Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Família ID e o processo de eletrificação dos produtos Volkswagen

por Letícia Nogueira | 05/08/2020
Copiado!

A Volkswagen vem sendo uma das empresas com maior foco na produção de veículos elétricos. Conheça um pouco mais de como vem sendo esse processo

Em 2015, diversas montadoras se envolveram em um grande escândalo de produção de veículos que não atendiam as normas ambientais de emissão de poluentes, chamado pela mídia de “Dieselgate”. Após todo o recall de automóveis, multas e entre outras penalizações, as empresas passaram a investir mais em setores de veículos verdes. Algumas delas começaram a ter grandes projetos destinados a esse segmento, como a Volkswagen. Hoje, ela é considerada como uma das montadoras com projeto mais agressivo de eletrificação de seus produtos.

A imagem apresenta três fragmentos de imagens, todas com a frente do ID.3. Uma com o veículo em vermelho e as outras duas com ele em branco.
Uma nova era dos produtos Volkswagen. Fonte: Divulgação Volkswagen

A empresa prevê o investimento de 11 bilhões de euros em produtos elétricos e de direção autônoma, entre 2019 e 2023. Sendo que 9 bilhões serão destinados apenas a elétricos, prevendo que passem de 2 modelos para 20. Isso fez a Volkswagen pensar também em iniciar a produção de baterias para essa categoria de veículo.

O início desse processo foi aberto com o lançamento da família ID, veículos totalmente elétricos e que estarão disponíveis até o final deste ano para a Europa, China e América do Norte. O nome é uma abreviação de “Intelligent Design” e já conta com a divulgação de dois modelos: ID.3 e ID.4. Para o suporte desse projeto, a empresa vem convertendo plantas para a fabricação de elétricos; como é o caso de Zwickau, Hanover e Emden, na Alemanha.

“Com a conversão de nossa planta Emden para a produção local de veículos elétricos, Volkswagen está forçando o ritmo de mudança do sistema. Ao todo, a empresa irá investir cerca de um bilhão de euros na transformação da fábrica.”

Ralf Brandstätter, CEO da marca Volkswagen

A planta de Emden é a única que não será convertida totalmente a produção de elétricos no momento, continuando a produzir o Passat e o Arteon. Porém, o objetivo é que daqui um certo tempo, a fábrica produza apenas essa categoria de veículos, tendo capacidade para 300.000 por ano.

Showroom da Volkswagen com a apresentação do ID.3. O piso em madeira e diversos veículos dispostos ao longo do espaço. É possível ler a frase "Now you can" em um dos painéis
Lançamento da família ID marca uma novo era de produtos. Fonte: Volkswagen Divulgação

A Plataforma Modular Elétrica da Volkswagen

A plataforma modular elétrica (MEB) foi desenvolvida especialmente para veículos elétricos (VEs), podendo ser utilizado para diversos segmentos de veículos: SUVs, compactos, e entre outros. Normalmente, eles são projetados com adaptações de plataformas de modelos a combustão, porém, esse projeto da Volkswagen foi desenvolvido do zero para a categoria.

A vantagem é a maior distância entre eixos e a redução da distância entre os extremos do veículo, além de permitir a colocação dos motores elétricos diretamente nos eixos. Dessa forma, é possível melhorar o espaço interno do automóvel.

Na imagem há a apresentação da plataforma modular elétrica da Volkswagen
Maior distância entre eixos do veículo melhora a condução – Fonte: The Cars

Além disso, o projeto proporcionou a utilização de um sistema de bateria com carregamento rápido integrado ao piso do veículo. Isso permitiu a melhoria de diversos fatores, como: maior segurança, a possibilidade de manter o espaço interno e a redução do centro de gravidade. Com este último, o veículo adquire uma melhor distribuição de peso, proporcionando ao motorista melhor dirigibilidade.

A imagem apresenta o esquema da plataforma modular elétrica da Volkswagen. É possível ver o conector de recarga, a bateria e o drivetrain
Plataforma modular elétrica da Volkswagen, a base para os VEs – Fonte: Divulgação Volkswagen

Ademais, a plataforma trouxe a opção de personalização do veículo de acordo com o cliente, permitindo a escolha da bateria que será utilizada no automóvel. A ideia é que o cliente escolha a bateria que melhor se adeque ao seu cotidiano. Isto é, se no dia a dia do condutor, ele percorre pequenas distâncias, a escolha de uma bateria com menor capacidade pode ser mais atrativa. Isso porque é possível reduzir os custos do veículo com essa escolha.

A imagem apresenta dois modelos de plataformas. A primeira tem uma bateria maior em relação a segunda
Diferentes baterias para diferentes usos do condutor – Fonte: Divulgação Volkswagen Portugal.

Todos os veículos da família ID serão produzidos em cima da Plataforma Modular Elétrica da Volkswagen.

ID.3 e ID.4

A imagem mostra dois modelos do ID.3. O primeira mostra a frente do veículo. Enquanto o outro mostra a lateral esquerda e a traseira
ID.3 é o primogênito da família ID Volkswagen. Fonte: Divulgação Volkswagen

O ID.3 foi o primogênito da família ID. Apresentado no Salão Internacional do Automóvel de Frankfurt, o veículo trouxe uma nova era dos produtos Volkswagen. O automóvel foi o pioneiro de uma família 100% de elétricos, com muita conectividade e eficiência. Sendo também, o primeiro com o novo logotipo da empresa.

Disponível em cinco categorias distintas: o Pure, Pure Power, Pro Power, Pro e Pro S. Esses veículos se diferenciam sobre a potência do motor, eficiência, velocidade de carregamento e capacidade de bateria. Além disso, todos os modelos incluem assistente de direção, o que ressalta o interesse da Volkswagen em investir mais no setor de veículos autônomos.

A tabela mostra dados técnicos do ID.3. Inclui: eficiência, bateria, motor elétrico, e capacidade de recarga
Dados técnicos do ID.3 em suas diferentes versões – Fonte: Inside EVs

Se engana quem pensa que o modelo mais básico do ID.3 será um veículo sem muitos acessórios de série. A lista inclui rodas de aço 18 polegadas; faróis de LED na frente e traseira do veículo – com o adicional de controle automático de iluminação nas lanternas frontais; iluminação ambiente em 10 cores; ID. Light; sistema de ar-condicionado Climatronic da Air Care; controle de voz inteligente; partida com Keyless Start.

A imagem mostra o ID.3 sendo recarregado. É possível ver sua lateral em um fundo geométrico
A escolha das baterias por parte do cliente permite uma melhor personalização do automóvel – Fonte: Divulgação Volkswagen

Para o melhor conforto do motorista, a Volkswagen anunciou juntamente ao veículo o We Charge. Ele permite acesso a cerca de 150.00 estações de carregamento públicas pela Europa com a utilização de um cartão. Além de permitir o uso de redes de carregamento rápido cadastradas por um menor valor.

O ID. 4, novo SUV elétrico da Volkswagen, não teve seus dados técnicos divulgados. O que se sabe até o momento é que o automóvel foi baseado no ID. CROZZ, carro conceito apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo de 2018.

A imagem mostra a apresentação ao público do ID.CROZZ. O veículo conceito é uma ótima representação dos modelos elétricos. As lanternas com um desenho bem futurista. Além do logo integrado a elas com iluminação.
ID. CROZZ apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo em 2018 – Fonte: Automotive News Europe

O veículo terá como base a matriz modular de propulsão elétrica (MEB), assim como todos os veículos da família ID. A previsão é de que ele seja lançado ainda este ano, com vendas direcionadas para a Europa, China e Estados Unidos. Será lançado em duas versões, com tração traseira e outra com tração integral.

A imagem monocromática mostra a frente e a lateral esquerda do veículo. O veículo tem poucas alterações em seu design. O que mais chama atenção são as grandes que aumentaram de tamanho, e as lanternas que passaram a ir um pouco mais para lateral do veículo.
ID.4, o segundo veículo da família ID – Fonte: Divulgação Volkswagen

O trabalho dos engenheiros nesse projeto foi na diminuição do coeficiente de arrasto proporcionada pela aerodinâmica do veículo. Dessa forma, é possível que o carro chegue a uma autonomia de 500 Km, dependendo da escolha do pacote de baterias.

Competitividade

Uma questão muito discutida nesse setor é o alto valor necessário para a aquisição dos veículos. Porém, a Volkswagen ressaltou que os preços dos modelos da família ID, como o ID.3, serão até mais baixos que outros já lançados anteriormente pela própria marca, como o e-Golf. Sempre levando em consideração a versão mais básica do modelo ID.3 e subsídios do governo.

Uma comparação interessante é a venda do e-Golf a partir de 36.900 euros, com 231 quilômetros de autonomia. Enquanto o ID.3 básico vendido por menos de 30.000 euros e com autonomia de 330 quilômetros. Isso é possível graças ao uso dos sistemas modulares de acionamento eletrônico e do desenvolvimento de baterias melhores.

A imagem mostra a diferença entre os veículos ID.3 na versão básica com 330 km de eficiência; o Golf Life 1.5I TSI de 6 velocidades a gasolina; e o Golf Life 2.0I TDI também de 6 velocidades, movido a diesel. Enquanto na aquisição destes dois últimos os gastos são de 26.640 e 28.105 euros, respectivamente; o ID.3 pode ser adquirido por 30.000 euros, com bônus ambiental de 6.570 euros. Sendo assim, o cliente poderá adquirir o modelo por apenas 23.430 euros.
Comparação de preços entre o e-Golf e o ID.3 – Fonte: Inside EVs

Além disso, a empresa ressalta que os gastos quanto a utilização de modelos elétricos podem chegar a ser 50 euros/mês mais barato que um modelo à combustão. Por mais que veículos elétricos possuam gastos relacionados ao desgaste de peças e afins, a Volkswagen ressalta que os valores são compensados pelos de seguro, impostos e operacionais.

A imagem mostra a diferença de gastos entre veículos a combustão e o ID.3. Enquanto este último possui um gasto por mês de 160 euros, os a combustão podem chegar a 230 euros. Isso inclui valores como combustível, impostos, manutenção, gastos em relação a desgaste (único maior do que os a combustão) e seguro.
Comparação de custos – Fonte: Inside EVs

Fonte: Electrek, E-mobility da Volkswagen, Volkswagen Portugal, ID.3, Inside EVs, ID.4, Inside EVs – Competitividade ID.3

O que acha desse novo investimento da Volkswagen? Deixe sua opinião nos comentários!

Copiado!
Engenharia 360

Letícia Nogueira Marques

Estudante de Engenharia de Materiais pela UFABC. Acredito que não há nenhum sonho que não possa ser realizado com um pouco de disciplina e criatividade.

Comentários