Engenharia 360

Engenharia Têxtil: da fabricação ao tratamento dos fios até a confecção de roupas

Engenharia 360
por Redação 360
| 26/11/2021 | Atualizado em 20/01/2022 2 min

Você sabe como é a faculdade e o trabalho na área de Engenharia Têxtil? Quem sabe esta área profissional não é o seu futuro? Descubra!

Engenharia Têxtil: da fabricação ao tratamento dos fios até a confecção de roupas

por Redação 360 | 26/11/2021 | Atualizado em 20/01/2022

Você sabe como é a faculdade e o trabalho na área de Engenharia Têxtil? Quem sabe esta área profissional não é o seu futuro? Descubra!

Engenharia 360

Vamos fazer uma viagem no tempo? Para o antigo Egito? Ou que tal para a época de Cristo? Idade Média? Londres no século XIX? Poderíamos ir a tantos lugares e épocas. E em todas elas nós encontramos pessoas fabricando e usando roupas, em diferentes tecidos e moldes. Hoje em dia, existem profissionais que lidam com isso também. A começar pelo engenheiro que coordena o trabalho de operários e técnicos para concretizar as ideias que estilistas e designers colocam no papel. Estamos falando daqueles que se graduam em Engenharia Têxtil. Saiba mais sobre isto no texto a seguir!

Como é a faculdade de Engenharia Têxtil?

Bem, em média, este curso de bacharelado na área da Engenharia dura cinco anos. Os primeiros anos são voltados para a formação básica do profissional. Do meio em diante, o aluno começa a conhecer a composição de fios e tecidos, os processos e as máquinas para fiação, tecelagem, malharia e confecção. E dentre as disciplinas, estão: conhecimento de fibras têxteis, texturização, projetos e instalações, gerenciamento de negócios e até contabilidade, administração e economia. Ah, e, sim, o estágio é obrigatório!

engenharia têxtil
Imagem reproduzida de Modelle Bojos

Como é a carreira dos engenheiros têxteis?

Após formado, o novo profissional deve fazer o seu registro no CREA. Enfim, ele poderá decidir sobre o que deseja fazer. É possível trabalhar com criação de produtos; estudos de padronagens e cartelas de cores; acompanhar etapas de produção; ajudar a desenvolver e implantar novas tecnologias; projetar equipamentos; gerir fábricas; e mais. Além disso, pode ser exigido conhecimentos de Marketing, assessoria e orientação aos clientes e comportamento de mercado.

Lembre-se que roupa é um bem necessário. Por isso, sempre teremos esta necessidade e, consequentemente, vagas no mercado voltadas à sua produção. Agora, o foco da nossa economia é a exportação. Mas quando tudo ficar mais equilibrado, o Brasil deverá crescer ainda mais a demanda por especialistas em projetos, processos industriais, pesquisa e desenvolvimentos de produtos. Pense nisso! Quem sabe se a Engenharia Têxtil não é o seu futuro?!

engenharia têxtil
Imagem reproduzida de Orientu

Veja Também:

Conheça o tecido que promete reduzir temperatura corporal

Sacolas plásticas são transformadas em tecido sintético

E se um tecido pudesse fornecer energia elétrica?

Engenharia 360

Redação 360

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo