Engenharia 360

Como modelagem, simulação 3D e prototipagem podem reduzir custos no processo

Engenharia 360
por Redação 360
| 25/02/2022 3 min

Como modelagem, simulação 3D e prototipagem podem reduzir custos no processo

por Redação 360 | 25/02/2022

Todo bom gestor tem, entre tantos objetivos, o desejo de reduzir ao máximo os custos operacionais da sua empresa, visando, obviamente, o aumento dos lucros. Mas como fazer isso? Bem, por exemplo, a impressão 3D é uma forma eficaz, principalmente aliada à modelagem 3D e produção otimizada também. Aliás, a chegada das novas tecnologias traz uma solução eficiente para a otimização das operações industriais, como através dos processos de prototipagem e produção, ajudando substancialmente as empresas. Saiba mais sobre isso no texto a seguir!

modelagem 3d
Imagem reproduzida de TechCD

O que é a prototipagem rápida?

A prototipagem rápida trata-se de um método moderno de desenvolvimento de produto. E qual a vantagem disso para os engenheiros? Bem, é poder compactar cronogramas de projetos, iterando mais rapidamente para chegar a um projeto final pronto para produção. E esse processo é baseado em um design também moderno para sistemas de manufatura, transferindo benefícios de eficiência por meio de um fluxo de trabalho voltado às impressoras de alta precisão. Com isso, é possível reduzir investimentos de ferramentas, repensar todos os processos de produção, melhorar a cadeia de suprimentos, reduzir preços de peças e, no fim, economizar com manufatura.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

modelagem 3d
Imagem reproduzida de SP3D – Impressão 3D e Prototipagem em São paulo

Outros benefícios da adoção de modelagens 3D nas indústrias

1. Economia de dinheiro

Criando mecanismos na própria peça tridimensional com intuito de diminuir a necessidade de ferramentas durante sua produção ou criando peças que não necessitem de um pós-processamento. São eliminadas grandes diferenças na seção transversal e no volume das peças. No geral, há menos desperdícios, menos gastos e maior integridade estrutural, ou seja, uma mudança benéfica em toda a cadeia de suprimentos. Aliás, para acrescentar, com as peças bem projetadas, as etapas pós-produção devem ser minimizadas!

2. Economia de tempo

Processo de desenvolvimento de produtos mais veloz, inclusive com preço reduzido pela possibilidade de impressão 3D, onde basta preparar o arquivo 3D em algum software de modelagem, onde é possível modificá-lo quantas vezes forem necessárias.

Nesses cenários, algumas peças são feitas em usinagem CNC. As máquinas recebem dados CAD 3D e já imediatamente conseguem imprimir o arquivo sem necessitar de nenhum tempo extra. E se é possível realizar a prototipagem mais veloz, também é possível lançar mais velozmente os projetos, além dos produtos, chegarem ao mercado com muito mais rapidez.

modelagem 3d
Imagem reproduzida de CoemJr

3. Otimização de design 3D

Como dito antes, com a modelagem 3D, pode-se melhorar as peças impressas e reduzir o custo das produções industriais. E isso deve ser feito sobre um modelo ideal gerado em software de modelagem 3D – onde é possível estudar formas de usar a quantidade de material, evitando assim, desperdícios ou excessos. As peças são testadas em sua gama completa e justamente por meio da prototipagem rápida, num sistema de produção onde não poderiam ser produzidas com usinagem CNC. Mas já nos testes, é possível “afunilar” as opções para a produção final, reduzindo drasticamente os custos gerais para o desenvolvimento de produtos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Certamente, economizar dinheiro é bastante atrativo. Só que, mais ainda, ter maior mitigação de risco antes que a peça seja fabricada com processos de produção caros, ou antes que o ferramental seja criado! E, nesse caso, a prototipagem rápida é decisiva!

modelagem 3d
Imagem reproduzida de Muv.

4. Fuga do tradicional

Fabricar peças com desenhos mais complexos pode ser mais simples com a modelagem 3D e a usinagem CNC! O arquivo é enviado para a impressora, que interpreta o modelo CAD, imprime e só fica faltando o trabalho de acabamento, quando houver! Definitivamente, os projetistas não precisam temer ousar no design, mesmo que queiram criar formas orgânicas, com furos, em blocos sólidos, e mais! É possível fazer até, desse modo, peças leves, mais resistentes – mesmo com menos espaços com preenchimento.

Como admirador ou profissional da área da Engenharia, deve buscar por mais informações sobre as boas oportunidades que a modelagem, simulação 3D e prototipagem podem oferecer, como a otimização nos processos de fabricação! Envie suas dúvidas sobre o assunto para o Engenharia 360 que logo responderemos em uma nova publicação!

Comentários

Engenharia 360

Redação 360

Engenharia para todos.