Engenharia 360

Engenharia Aeronáutica ou Ciências Aeronáuticas: qual curso é o mais adequado para mim?

Engenharia 360
por Redação 360
| 14/04/2023 4 min
Imagem reproduzida de DCStudio em Freepik

Engenharia Aeronáutica ou Ciências Aeronáuticas: qual curso é o mais adequado para mim?

por Redação 360 | 14/04/2023
Imagem reproduzida de DCStudio em Freepik
Engenharia 360

A decisão de escolher entre Engenharia Aeronáutica ou Ciências Aeronáuticas pode ser desafiadora para quem está considerando uma carreira na indústria aeroespacial. Embora ambas as áreas estejam relacionadas ao mesmo setor, há diferenças significativas entre os cursos, desde as disciplinas estudadas até as oportunidades de emprego disponíveis. Neste texto do Engenharia 360, discutiremos as diferenças entre os dois cursos e ajudaremos a determinar qual é o mais adequado para você.

Veja Também: Engenharia Aeronáutica: cuidado das aeronaves e atividades aeroespaciais

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Qual é a diferença Engenharia Aeronáutica e Ciências Aeronáuticas?

engenharia aeronáutica e ciências aeronáuticas
Imagem reproduzida de DCStudio em Freepik

Enquanto Engenharia Aeronáutica é focada na concepção e desenvolvimento de sistemas aeronáuticos, Ciências Aeronáuticas é uma especialização mais ampla que se concentra em diferentes aspectos da indústria aérea, incluindo tecnologia, operações, segurança e administração.

Explicando melhor, a Engenharia Aeronáutica é uma especialização dentro da área de engenharia, que se concentra em projetar, desenvolver, fabricar e manter sistemas aeronáuticos, como aviões, helicópteros, foguetes e satélites. Os estudantes de Engenharia Aeronáutica aprendem a aplicar princípios de física, matemática e ciência dos materiais na concepção e construção de aeronaves, além de estudar mecânica dos fluidos, termodinâmica e outras disciplinas essenciais para o campo.

Já Ciências Aeronáuticas é um curso mais abrangente que abrange diversos aspectos da aviação, como tecnologia, operações, segurança, regulamentação e administração. Os estudantes de Ciências Aeronáuticas podem aprender sobre diversos temas, incluindo navegação aérea, meteorologia, gerenciamento de tráfego aéreo, operações em aeroportos, segurança de voo, gestão de companhias aéreas e aviação civil.

Veja Também:

Loucura! Descubra como era voar de avião na primeira metade do século XX

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Qual é o currículo típico para cada um desses programas de graduação?

Os currículos típicos para os programas de graduação em Engenharia Aeronáutica e Ciências Aeronáuticas podem variar de uma universidade para outra, mas geralmente incluem os seguintes tópicos:

engenharia aeronáutica e ciências aeronáuticas
Imagem reproduzida de DCStudio em Freepik

Engenharia Aeronáutica

  • Cálculo Diferencial e Integral
  • Física
  • Química
  • Mecânica dos Fluidos
  • Mecânica Clássica
  • Termodinâmica
  • Estruturas Aeroespaciais
  • Sistemas Aeroespaciais
  • Controle e Automação de Sistemas Aeroespaciais
  • Aerodinâmica
  • Propulsão
  • Materiais Aeroespaciais
  • Projeto de Aeronaves

Para os graduados em Engenharia Aeronáutica, as opções de pós-graduação incluem programas de mestrado e doutorado em áreas relacionadas, como Aerodinâmica, Propulsão, Materiais Aeroespaciais, Sistemas Aeroespaciais, entre outras. Os graduados também podem optar por fazer um MBA em Administração Aeroespacial para se prepararem para cargos de gerência em empresas do setor aeroespacial.

Ciências Aeronáuticas

  • Cálculo Diferencial e Integral
  • Física
  • Química
  • Mecânica dos Fluidos
  • Mecânica Clássica
  • Termodinâmica
  • Sistemas Aeroespaciais
  • Meteorologia
  • Navegação Aérea
  • Comunicações
  • Gerenciamento de Aeroportos
  • Planejamento e Gerenciamento de Linhas Aéreas
  • Segurança Aérea

Para os graduados em Ciências Aeronáuticas, as opções de pós-graduação incluem programas de mestrado e doutorado em áreas relacionadas, como Aviação, Gestão Aeroportuária, Gerenciamento de Linhas Aéreas, Segurança Aérea, entre outras. Os graduados também podem optar por fazer um MBA em Administração Aeroespacial para se prepararem para cargos de gerência em empresas do setor aeroespacial.

Veja Também: Saiba como rastrear os voos de aviões ativos neste momento ao redor do mundo

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quais são as perspectivas de emprego para graduados essas duas áreas da aviação?

Embora haja diferenças entre as duas áreas, ambas oferecem excelentes oportunidades de carreira e pesquisa para aqueles interessados em aviação e tecnologia aeronáutica.

Os graduados em Engenharia Aeronáutica e Ciências Aeronáuticas têm ótimas oportunidades de emprego em uma ampla variedade de indústrias relacionadas à aviação, como fabricação de aeronaves, transporte aéreo, defesa e agências governamentais. Ambas as áreas oferecem oportunidades fortes de estágio e pesquisa, com estudantes de engenharia aeronáutica trabalhando em projetos de design e fabricação de aeronaves e pesquisando tecnologias aeronáuticas avançadas, enquanto estudantes de ciências aeronáuticas trabalham em operações de voo, gerenciamento de tráfego aéreo, segurança aérea e análise de dados de voo.

engenharia aeronáutica e ciências aeronáuticas
Imagem reproduzida de Hello David Prado Perucha em Freepik

Como as oportunidades salariais se comparam entre esses dois campos?

Tanto a Engenharia Aeronáutica quanto as Ciências Aeronáuticas podem oferecer boas oportunidades salariais, mas há algumas diferenças a serem consideradas.

Em geral, os engenheiros aeronáuticos tendem a ganhar salários mais altos do que os profissionais de ciências aeronáuticas. Isso ocorre porque os engenheiros aeronáuticos são treinados para projetar e desenvolver tecnologias aeronáuticas complexas, enquanto os profissionais de ciências aeronáuticas são treinados para operar e manter essas tecnologias.

Os salários podem variar dependendo do setor de atuação. Por exemplo, engenheiros aeronáuticos que trabalham em empresas de aviação comercial tendem a ganhar salários mais altos do que aqueles que trabalham em empresas de aviação militar ou empreendimentos privados. Em média, o salário médio nacional de Engenheiro Aeronáutico em 2023 é de R$10.852 no Brasil.

Da mesma forma, os salários dos profissionais de Ciências Aeronáuticas podem variar dependendo do tipo de aeronave que operam ou da empresa para a qual trabalham. Por exemplo, eis os dados de 2021:

  • Coordenadores de voo – cerca de R$ 12 mil;
  • Piloto de aeronaves em geral – entre R$ 5.507,05 até R$ 13.644,14;
  • Pilotos de helicóptero – cerca de R$ 8 mil;
  • Pilotos da aviação privada – cerca de R$ 7 mil;
  • Gerência e Administração Aérea – entre R$ 4.440,70 até R$ 15.840,04;
  • Segurança e perícia de voo – entre R$ 4.945,82 até R$ 12.370,29.

Veja Também:


Fontes: Abril, UOL, Educa Mais Brasil, Guia Carreira.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com [email protected] para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Comentários

Engenharia 360

Eduardo Mikail

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, liderada pelo engenheiro Eduardo Mikail, e com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo