão um consenso, o teatro terá poltronas modulares. Assim, os 500 assentos da arena podem ser reorganizados em diferentes posições, facilitando o distanciamento do público. Aliás, eles também podem ser guardados no subsolo.

Casas de shows aderem a formatos híbridos

De fato, com o encerramento de grande parte das atividades de entretenimento, muitos artistas precisaram se adaptar às transmissões ao vivo pela Internet. Contudo, mesmo contando com poltronas móveis, o teatro B32 ainda não receberá público presencial.

arquitetura cultural
Imagem extraída de UOL

Ricardo Kurtz, CEO da plataforma responsável pelo gerenciamento do lugar, ZoOme.TV, conta: “É também por isso que os artistas estão topando fazer os shows, porque não vamos gerar nenhuma polêmica com o nome deles”. Desde o início, a ideia era que o espaço fosse híbrido, contando com apresentações ao vivo ou presenciais, a depender das medidas de segurança sanitária.

O auditório contará com a tecnologia necessária para a transmissão de shows e espetáculos. Além disso, a ideia é o empreendimento estar preparado para a chegada de redes 5G no Brasil. A inauguração do local está marcada para o dia 4 de junho de 2021. E, para a ocasião, o Zoome Hall contará com shows de diversos artistas famosos do ramo musical brasileiro.

arquitetura cultural
Imagem extraída de Guia da Folha – UOL

Fonte: UOL.

Comentários

Engenharia 360

Redação 360

Engenharia para todos.