Engenharia 360

Estudando Segurança do Trabalho: nível técnico, tecnólogo ou bacharelado?

Engenharia 360
por Redação 360
| 25/03/2022 | Atualizado em 08/04/2022 3 min

Estudando Segurança do Trabalho: nível técnico, tecnólogo ou bacharelado?

por Redação 360 | 25/03/2022 | Atualizado em 08/04/2022
Engenharia 360

Já conversamos algumas vezes sobre a área de Segurança do Trabalho, mas não custa relembrar da sua importância na prevenção de acidentes e doenças ocupacionais. Ou seja, é uma profissão utilizada estrategicamente em quase todas as organizações de mercado para aumentar a produtividade e garantir a saúde de seus trabalhadores. Mas mesmo tendo a clareza disso, muitos jovens ficam em dúvida se vale a pena apostar na carreira ou mesmo qual a melhor forma de instrução. Afinal, existe a opção no Brasil de estudar Segurança do Trabalho nível técnico, tecnólogo e bacharelado – fora as especializações de pós-graduação. Confira a diferença no texto a seguir!

Segurança do Trabalho
Imagem reproduzida de Labone Consultoria

A atuação do profissional de Segurança do Trabalho no mercado

Ao analisar o cenário atual da economia brasileira, percebemos que cada vez mais se multiplicam as possibilidades de vagas de emprego na área de Segurança do Trabalho – e isso dentro de empresas e indústrias de diversos portes e em todas as regiões do país. Mas o que esses profissionais podem fazer mesmo, na prática? Bem, principalmente chegar se todas as operações executadas – em chão de fábrica, laboratórios, hospitais, portos, comércios e canteiros de obras – estão dentro das normas e leis brasileiras de segurança, expondo ninguém a fatores de risco, evitando acidentes e problemas de saúde. Fora isso, o profissional pode sempre implementar novos modelos de segurança ou propor novas políticas de trabalho, coordenar equipes, desenvolver pesquisas, além de acompanhar vistorias, perícias, e auditorias.

Segurança do Trabalho
Imagem reproduzida de Blog Checklist Fácil

Veja Também: Entenda a importância da participação das mulheres na área de Segurança do Trabalho

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Continue Lendo

O que se aprende estudando Segurança do Trabalho

Estudar Segurança do Trabalho pode levar de dois a cinco anos de formação. Aliás, há poucas opções de cursos no Brasil na área; contudo, a grade curricular – que se baseia nas definições do Ministério da Educação (MEC) – de quase todos é igual, apresentando primeiro os conteúdos básicos mostrando os fundamentos da profissão e depois as técnicas mais aprofundadas e específicas. São temas abordados nas disciplinas: Química, Física e Matemática; Administração; Direito; Ergonomia; Ciências Tecnológicas; Ciências Humanas e Sociais; Ciências do Ambiente; Gestão de Riscos; Doenças e Prevenções; Psicologia; Toxicologia; Segurança Ocupacional; e Meio Ambiente.

Segurança do Trabalho
Imagem reproduzida de Unicesumar

Os tipos de cursos de Segurança do Trabalho

1. Técnico

O curso técnico em Segurança do Trabalho é oferecido em diversas escolas públicas, particulares e também em faculdades – na modalidade presencial ou à distância. Ele dura um ano e meio e é considerada a “estrada mais rápida para o mercado”, pois a formação tem alta empregabilidade e perspectiva de bons salários. Contudo, quem é técnico vai enfrentar algumas limitações da prática profissional.

2. Tecnólogo

Esse nível de curso já dura em média três anos para ser completo – também sendo possível assistir na modalidade à distância. Só que também, como retorno, abre ainda mais portas no mercado, pois dá aos alunos mais qualificação. Hoje, há 60 instituições no país que oferecem vagas na área!

3. Bacharelado

O estudante que se forma no curso tecnólogo em Segurança do Trabalho pode, mais tarde, fazer especializações para se qualificar ainda mais. Outra opção é fazer o bacharelado, que vai mais além em disciplinas como gestão, legislação e prevenção de riscos; exige mais horas de estágio e igualmente TCC.

Veja Também:

Entenda a situação do engenheiro no Mercado de Trabalho em tempos de crise

Quer ter êxito em sua carreira? Conseguir um novo trabalho em 2022? Então, leia este texto com atenção!


Fontes: Guia da Carreira, Quero Bolsa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Engenharia 360

Redação 360

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

Comentários



Assine nossa newsletter
e receba
uma curadoria exclusiva de conteúdos:

Continue lendo