Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

A mobilidade urbana carioca tem novidades

por Guilherme Matos | 15/10/2015
Copiado!

Mobilidade urbana é um tema bem urgente nos dias de hoje, ainda mais para uma cidade como o Rio de Janeiro. Com o aumento populacional nas cidades, a demanda por um transporte de massa não poluente é cada vez mais necessário.
Esse é o grande desafio das maiorias das cidades do Brasil e do mundo, que ainda priorizam o transporte individual em detrimento do transporte coletivo. E assim, finalmente, uma obra de mobilidade tão importante está chegando para o Rio de Janeiro: a linha 4 do Metrô.
Linha-4-Traçado
Em épocas de eventos mundiais sediados no Brasil, temos que nos adaptar aos padrões internacionais no que se refere à mobilidade urbana. Sendo assim, o transporte que mais se adequa ao século XXI é o metrô por inúmeros motivos: é menos poluente, transporta grande quantidade de pessoas por minuto, encurta o tempo de viagem, etc.
Todos sabemos que a geografia do Rio de Janeiro, composta por inúmeras montanhas, dificulta esse tipo de obra, mas após quase 40 anos de espera, a linha 4 do metrô está saindo do papel e integrará duas regiões de expressiva importância econômica, turística e cultural do Rio de Janeiro: Barra da Tijuca e Ipanema.
metro-blog-daengenharia
Já na reta final (a obra começou em 2010), ela promete aliviar o trânsito no trajeto mais problemático: o eixo Barra – Zona Sul. A promessa é retirar cerca de 2000 automóveis das ruas nas horas de pico. Serão dezesseis km de extensão e seis estações localizadas em pontos estratégicos, onde o fluxo de pessoas é maior.
A linha 4 terá interligação com a linha 1 já existente e pagando apenas uma tarifa, o passageiro poderá utilizar todo o sistema metroviário da cidade.
 

Copiado!

Comentários