Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

8 dicas para calouros de Engenharia de Produção

por Jéssica Dias | 20/02/2015
Copiado!

Depois da tensão dos vestibulares e a espera pelos resultados, é hora de começar o curso! Mas, e agora? O que fazer? Nem sempre o início dessa jornada é fácil e, para te incentivar a não ser apenas um espectador e sim um agente durante sua graduação em Engenharia de Produção, reunimos hoje algumas dicas para vocês. Se você quer dicas mais gerais sobre a graduação em engenharia, clique aqui e leia o Guia do Calouro. Anote aí!

engprod

Fonte: Shutterstock

1. Aprenda a trabalhar em equipe

Durante o curso, esforce-se para aprender a trabalhar em equipe, inclusive com pessoas de outras áreas ou aquelas mais difíceis de lidar; essa habilidade pode ser determinante no futuro, pois espera-se de um engenheiro de produção ter capacidade de liderar projetos, multidisciplinares ou não.

Leia mais:  Engenheiro de produção, seja um líder!


2. Dê importância à Estatística

Os princípios da estatística estão presentes em várias outras áreas da engenharia de produção e são usados para modelar diversos processos. Mesmo não sendo a disciplina mais agradável para alguns, faça uma força extra pois ao longo do curso você vai precisar desses conhecimentos.

Leia mais: A importância da Estatística na Engenharia de Produção


shutterstock_130178546

Fonte: Shutterstock

3. Aprenda inglês

Hoje em dia, mais que um diferencial, saber inglês é pré-requisito para várias posições de estágio e emprego. Mais que aprender a se comunicar, é bom também saber palavras e expressões da área de engenharia.

Leia mais: 8 dicas para aprender inglês mais rápido


4. Estude por conta própria o que a universidade não te oferece

Infelizmente muitas universidades não possuem estrutura física ou negligenciam a importância de se ensinar a usar softwares como MS Project ou Minitab, por exemplo. Se você tem o desejo de aprender algo que não é oferecido a você, seja proativo e tente aprender por outros meios, como cursos, grupos de estudo, vídeos no youtube ou materiais encontrados na internet.

Leia mais: 7 Cursos que todo Engenheiro de Produção deveria fazer


5. Mantenha-se informado

Alguns livros usados em nossas faculdades são antigos e desatualizados. Sempre que possível leia jornais e revistas, você pode encontrar várias técnicas e ferramentas novas que não foram mostradas a você nas suas aulas. Além disso, a participação em congressos também é uma forma de ficar por dentro dos assuntos da área.


Fonte: Shutterstock

Fonte: Shutterstock

6. Faça um intercâmbio

Se possível, faça um intercâmbio. Você não apenas adquirirá fluência no idioma do país de destino, mas também aprenderá a lidar com pessoas de diferentes hábitos, costumes, religiões e opiniões. Existe no Brasil o programa Ciência sem Fronteiras onde o governo custeia bolsas de estudo no exterior, tanto para graduação, mestrado e doutorado. Estudar Engenharia de Produção fora do país amplia seus conhecimentos, você aprenderá coisas diferentes e verá coisas que aprendeu aqui sob outras óticas. É uma experiência enriquecedora tanto no sentido pessoal quanto no profissional.

Leia mais: Minha experiência no Ciência sem Fronteiras


7. Faça contatos

Networking é uma forma de se abrir oportunidades e conhecer pessoas que já estão no mercado de trabalho. Além da troca de experiências, você pode aprender muito com profissionais que trabalham ou não na mesma área que você, abrindo também possibilidades de futuras parcerias ou oportunidades de estágio e trabalho. Você pode construir sua rede através da participação em eventos ou até mesmo pela internet através de redes sociais para profissionais como o LinkedIn, por exemplo.


8. Desenvolva suas soft skills

Soft skills são as habilidades associadas à inteligência emocional, como comunicação, hábitos pessoais, habilidades sociais, etc. Muitas pessoas têm muitos conhecimentos técnicos sobre a área mas nem sempre tem habilidades para mostrar isso ou comunicá-los aos seus companheiros de trabalho, o que às vezes pode ser prejudicial na vida profissional, por isso é importante desenvolver certas habilidades sociais.

Leia mais: Soft skills: o que são e por que você precisa delas


O que você adicionaria nessa lista? Como foi sua experiência como calouro? Compartilhe conosco!

Copiado!
Engenharia 360

Jéssica Dias

Engenheira de Produção formada pela UENF com mais de dois anos de experiência em cadeia de suprimentos (supply chain), passando por funções nas áreas de logística, processos e planejamento de materiais. Apaixonada por tecnologia, leitura, ensinar o que sei e ajudar a outras pessoas a serem melhores em suas carreiras.

Comentários