Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Conheça o 'Método Star', utilizado em processos seletivos de emprego

por Simone Tagliani | 02/11/2021

O Método Star é utilizado por empresas na hora de selecionar os candidatos. Mas você também pode aprender como ele funciona para exercitar estas conversas!

Muitas corporações vêm comentando bastante com os seus recrutadores sobre o tal Método Star. Aparentemente, seria uma maneira de preparar melhor os candidatos para que eles possam ir bem em suas entrevistas de emprego. De fato, quem desempenha melhor nas entrevistas tem mais chances de conseguir um emprego. E não seria uma excelente notícia se você fosse uma dentre estas pessoas? Fique ligado nas informações apresentadas a seguir para compreender melhor a estrutura do Método Star e arrasar nos próximos processos seletivos que participar!

entrevistas emprego
Imagem reproduzida de Blog Contratanet

O conceito do Método Star

Como dissemos antes, o Método Star é mais uma técnica de orientação que ajuda candidatos a se destacarem melhor em entrevistas de emprego. Mas ela, diferente de outras, pode nos ajudar a compreender melhor o nosso próprio currículo – pontos fracos e fortes. Por exemplo, nos auxiliando e também auxiliando os entrevistadores a descobrir as nossas melhores habilidades reais – não aquelas que imaginamos com base no que gostaríamos que fossemos. E tudo isso é feito como? Com base numa comparação entre respostas de candidatos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Por exemplo, conseguimos resgatar histórias que demonstram como lidamos com determinados problemas ou desafios. Melhor dizendo, isso pode virar a prova que precisávamos para mostrar à empresa contratante como aplicamos certas habilidades exigidas. Não é legal isso? Em resumo, o Método Star pode nos ajudar a contar histórias de conquistas. E ele faz isso seguindo uma estrutura em 4 etapas: situação, tarefa, ações e resultados!

entrevistas emprego
Imagem reproduzida de Comunidade do Estágio

As estruturas do Método Star

Então, vamos começar a contar algumas histórias sobre você?

1.Situação

Era uma vez uma tarefa que você precisa cumprir para o seu trabalho. Pense no evento, na situação desafiante, no desafio na totalidade e descreva-o. O que envolvia esta experiência? Por que ela era relevante?

“Bem, quando eu estava no meu primeiro estágio, houve um dia em que eu precisava criar um projeto complexo de paisagismo com uma colega, mas ela faltou ao nosso encontro. Contudo, o trabalho – dimensionado para dois – era para o dia seguinte, conforme a solicitação do orientador.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

2.Tarefa

Qual era a situação mesmo? Que função você desempenhava no momento? Como transformou este desafio em oportunidade?

“Então, eu dividi as minhas horas em etapas. Foquei em desenvolver as partes mais abrangentes e significativas do projeto em desenho, de modo que pudesse demonstrar, em termos gerais, a ideia.”, “O plano era completar a explicação na apresentação do dia seguinte através do meu discurso. Eu não precisaria dedurar a minha colega pela sua ausência. Porém, se eu fosse a desenvolvedora do projeto, teria domínio da informação, saberia explicar bem todos os pontos do trabalho e me destacaria de todo modo, levando meus superiores a entender o meu valor. E isso era o mais importante para mim.”

3.Ações

Enfim, como você lidou com o problema até o fim?

“No dia seguinte, eu entreguei uma maquete física monocromática do projeto. Não me prendi a ornamentos desnecessários. Foquei em explicar, através deste instrumento, decisões de volumetrias, espaçamentos, incidência solar, e mais. Ou seja, eram todas as informações básicas para aprovar um projeto preliminar e seguir para um projeto executivo.”, “Citei referências, fiz links mentais com outras obras, e isso ajudou todo o grupo a entender as minhas ideias sem que eu dependesse de mais materiais de apoio.”

4.Resultados

Por fim, quais foram os resultados – tangíveis – obtidos com esta experiência? Quanto as coisas ficaram melhores no seu ambiente de trabalho por conta do que você fez? Que lições aprendeu? Vale, neste momento, mostrar portfólio, feedback de clientes, cartas de referências, comparações antes e depois, e mais. Ou seja, prove o seu valor!

“Naquele ponto, entendi que o trabalho poderia ter sido mais simples, rápido, prazeroso e mais bem feito se, desde o início, eu tivesse tomado cuidado em escolher a parceria certa.”, “Notei o quanto vale um trabalho em grupo.”, “As ideias iniciais para o projeto paisagístico que apresentei valeram para guiar as etapas seguintes de serviço da empresa. Inclusive, pode-se ver muito das linhas do meu esboço na execução final da obra – algo que pode ser conferido no arquivo de projetos do site da empresa.”, “Foi uma experiência que provou que posso ter boas ideias de projeto, que posso comandar apresentações, se preciso, e que não preciso ter medo de me expressar como mente criativa ou mesmo ter medo de críticas construtivas de colegas. Afinal, precisamos ser um time!”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

entrevistas emprego
Imagem reproduzida de Vagas

Então, quando você estiver em uma entrevista de emprego de abordagem Star, foque em citar coisas relevantes das suas melhores experiências. Reserve tempo e energia para se preparar para um momento assim! Uma ideia é ensaiar com amigos ou mesmo frente ao espelho esta conversa! Avalie sua imagem, postura, vícios de linguagem e mais. Crie uma imagem mais nítida de quem é, do que é capaz e dos seus objetivos! Boa sorte!

Veja Também:

7 dicas para se dar bem em uma entrevista online

Quais as piores consequências de mentir na entrevista de emprego?

Como funciona a entrevista de emprego por competências?

Entrevista de emprego: confira as razões para fazer perguntas ao recrutador


Fontes: Na Prática.

Comentários

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada em Arquitetura & Urbanismo e Letras; especialista em Artes Visuais; estudante de Jornalismo Digital e proprietária da empresa Visual Ideias - Redação, Edição e Produção de Conteúdos.