Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Engenharia Civil: Me formei, e agora?

por Luana Espindola Ribeiro Aguiar | 07/07/2020
Copiado!

Descubra os caminhos que você, como recém-formado em engenharia civil, pode trilhar após a graduação

Há um tempo, ouvíamos “você sairá da faculdade empregado, tenha certeza disso!” e algumas universidades até prometiam isso na hora da matrícula, afirmando que existiam convênios com empresas de engenharia. Isso era tudo que um estudante queria escutar.

Com o passar do tempo, as crises financeiras no país e hoje tão fortemente a pandemia, fizeram com que essa certeza de sair da faculdade com um emprego viesse a baixo. A verdade é que isso nunca foi uma realidade e os estudantes e recém-formados precisaram criar um “jogo de cintura” para lidar com o “pós-formatura”.

Um estudo do Nube (Núcleo Brasileiro de Estágios) em 2019 indicou que 46% dos recém-formados do Brasil são afetados pelo desemprego assim que saem da faculdade.

As previsões para o mercado da construção civil em 2020 era de um aumento de 3% segundo o Presidente da CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção), o que geraria em torno de 150 mil a 200 mil empregos formais até dezembro, isso antes do COVID-19 chegar.

Percentual de recém formados que estão desempregados
Fonte:bizcool.com.br

Mesmo com a pandemia, números como os de lançamento de imóveis, cresceram cerca de 34,6% se comparado ao mesmo período de 2019 e as vendas no mercado também avançaram 25,9% em relação a janeiro e fevereiro de 2019, segundo a Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc)

Essas informações mostram que nem toda esperança está perdida. E nós vamos mostrar para vocês, estudantes e recém-formados em Engenharia Civil, caminhos que você pode traçar após a faculdade.

Saiba que tipo de profissional você deseja ser

Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto Ipsos para o Grupo Santander, 54% dos entrevistados acham que é preciso melhorar a inserção dos recém-formados no mercado de trabalho, enquanto os outros 63% acreditam que “as universidades não conseguem munir os alunos das competências exigidas pelas empresas.”

engenheiro segurando capacete
Fonte: Pixabay

É muito importante que você descubra que tipo de profissional você quer ser, se quer trabalhar em uma empresa e construir uma carreira no mundo corporativo ou se deseja ser autônomo e ter seu próprio negócio. O fato é que você precisará ganhar experiencia de alguma forma e buscar conhecimento cada vez mais.

Descubra o seu nicho de atuação

Sabe, o curso de engenharia civil é “semelhante” ao de medicina. Você sai da faculdade como um “clínico geral”, sem especializações, então é nesse momento que você precisa descobrir qual nicho da engenharia mais tem a ver com você e qual você quer seguir pelo resto da sua vida. É uma escolha mega importante, afinal, ninguém quer estudar 5 anos para depois trabalhar em algo que não te faz feliz.

dois engenheiros olhando par a projetos
Fonte: Pixabay

Segue abaixo alguns dos nichos mais frequentes, lembrando que existe uma gama infinita de opções para você escolher e seguir:

  1. Estruturas;
  2. Fundações;
  3. Saneamento;
  4. Pavimentação;
  5. Aprovação de projetos e legalização;
  6. Geotecnia;
  7. Projetos complementares (elétrica e hidrossanitários);
  8. Segurança do Trabalho;
  9. Perícias;
  10. Consultoria;
  11. Gerenciamento e Acompanhamento de Obras;
  12. Orçamento de Obras.

Após ter seu nicho escolhido, você poder optar por alguns caminhos a seguir.

Candidatar-se a uma vaga de emprego

Candidatos aà empregos no ramo da engenharia
Fonte: Pixabay

Essa costuma ser a primeira opção da maioria dos recém formados em engenharia, mas lembre-se esse não é o único caminho e você ainda sim precisar procurar constantemente por novos conhecimentos.

Ter apenas um diploma de engenharia não é o que lhe destacará entre outros candidatos. Existem aqueles que possuem o famoso QI (Quem indique) e conseguem assim, com mais facilidade, um contato direto com uma empresa e uma possível contratação.

Programas de trainee

Os programas de Trainee são ótimas opções para recém-formados, pois esse é foco de contratação da maioria dos processos. Se você quiser participar de um processo de seleção deve ficar atento a sites de divulgação (como o Seja Trainee), onde você consegue ter acesso a todos os processos de seleção abertos no Brasil e/ou na sua região de interesse.

grupo de engenheiros homens conversando sobre edificação
Fonte: Pixabay

Além disso, é importante que esteja preparado para passar por testes de lógica, línguas, testes comportamentais, dinâmicas de grupo e entrevistas. Então, se está com essa intenção em mente, já pode ir treinando esses testes em casa.

Concursos públicos

Existem aqueles que veem nos cargos públicos uma boa oportunidade de construir uma carreira sólida e estável, com a segurança de um cargo com baixo risco de demissão.

mulher estudando sobre os livros
Fonte: engenheiroconcurseiro.com

Para você que deseja ser em engenheiro concurseiro temos uma matéria incrível aqui no Engenharia 360 te ensinando passo a passo de como se organizar e começar a estudar para os concursos, basta clicar aqui para acessar.

 Pós-Graduação

A pós-graduação é uma ótima alternativa não somente pra quem ainda não entrou no mercado de trabalho, como pra quem já entrou e busca especialização em um nicho, como falamos anteriormente. Ela se divide em dois tipos:

  • Pós-graduação Lato Sensu: contempla os cursos de especialização e os cursos denominados MBA (Master Business Administration), possuem duração mínima de 360 horas, onde ao final do curso recebe-se um certificado.
  • Pós-graduação Stricto Sensu: sãos os programas de mestrado (mínimo 2 anos) e doutorado (mínimo 4 anos), são cursos mais específicos, ao final o aluno obterá um diploma.
Pós- graduação: Mestrado e doutorado
Fonte: ac24horas.com

A gente tem um vídeo explicando isso:

Fazer outra graduação

Há a opção também de continuar estudando de forma a cursar outra graduação. Você pode entrar com o pedido de segunda graduação onde muitas faculdades possuem processos seletivos facilitados para ex-alunos da instituição e, em caso de faculdades particulares, existem até casos de desconto valiosos.

pós-graduação para engenheiros
Imagem: career.uconn.edu

Quando a segunda graduação também é uma engenharia, você tem a possibilidade de cortar diversas matérias em comum e diminuir o tempo de conclusão de 5 anos para até dois anos em alguns casos. Além disso, ao final você receberá outro diploma.

Empreendedorismo

O empreendedorismo está em alta, ainda mais em tempos onde o desemprego alcançou cerca de 12,9 milhões de pessoas no Brasil no primeiro trimestre de 2020. Mas com isso também vieram auxílios e ajudas do governo, principalmente trabalhadores individuais, pequenas e médias empresas.

Além disso, a tecnologia está super em alta. A divulgação através das redes sociais do seu trabalho pode ser a solução dos seus problemas. É o que o grande Bill Gates disse “Em dois anos vão existir dois tipos de empresas: as que fazem negócios pela internet e as que estão fora dos negócios.”. Disse tudo, não é mesmo?!

mulher usando computador
Fonte: ing.be

Então se você está  procurando um meio de começar seu negócio ou divulgar seu trabalho, comece criando um perfil do Instagram e Facebook, existem ferramentas como o Facebook Business e o Google Adds que podem lhe auxiliar nas divulgações e gerenciamento.

Desenvolvimento e atualização profissional

Por último. vamos falar sobre desenvolvimento e atualização profissional. São dois pontos que não devem sair da sua cabeça, se por algum motivo não consiga nenhuma das opções anteriores listadas, invista em você. Sabemos que sair da faculdade sem um emprego é frustrante, mas você não pode desistir.

A internet abre um grande leque de oportunidades desde rede sociais de negócios como o LinkedIn, onde você coloca seu currículo a disposição de milhares de recrutadores gratuitamente, até cursos de extensão que são disponíveis gratuitamente em diversas plataformas que podem lhe ajudar a sair do zero.

Crescimento profissional para engenheiros
Fonte: gumga.com.br

Busque sempre estar em movimento, correndo atrás, se atualizando desde cursos a saber como está o mercado de trabalho em que deseja se inserir em âmbito regional, estatual, nacional e mundial. Se tudo isso não for suficiente, vá de porta em porta nas construtoras, empreiteiras, escritórios de projeto e se apresente, mostre como você pode auxiliar e acrescentar à empresa. Corra atrás sempre, nunca desista.

Seguem algumas matérias aqui do Engenharia 360 relacionadas ao tema e que você pode gostar:

Fontes: Startse, IBGE, CBIC.

Bom, é isso! O que acharam? Como estão levando a vida de recém formados? Deixe sua experiencia nos comentários, como se inseriu no mercado, mostre pra outros engenheiros civis que há espaço para todos.

Copiado!
Engenharia 360

Luana Espindola Ribeiro Aguiar

Engenheira Civil ,pesquisadora , sonhadora, redatora, colecionadora nerd e apaixonada pela Marvel. Mestranda em Engenharia Geotécnica, Pós-graduanda no MBA em Gestão e Engenharia de Custos e Pós-graduanda no MBA em Gerenciamento de Obras.Produtora de conteúdo para o meu IG Profissional @luanaribeiroeng no Instragram.

Comentários