Engenharia 360

Sabia que há baterias de carros elétricos da Tesla podem durar mais de 100 anos?

Engenharia 360
por Redação 360
| 01/06/2022 3 min

Sabia que há baterias de carros elétricos da Tesla podem durar mais de 100 anos?

por Redação 360 | 01/06/2022
Engenharia 360

Não sei de vocês, mas sempre que ouço alguém dizer que pensa em ter ou que já tem um Tesla eu penso “Quanto tempo a bateria desse tipo de carro deve durar?”. Assim, será que ela não “vicia” como as de celular? Porque, pelo menos a do meu smartphone durou menos do que a alegria de terminar as parcelas da sua compra. Piadas à parte, temos que admitir que a dúvida sobre o tempo útil desse tipo de dispositivo é relevante. Ao mesmo tempo, ficamos entusiasmados com a perspectiva de um mundo menos dependente de combustíveis poluentes, pensando principalmente em amenizar a crise climática que vivenciando hoje.

novas baterias Tesla
Imagem reproduzida de How smart Technology changing lives

Veja Também: Conheça o ‘telhado solar’ da Tesla, com placas solares ultra modernas

O desafio das baterias elétricas

Entenda o seguinte: a produção em massa de baterias elétricas não é nada ecologicamente correta, pois precisa da exploração mineral de terras raras. Hoje, a ciência já tem protótipos prontos de aparelhos com vida relativamente curta, na média entre 10 e 15 anos. E depois disso? Bem, cada peça vira um resíduo – exceto se os pesquisadores descobrirem como reciclar essas peças, principalmente sem poluir ainda mais a natureza. Mas como podemos achar isso ruim, comparando com as baterias dos veículos comuns, que duram às vezes menos de um ano no nosso carro?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Continue Lendo

De fato, as baterias do futuro precisam oferecer alta densidade de energia, ou seja, menos necessidade de uma bateria maior nos carros para percorrer uma determinada distância!

novas baterias Tesla
Imagem reproduzida de InsideEVs – UOL

A nova bateria fabricada pela Tesla

Mas olha que interessante, a Tesla, de Elon Musk, já desenvolveu uma bateria capaz de durar mais de 100 anos à temperatura de 25 graus Celsius! Notícia incrível, não? Esse é o resultado das pesquisas entre o centro Tesla Advanced Battery Research e a Universidade de Dalhousie, no Canadá. Se os aparelhos usados hoje pela empresa são feitos de íons de lítio, conhecidos como fosfato de ferro e lítio (LFP) – já com carga longa -, os novos seriam à base de níquel e sem nenhum cobalto, graças ao eletrólito com sal de lítio na sua composição. Os mesmos ocupariam menos espaço nos carros, permitindo aos motoristas percorrerem maiores distâncias sem necessidade de recargas.

Não é surreal pensar na fabricação de uma bateria que possa durar meio século? A maioria de nós nem terá o prazer de atingir essa idade! Mas sim, já é mesmo possível, de acordo com publicação realizada na revista Journal of the Electrochemical Society. E tem outras vantagens nisso? Claro, como, por exemplo, amenizar a questão da escassez de materiais no mercado, como o cobalto, citado antes, que é bastante escasso em nosso planeta. A má notícia, mesmo, é que essa conquista deve levar pelo menos uns quatro anos, considerando o tempo estimado para que a Tesla conclua os estudos sobre essa bateria.

Pelo menos a perspectiva é de que, em breve, tenhamos carros elétricos mais eficientes e duráveis!

novas baterias Tesla
Imagem reproduzida de Terra Brasil Notícias
novas baterias Tesla
Imagem reproduzida de TecMundo

Fontes: Um Só Planeta.

Engenharia 360

Redação 360

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

Comentários



Assine nossa newsletter
e receba
uma curadoria exclusiva de conteúdos:

Continue lendo