Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Produtos ecológicos x produtos sustentáveis: quais as diferenças entre os dois?

por Clara Ribeiro | 26/06/2020
Copiado!

Aprenda a identificar produtos ecológicos e produtos sustentáveis na hora de fazer as compras

Há muitas dúvidas em relação às diferenças entre produtos ecológicos e produtos sustentáveis. Por isso, vale a pena falar um pouco sobre cada um a fim de esclarecer características, bem como quais são seus impactos no ambiente, na economia e na sociedade. 

A saber, para muitas empresas a responsabilidade com o meio ambiente se tornou um dos pilares fundamentais. Impor formas mais sustentáveis de produção ou até mesmo nos processos diários da corporação mostra preocupação com essa pauta tão imediata.

Não é novidade que empresas ecofriendly se destacam no mercado atual. Sendo assim, algo que antes era moda agora é praticamente regra.

Mas como classificar os produtos considerados “amigos da natureza”? Descubra a seguir detalhes dessas denominações.

Produtos ecológicos

É desenvolvido com a preocupação de manter a biodiversidade e promover o equilíbrio do ecossistema. Ou seja, a preservação do meio ambiente é fundamental.

Dessa forma, o produto não pode ser tóxico ou poluente. Mas, para isso, não deve ser proveniente de extração de matérias-primas da natureza ou então que prejudique-a em qualquer medida. 

Portanto, produtos ecológicos pode ser considerado quando feitos de:

  • Materiais recicláveis;
  • Produtos que não contêm pele animal;
  • Plásticos biodegradáveis;
  • Inseticidas biológicos.

Esses são somente alguns exemplos. Ecológico é todo e qualquer produto que não agride o meio ambiente, a fauna e a flora – o ecossistema de forma geral.

Assim, entendemos que empresas que desenvolvem produtos ecológicos têm como foco se engajar nas causas de proteção ambiental.

Produtos ecológicos ou sustentáveis

Produtos sustentáveis

Pode ser considerado produto sustentável quando respeita os pilares: social, ambiental e trabalhista. Engloba diversos setores e não só os relacionados ao ambiente, diferente dos produtos ecológicos.

Deve favorecer toda uma cadeira de produção. Basicamente, um produto considerado sustentável promove o desenvolvimento da economia local, com a produção de itens ecológicos, gerando renda e contratos trabalhistas a pessoas da região.

Isso quer dizer que, além de conseguir diminuir os impactos causados pela produção de produtos que prejudicamo meio ambiente, o lado social e econômico são super valorizados. 

Produtos ecológicos

Um aspecto mercadológico é que produtos sustentáveis devem ser de qualidade superior a produtos que não prezam pela responsabilidade ambiental.

Podemos classificar como produtos sustentáveis:

  • Provenientes de fontes renováveis;
  • Feitos com baixo consumo de energia e água;
  • Com redução ou anulação do uso de plástico;
  • Feitos com boa gestão de resíduos;
  • Cuja fabricação não necessita de emissão de gases ou pelo menos evita.

Dito isso, a principal diferença entre os dois é que o produto ecológico terá como principal pilar a preservação do meio ambiente. Já o produto sustentável irá valorizar a redução do impacto ambiental e enaltecer o desenvolvimento social e econômico de determinada região ou cidade.

Empresas ecológicas e sustentáveis

Há muitas marcas gringas e brasileiras que são referência no desenvolvimento de produtos ecológicos e sustentáveis. Citaremos algumas delas para você ter uma ideia.

Natura

É uma marca que leva a filosofia do ecologicamente correto muito a sério. Além disso, é uma das primeiras empresas a investir em marketing nesse quesito aqui no Brasil. 

O uso de embalagens recicláveis e a realização de projetos de conservação da floresta amazônica são umas das suas práticas para conservar o meio ambiente. Também assume a responsabilidade de diminuição da emissão de carbono e testa carros elétricos para integrar projetos logísticos.

Produtos da Natura são considerados sustentáveis
A Natura é conhecida por seus produtos ecológicos e sustentáveis

Cemig

A Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais) tem como filosofia a produção sustentável e conseguiu atingir níveis satisfatórios de emissão de carbono e produtos sólidos.

Além de ter quase 100% de produtividade energética. Destaca-se no ramo, pois está a frente de outras empresas que oferecem o mesmo serviço. 

No âmbito internacional, há várias empresas de destaque, entre elas:

Siemens

A multinacional alemã começou a adotar a filosofia sustentável em 2012 e de lá pra cá vem se tornando uma das mais engajadas na causa. 

Além de proteger a natureza, investe também em educação e pesquisa para atingir níveis de conhecimento ecológico satisfatórios. Ainda, encara uma batalha contra o analfabetismo e promove a diversidade e integração social. 

Philips

A empresa holandesa se tornou sustentável em 2016. Tem como metas reciclar 90% dos resíduos operacionais e empregar 100% de energia renovável até o fim de 2020. Além disso, pretende zerar o envio de substâncias para aterros.

Todas essas medidas estão sendo tomadas para reduzir o impacto ao meio ambiente e promover a cultura sadia no ambiente de trabalho e social. 

E você, costuma dar preferência para produtos ecológicos ou sustentáveis na hora da compra? Conta para a gente nos comentários!

Fontes: Terra; Medictando; Ideal Verde; Sebrae; Neil Patel

Copiado!
Engenharia 360

Clara Ribeiro

Jornalista especializada em arquitetura e engenharia. Ávida consumidora de informação; viciada em produzir conteúdo; amante das letras, das artes e da ciência.

Comentários