Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Engenharia de Minas: entenda qual é o foco desta atividade econômica

por Redação 360 | 29/11/2021

Você sabe qual a diferença da atuação do profissional formado em Engenharia de Minas e Geologia? Entenda através das informações neste texto!

Você já pensou em trabalhar com recursos minerais, como minas de carvão? Em muitos municípios brasileiros, esta é uma importante atividade econômica. Contudo, antes de prestar o vestibular, muitos alunos – e pode ser o seu caso – ficam na dúvida se para trabalhar nesta área é melhor cursar a graduação em Engenharia de Minas ou Geologia. Bem, pensando nisto, o Engenharia 360 traz uma explicação resumida sobre as possibilidades, para você analisar e escolher o seu destino! Leia atentamente o texto a seguir!

engenharia
Imagem reproduzida de The Market Herald Canada

O ramo da Engenharia de Minas | Pesquisa, prospecção, extração e aproveitamento de recursos minerais

A formação de Engenharia de Minas leva cinco anos. Este curso de bacharelado começa com disciplinas básicas de Engenharia. Depois, aprofunda-se no estudo das rochas por meio da física, química, mineralogia, topografia, GEOLOGIA, e reciclagem de rejeitos e resíduos. Por fim, os alunos precisam cumprir estágios e fazer visitas em mineradoras.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Depois da faculdade, o engenheiro já formado pode trabalhar em várias áreas. Por exemplo, estudar os materiais que vão para a indústria, inclusive desenvolvendo métodos de reciclagem; estimar potencial de produção de reservas petrolíferas; conduzir abertura de poços; determinar a utilização de equipamentos para a exploração do material; planejar e supervisionar a exploração de minas subterrâneas ou a céu aberto; estudar a mecânica das rochas e possíveis alterações estruturais; e desenvolver tecnologias de pesquisa mineral.

engenharia
Imagem reproduzida de EAD UNIPAM

Uma das habilidades adquiridas por este profissional é conseguir, por meio de instrumentos, localizar jazidas. Também analisar a qualidade dos minérios coletados. Prever a viabilidade técnica para a exploração. Por fim, cuidar para o beneficiamento do minério bruto. Inclusive, um ótimo local para ele trabalhar é em companhias mineradoras; também em construtoras de estradas, pedreiras e empresas de demolição; além de órgãos de proteção ambiental.

A ciência da Geologia | Estudo da crosta terrestre e suas alterações

Geologia é a ciência que estuda a formação, a estrutura e a composição da crosta terrestre e suas alterações. Percebeu agora por que tantas pessoas confundem isso com Engenharia de Minas? Sim, um geólogo analisa também rochas, e minerais. Ele também vai, depois de cinco anos de estudo, ter habilidade de localizar jazidas de minério e poços de petróleo, além de poços de gás natural, e planejar a sua exploração. E, por fim, pode fazer relatórios de impactos ambientais. Contudo, ele foca em entender os efeitos das forças naturais sobre o planeta, como os fenômenos físicos do interior da Terra.

engenharia
Imagem reproduzida de Stoodi

O geólogo vai buscar entender como proteger terrenos de situações como erosão, desertificação e deslizamento. Também vai ser um grande protagonista no estudo de implantação de loteamentos; construção de edifícios, usinas, túneis e aeroportos; mapeamento de estruturas do solo; recuperação de solos contaminados; e busca por canais de água subterrâneos. Para isso, ele vai estudar assuntos como geoquímica, geofísica, mineralogia e geomorfologia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Veja Também: Sabia que os robôs podem assumir tarefas de risco no lugar de humanos? [Veja como!]

Comentários

Engenharia 360

Redação 360

Engenharia para todos.