Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

CANAIS ESPECIAIS


[Notícia Importante] Designers de interiores: registros de bacharéis e tecnólogos agora são incorporados ao Crea-SP

por Redação 360 | 17/05/2021

O Crea-SP passa, agora em 2021, a ser responsável por garantir a atividade dos mais de milhares de profissionais designers de interiores. Saiba mais!

Atualmente, o Crea-SP – Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de São Paulo -, é responsável por garantir a atividade de milhares de profissionais em sua região. A novidade agora é que os graduados em Design de Interiores também poderão ser registrados e ter o seu exercício fiscalizado por este órgão. Continue lendo para entender, então, o que muda para os designers de interiores!

logo do CREA

A regulamentação dos designers de interiores

A profissão de designer de interiores foi regulamentada em 2016, ainda no período de governo da Presidente Dilma Rousseff. Contudo, levou vários anos e discussões entre políticos e sociedade para que a categoria fosse, de fato, encaminhada para a fiscalização de um Conselho.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“É uma honra receber em nosso Conselho os profissionais de Design de Interiores. Nossa missão, assim como com as outras profissões que representamos, será garantir a atividade profissional da categoria conforme as atribuições previstas em lei.” – presidente do Crea-SP, Eng. Vinicius Marchese.

A saber, dos 55 mil designers de interiores no Brasil, 16.500 estão só no Estado de São Paulo!

Veja também: Engenheiro Civil pode ou não fazer projetos de interiores?

As vantagens para os designers pela adesão ao Conselho

Num primeiro momento, pode parecer que tal “burocratização” traz mais problemas do que benefícios para os designers de interiores, o que não é verdade. Com esta adesão ao Crea-SP, estes profissionais terão, primeiro, a garantia da assinatura de ARTs – Anotações de Responsabilidade Técnica. Isto funcionaria como uma espécie de currículo para os profissionais; já para a sociedade, é um instrumento de controle e segurança aos trabalhos realizados.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Outra grande vitória para a categoria é se filiar a um Conselho forte que irá, sempre que necessário, apoiar e fiscalizar o exercício, trazendo mais segurança tanto para o cliente quanto para quem executa o trabalho! Vale lembrar que a estrutura do Crea-SP para fiscalizações é uma das melhores do país. E também que, com este controle, será mais fácil fazer uma análise de mercado, evitando que leigos desempenhem serviços relativos à área sem o devido preparo, conhecimento e permissões necessárias.

Imagem: pontaporainforma.com.br

O passo-a-passo para o registro no Crea-SP

A partir de agora, o Crea-SP informa que o registro dos bacharéis e tecnólogos em Design de Interiores será realizado junto ao Conselho logo após à sua formação, já na sequência. Claro que os procedimentos ainda estão no início e que, por razões de adaptação das tabelas internas e mais do Confea – o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia -, os designers ficarão colocados no sistema, num primeiro momento, juntamente com os tecnólogos em Edificações.

E, concluindo, o pré-cadastro para os designers visando a efetivação do registro precisa estar atrelado à regulamentação da entidade de ensino junto ao Conselho. Isto deve ser feito no seguinte endereço eletrônico: clique aqui para conferir!

Então, o que achou desta notícia? Concorda que os designers de interiores passem a ser registrados e fiscalizados pelo CREA? Dê sua opinião nos comentários!


Veja Também:

Como emitir uma ART? | 360 Explica

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Como dar baixa em uma ART? | 360 Explica


Fonte: CREASP.

Comentários

Engenharia 360

Redação 360

Engenharia para todos.