Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Testamos o fone de ouvido Beats Flex! | Review 360

por Redação 360 | 01/03/2021

Versátil e recém chegado ao Brasil, ele é o fone premium mais econômico da Beats

O Beats Flex foi anunciado no final de 2020 e chegou ao Brasil nos últimos dias. Nós tivemos a oportunidade de testar essa novidade e você confere nossas impressões neste texto!

fone beats flex amarelo sobre mesa
Imagem: @eduardomilkail

A ideia do Beats Flex é, como o nome já indica, ser versátil, servindo para situações como atender o telefone e ouvir música e outras mídias. Ele também é um modelo discreto, diferente dos tipo concha, como o Beats Solo Pro Wireless, que nós já testamos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Segundo a Apple, a quem pertence a Beats, o cabo Flex-Form, que fica em torno do pescoço quando nãos está sendo usado, tem nitinol, uma liga de níquel e titânio de alta durabilidade, e proporciona conforto para o dia todo. Os fones têm quatro opções de ponta, permitindo um encaixe personalizado, e são magnéticos, impedindo que embole quando não está sendo usado e também facilitando o manuseio e o transporte.

mão segurando fone de ouvido na cor amarelo
Imagem: @eduardomilkail

Uma novidade é que, quando os fones estão pendurados no pescoço, a música pausa automaticamente. Como o fio é muito leve, ele não exerce pressão no pescoço ou mesmo nas orelhas, quando está em uso.

O chip é do tipo Apple W1, permitindo fácil conectividade. O bluetooth é do tipo Classe 1, com maior alcance e menos interrupções. Há controles para ajustar volume, comandar a música, atender ligações ou gerenciar o assistente de voz. No entanto, como o W1 é mais antigo (o mesmo do AirPods de primeira geração), ele não possui função de desligamento automático como nos fones de ponta como o Beats Solo Pro, Powerbeats Pro e AirPods Pro.

No quesito qualidade do som, o Beats Flex reduz distorção e aumenta o poder do baixo, algo já característico de outros modelos da Beats. Para isso, há uma câmara dupla e um driver em camadas para alcançar uma melhor separação de estéreo, com uma resposta de graves robusta e precisa. Também há microfone integrado, que foi reposicionado em relação ao antigo modelo semelhante BeatsX, com redução de ruído para mais clareza de voz, reduzindo o vento.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

diferentes tipos de fone beats flex

A bateria é recarregada via USB-C e conta com a tecnologia Fast Fuel, a qual requer apenas 10 minutos de carga para permitir uma hora e meia de uso. A carga completa permite 12 horas de som.

Uma vantagem é que eles são compatíveis não só com iOS e iPadOS, mas também com Android. O Beats Flex está disponível em quatro cores: Preto Beats, Amarelo Cítrico, Azul incandescente e Cinza-Névoa. Qual é a sua favorita?

print de tela com conexão do aplicativo beats

Ele pode ser encontrado nas lojas da Apple ou em lojas parceiras. O preço sugerido é de R$579,00 e, apesar de não ser tão acessível para muitas pessoas, é o fone premium mais econômico da Beats (principalmente se considerarmos que, no exterior, o seu preço é de 49 dólares).

Nossas impressões sobre o Beats Flex

fone beats no ouvido de homem
Imagem: @eduardomilkail

Eu testei o Beats Flex por duas semanas para as mais diversas finalidades para avaliar sua performance, em um uso que varia desde caminhadas ouvindo música, vídeo conferências no escritório, podcasts durante o dia, etc. Posso dizer que é um fone bem versátil e prático, que oferece uma qualidade de som adequada para diversas propostas, mas não espere muito em relação aos graves. Ele tem um som limpo e nítido, mas para os amantes de um bom rock, talvez não seja o mais indicado.

mão segurando fone de ouvido beat flex na cor amarelo
Imagem: @eduardomilkail

O que mais me agradou foi para atividades físicas, por ser de um material bem leve, que você mal sente que está utilizando, fixar bem nos ouvidos e oferecer uma segurança de que os fones não irão cair dos ouvidos durante uma corrida. Além do que, possui comandos nos botões e ao juntar os dois fones com o imã, o som para, e retoma ao soltá-los novamente.

mão segurando fone de ouvido beat na cor amarelo
Imagem: @eduardomilkail

Apesar de não possuir o cancelamento de ruído (Noise Cancelling), presente em outros modelos, como o Solo Pro, o fato de possuir as borrachas que se adequam ao ouvido, já ajuda bastante nessa função. E, por fim, em relação à bateria, com uma carga completa, consegui obter um uso de cerca de 12 horas para as atividades citadas nas últimas duas semanas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E o veredito? Achei bem interessante a proposta da Beats de ter um fone “mais acessível” em termos de custo (abaixo dos R$1.000), e também para usuários de Android. Uma estratégia importante para aumentar a abrangência além dos usuários de iPhone. Então, se você está afim de entrar para o universo Beats, pode ser uma boa opção caso tenha disponibilidade de recurso!

E aí, você compraria um? O que achou? Conta para a gente aqui nos comentários!

Comentários

Engenharia 360

Redação 360

Engenharia para todos.