Engenharia 360

Qual a sua pegada de carbono? Calculadora aponta como mudar hábitos e reduzir o aquecimento global

Engenharia 360
por Redação 360
| 08/11/2021 | Atualizado em 08/02/2022 3 min

O excesso de dióxido de carbono é prejudicial, pois retêm calor nas camadas mais baixas da atmosfera, desequilibrando o clima e aumentando a temperatura!

Qual a sua pegada de carbono? Calculadora aponta como mudar hábitos e reduzir o aquecimento global

por Redação 360 | 08/11/2021 | Atualizado em 08/02/2022

O excesso de dióxido de carbono é prejudicial, pois retêm calor nas camadas mais baixas da atmosfera, desequilibrando o clima e aumentando a temperatura!

Engenharia 360

Você ficará bastante assustado agora! Recentemente, o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) fez um alerta de que o aumento da temperatura global em relação aos níveis pré-Revolução Industrial pode chegar ao patamar de 1,5 grau Celsius já na próxima década. Pode não parecer muito, mas é! Se não fizermos a diferença agora, se não reduzirmos as emissões de dióxido de carbono, o desmatamento e mais, futuras gerações poderão sofrer com os efeitos colaterais do nosso descuido com o mundo! Veja uma prévia no post a seguir!

View this post on Instagram

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Continue Lendo

Mas como conter o aquecimento global? Primeiro, reduzindo a emissão dos gases que provocam o efeito estufa. Mas o único caminho aparente seria TODOS os países se comprometerem com metas mais ambiciosas no Acordo de Paris, que, aliás, foi discutido também recentemente na COP26, em Glasgow.

Como podemos alcançar as metas?

Pensando nas metas já estabelecidas, o mercado global lançou um mecanismo especial, que é o ‘crédito de carbono’ de projetos que retiram CO2 da atmosfera, que pode ser comprado por países poluidores para compensar suas emissões. Mas é claro que para saber o quanto de crédito precisam comprar, os mesmo precisam calcular a sua “pegada de carbono” ou o montante de gases do efeito estufa – convertidos em carbono equivalente – que emitem durante a produção de um produto ou serviço.

sustentabilidade e ecologia
Imagem reproduzida de Melhores Dias

Aliás, não são apenas grandes indústrias e afins que precisam calcular a sua “pegada de carbono”. Nós mesmos precisamos entender como contribuir para evitar o avanço do aquecimento global. Por exemplo, quantas vezes você usa seu carro por semana enquanto poderia ir a pé para fazer as compras? Liga o ar-condicionado desnecessariamente? Ou exagera no consumo de carne? Realmente, TODOS precisamos mudar os nossos hábitos! A saber, em média, o brasileiro emite em média 10,4 toneladas de CO2 por ano, segundo o Sistema de Estimativas de Emissões e Remoções de Gases de Efeito Estufa (SEEG), iniciativa do Observatório do Clima que reúne mais de 50 organizações. Descubra a sua “pegada de carbono”!

sustentabilidade e ecologia
Imagem reproduzida de Greenco

Que tal calcular os seus hábitos?

A Globo, em parceria com a Carbonext – empresa que gerencia projetos de crédito de carbono -, criou uma calculadora bem especial – acessar aqui – que ajuda qualquer um a estimar as suas próprias emissões de CO2. Basta responder algumas perguntas simples – “quanto paga de luz?” ou “quantas vezes viaja de avião?” – para entender. E o resultado pode te surpreender! E, ao fim do cálculo, é possível comparar com a média nacional de emissões e saber que atividades vem a maior parte de sua contribuição de gases do efeito estufa!

sustentabilidade e ecologia
Imagem reproduzida de Globo

Veja Também: Empresa transforma CO² em rochas com rapidez e custo baixo

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Engenharia 360

Redação 360

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

Comentários



Assine nossa newsletter
e receba
uma curadoria exclusiva de conteúdos:

Continue lendo