Engenharia 360

Lego, STEM e o desenvolvimento da ciência no Brasil

Engenharia 360
por Larissa Fereguetti
| 09/10/2018 | Atualizado em 13/09/2023 2 min
Engenharia 360

Lego, STEM e o desenvolvimento da ciência no Brasil

por Larissa Fereguetti | 09/10/2018 | Atualizado em 13/09/2023
Engenharia 360
Engenharia 360

Além motores, gasolina e baterias, aqui na Shell Eco-marathon tem muitas das famosas pecinhas coloridas de plástico. Sim, senhoras e senhores, está rolando oficina de Lego! Saiba como funciona a integração entre LEGO e STEM.

Alunos de ensino médio de escolas estaduais do Rio de Janeiro foram convidados a visitar o evento e, de quebra, aprender sobre economia de combustível, sustentabilidade, engenharia e ciências de modo geral. Mas mais do que isso, a oficina quer despertar nos jovens o interesse pela ciência.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

STEM

Se você está lendo essa matéria, você provavelmente gosta de ciência, e sabe o quão valioso é despertar o interesse precocemente. São as crianças que tem gosto por ciência que se tornarão os engenheiros do futuro.

O objetivo é aproximar os meninos da questão da prototipagem, de conceitos tecnológicos, de entender um pouco o que leva os veículos a ter mais ou menos potência e o que eles podem fazer melhorar a performance do veículo” - conta Maristela Sarmento, que trabalhou por anos numa empresa que distribuía lego no BR, hoje  trabalha com consultoria. “Eles montam um carrinho dragster, testam e a gente os estimula a pensar no que pode dar mais eficiência ao carro.”

STEM

Além dos carrinhos de Lego, a ONG americana  Educando by Worldfund está desenvolvendo  o seu programa STEM - Science, Technology, Engineering and Mathematics (Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática). A ONG estimula professores, principalmente de escola pública, a desenvolver projetos práticos com os seus alunos a fim de despertar o interesse em ciências.

STEM

"A ideia é justamente desmistificar essas disciplinas da área de exatas e ciências.", comenta Marcelo Carelli, representante da ONG. “Aqui no evento a gente está com uma oficina onde os alunos desenvolvem um motor stirling. A gente vai utilizar materiais simples, como latinhas de alumínio e uma vela para fazer um motor compacto e eficiente que os alunos podem levar pra casa." - completa Marcelo.


Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com [email protected] para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Comentários

Engenharia 360
Artigo Patrocinado

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo