Engenharia 360

O que é preciso para o abastecimento de água chegar à sua casa?

Engenharia 360
por Simone Tagliani
| 20/04/2022 5 min

O que é preciso para o abastecimento de água chegar à sua casa?

por Simone Tagliani | 20/04/2022

Você está em sua casa, abre a torneira, liga o chuveiro e aperta uma descarga e pronto, sai bastante água limpa dessas saídas. Como isso é possível? Como essa água chegou à sua residência? Sabe dizer? Pois, neste texto, o Engenharia 360 vai explicar, etapa por etapa, o funcionamento de um sistema de abastecimento de água padrão utilizado na maioria dos municípios do Brasil e do Mundo. Preparado para aprender? Então, continue lendo este post!

abastecimento de agua
Imagem reproduzida de Cagece

Antes, vamos entender porque o abastecimento de água é algo tão importante.

Pois bem, a cultura do tratamento de água é praticada pelo homem por gerações, na medida que ele mesmo impacta o meio ambiente, e se mostrou essencial para o desenvolvimento das sociedades. Hoje, a água que consumimos não pode ser encontrada na natureza. Na verdade, a água de rios e lagos não é própria para consumo. Nem mesmo das chuvas, pois carrega impurezas – em grande parte, poluição. Portanto, sua qualidade precisa ser alterada até atender alguns requisitos de potabilidade para podermos beber.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com o devido tratamento e abastecimento, é possível manter hábitos de higiene básica das populações, limpeza urbana, controlando e prevenindo doenças, além de aumentar a expectativa de vida de todos. Também propicia bem-estar, conforto e segurança. E já no “mundo das engenharias”, aumenta a produtividade dentro dos negócios, facilita a instalação de indústrias, proteção dos mananciais, controle do agronegócio, e além.

engenharia de agronegócio
Imagem reproduzida de Smarket

Veja Também: Pesquisa investiga casos de câncer ligados à qualidade da água

O início do sistema de abastecimento de água

O sistema de abastecimento de água que muitas comunidades adotam é o que faz levar água potável às novas residências. Ele contempla desde a fonte, onde a água é coletada nas melhores condições possíveis, até as unidades consumidoras e depois destas até o retorno à natureza. E isso tudo só é possível após a execução de uma série de obras, usos de equipamentos e desenvolvimento de serviços.

Na primeira etapa da construção desse sistema, é preciso realizar um estudo da sua possível localização e mão de obra especializada necessária. Ao mesmo tempo, é preciso definir a população que será atendida, a taxa de crescimento da cidade e suas necessidades econômicas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

abastecimento de agua
Imagem reproduzida de EOS Consultores

Com estas informações, já é possível fazer os demonstrativos de plantas. O memorial descritivo do projeto, esclarecendo técnicas a serem adotadas, materiais a serem empregados, e muito mais. Também o memorial de cálculo, com o dimensionamento do sistema, vazão necessária, quantitativo de materiais e laudos geológicos. A planilha orçamentária, com custos e respectivos encargos financeiros da obra, fases de construção, e os investimentos necessários para a realização de tudo. E o cronograma, relatando quais devem ser os prazos de entrega.

Lembrando que todos os conceitos técnicos desse projeto devem “casar” com o que diz a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e FUNASA – como níveis e padrões para distribuição de água à população. E que também, para a obra começar, é preciso ter os estudos de EIA e RIMA, além da emissão de Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), esta última concedida pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

As etapas do abastecimento

abastecimento de agua
Imagem reproduzida de ALFACOMP

Escolha do manancial

Manancial é o local, que pode ser um rio, onde será feita a captação de água para posterior tratamento. É importante avaliar sua localização, topografia, vazão, possíveis focos de contaminação, e mais.

Captação

Pode-se fazer captação de água na parte superficial (por bombeamento ou gravidade) ou subterrânea de um manancial (via poços que acessam lençóis subterrâneos, em média com perfurações de 50 a 100 metros e água conduzida por motobombas até a estação de tratamento).

abastecimento de agua
Imagem reproduzida de G1 – Globo

Adubação

Assim é chamado o momento em que a água é levada do local de captação à zona de tratamento (ETA) – algo realizado por gravidade, recalque ou os dois. Nessa estação, deve-se ter reservatórios, bombas, e mais instalações e elementos de engenharia para levar a água – da bruta e tratada – ao seu destino. Por exemplo, as adutoras.

Tratamento

Esse tratamento não é obrigatório e pode variar, pois vai depender da qualidade da água captada. Entretanto, todos os sistemas existentes possuem no mínimo o tratamento com cloro e flúor. Em certos casos, o processo passa pelas seguintes fases: oxidação, coagulação, floculação, decantação, floração, filtração, desinfecção, correção de ph e fluoretação.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Veja Também:

5. Reserva

A água tratada é levada para os reservatórios da cidade para o seu armazenamento e será distribuída de acordo com as demandas de emergência, em pressão constante de rede e atendendo a variação de consumo da população – que pode mudar em cada estação ou situação de vida, como a pandemia. O projeto desta construção deve considerar o tamanho da população, perspectiva de crescimento, mudanças climáticas, bem como a reserva para caso de um incêndio, por exemplo.

Observação: dependendo da altura do local onde está o reservatório, pode ser preciso instalar ainda uma estação elevatória com bombas de maior potência. Da mesma maneira, nos locais com pressão em excesso, é necessário instalar válvulas para reduzir essa pressão.

abastecimento de agua
Imagem reproduzida de Prefeitura Municipal de São Miguel do Guamá

6. Distribuição

Por fim, a rede de distribuição é o conjunto de conexões hidráulicas – encanamentos e acessórios – que leva a água do reservatório da cidade até as unidades prediais mais próximas. Nesse ponto, é recomendada uma construção de rede por quadras, até para controlar possíveis vazamentos. E, da rede pública até o interior da sua casa, a água será transportada pelo ramal domiciliar.

Veja Também: Como funciona o hidrômetro que mede o consumo de água do imóvel?


A saber, em áreas habitacionais que ainda não são contempladas com sistema de abastecimento de água pública, a obtenção da água pode ser feita via poço artesiano ou tratamento de água de cisternas.

Veja Também: Saiba por que vale a pena investir em um sistema de cisterna de água [+ exemplos de modelos]


Fontes: EOS Consultores.

Comentários

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada em Arquitetura & Urbanismo e Letras; técnica em Publicidade; pós-graduada em Artes Visuais e Jornalismo Digital; e proprietária da empresa Visual Ideias.