Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Bizagi Modeler: uma ferramenta essencial para processos

por Kaíque Moura | 11/01/2017
Copiado!

Quando visitamos algumas indústrias, é comum logo na portaria estar estampado em um banner a visão ampla da fábrica, assim como a visão detalhada e sequenciada de um determinado processo. Isso ajuda muito no entendimento de como tal processo funciona, quais são os inputs e outputs, e o que acontece caso ocorra alguma falha. Geralmente essa visão de processo é expressa através de fluxogramas.

Exemplo básico de um fluxograma de um processo.

Exemplo básico de um fluxograma de um processo.


Fluxogramas são um tipo de diagrama, e podem ser entendidos como uma representação esquemática de um processo, demonstrando o desenrolar de toda a atividade.
Uma ferramenta que pode ajudar bastante na elaboração desses fluxogramas é o Bizagi Modeler. Ela permite aos usuários organizar graficamente vários processos e as relações existentes em cada etapa deles. Essa estruturação é uma maneira eficiente de visualizar o fluxo informacional e processual como um todo, identificando problemas, gargalos e apontando soluções. O Bizagi Modeler é uma ferramenta gratuita de Business Process Model and Notation (BPMN), possibilitando a criação de fluxogramas, mapas mentais e diagramas em geral.
É válido salientar que para usufruir de todas as funcionalidades do Bizagi Modeler, incluindo os recursos de sincronização de dados e compartilhamento de projetos, você precisa criar um breve cadastro no site da desenvolvedora.
Construção de um fluxograma no Bizagi Modeler.

Construção de um fluxograma no Bizagi Modeler.


Para isso, preencha o formulário apresentado. Em seguida, confirme sua inscrição e confira a sua senha por meio da mensagem de e-mail encaminhada para o endereço informado.
A estrutura do Bizagi Modeler é similar a dos programas encontrados no pacote Microsoft Office. Assim, as suas ferramentas são segmentadas por tipo de atuação, sendo organizadas por meio de um sistema de abas — as quais ficam localizadas no topo da interface deste software.
Na coluna da esquerda, você encontra todos os elementos disponíveis para a composição dos fluxogramas, mapas mentais ou diagramas. Entre os itens existentes, estão figuras geométricas que representam início e término do processo, ações, momentos de espera, processamento de dados, decisões e as tradicionais linhas de conexão que indicam a direção e a sequência lógica do fluxo informacional e processual.
Após iniciar ou finalizar um projeto, você pode publicá-lo para formatos compatíveis com o Microsoft Word, SharePoint, PDF ou HTML. Há, ainda, a possibilidade de exportar o mapa mental, diagrama ou fluxograma para as mais diversas extensões, incluindo arquivos de imagem (PNG, JPG e BMP) e específicos de softwares do gênero (BPMN, XPDL e o formato do Microsoft Visio).
Lembre-se: ter os processos explicados em fluxogramas é de vital importância para que todos tenham a mesma visão e para que os futuros visitantes possam entender como funciona cada um dos processos dentro da uma empresa ou indústria.

Copiado!
Engenharia 360

Kaíque Moura

Graduando em Engenharia de Produção no Centro Universitário Santo Agostinho (UNIFSA) e Técnico em Mecânica pelo Instituto Federal do Piauí (IFPI).

Comentários