Engenharia 360

A 'Madeira' Sustentável feita de Arroz e PVC pela Braskem no Brasil

Engenharia 360
por Redação 360
| 25/10/2023 3 min
Imagem reproduzida de tirachard em Freepik

A 'Madeira' Sustentável feita de Arroz e PVC pela Braskem no Brasil

por Redação 360 | 25/10/2023
Imagem reproduzida de tirachard em Freepik
Engenharia 360

Você sabia que o Brasil é, atualmente, um dos dez maiores produtores de arroz do mundo. A saber, nossa produção é de 10 milhões de toneladas do cereal por ano - um valor que pode variar a depender dos efeitos das mudanças climáticas. E, agora, a empresa Braskem, gigante na produção de biopolímeros, adquiriu os direitos de fabricação da marca Resysta, que, resumidamente, é uma 'madeira' feita de arroz e PVC. Continue lendo este texto do Engenharia 360 para saber mais!

Braskem
Imagem reproduzida de Braskem via ADVFN

Qual é a relação entre a casca de arroz e a Resysta da Braskem?

A Resysta é um tipo de revestimento considerado hoje pelo mercado como extremamente inovador. O mesmo utiliza 60% de casca de arroz aditivada e resina vinílica (PVC). O resultado dessa soma é um material 100% reciclável, leve e resistente. E a melhor parte é que ele é bastante semelhante à madeira utilizada em obras de Engenharia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Especialistas afirmam que esse pode ser um passo significativo para a indústria da construção caminhar em direção à sustentabilidade, promovendo várias práticas positivas para o Brasil e América do Sul em geral. A razão? Aproveitar um material renovável e reutilizar o resíduo produtivo do arroz.

Braskem
Imagem reproduzida de Embrapa via Revista Oeste

Para quais aplicações a Resysta pode ser usada?

A Braskem afirma que sua nova aquisição de produto, a Resysta, pode ser aplicada a uma variedade de setores da economia brasileira. Além da Engenharia, a Arquitetura, o Design de Interiores e Design de Exteriores. Por exemplo, em decks, móveis, fachadas, rodapés, portas, batentes, pisos, tetos e em revestimentos em geral, trazendo inovação para a indústria do país.

O potencial é mesmo bem grande, sobretudo considerando que a maioria dos clientes está atualmente mais inclinada a optar por materiais mais sustentáveis.

Braskem
Imagem divulgação via Revista Oeste

Observação: A Braskem pretende produzir a Resysta localmente, e a tecnologia está licenciada para a América do Sul, incluindo o Brasil, bem como para alguns países da América Central e Caribe.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Veja Também:


Fontes: Fusões e Aquisições, São Bento em Foco.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com contato@engenharia360.com para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Comentários

Engenharia 360

Eduardo Mikail

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, liderada pelo engenheiro Eduardo Mikail, e com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo