Engenharia 360

Confira 3 eventos recentes observados pelos cientistas na nossa galáxia

Engenharia 360
por Redação 360
| 23/02/2022 | Atualizado em 03/08/2022 2 min

Confira 3 eventos recentes observados pelos cientistas na nossa galáxia

por Redação 360 | 23/02/2022 | Atualizado em 03/08/2022
Engenharia 360

O universo guarda ainda muitos segredos! Pense que coisa doida, ele é infinito, o que quer dizer que existem infinitas possibilidades de haver vida ou fenômenos inimagináveis pelo homem. Mas, por hora, não precisamos olhar para tão longe. Há bastante coisa para se ver bem pertinho de nós! Inclusive, recentemente, os cientistas observaram três eventos incríveis. Contamos quais foram no texto a seguir

1. Cientistas veem fluxos estranhos em erupções solares

Ciência e Astronomia
Imagem reproduzida de SoCientífica

Faz 20 anos que os cientistas estudam as erupções solares. Só que eles não entendiam bem um determinado evento ocorrido no Sol no ano de 1999, quando uma explosão criou fluxos estranhos ou movimentos nunca antes vistos e, aparentemente, sem explicação. Alguns pesquisadores pensavam que era um rompimento das linhas de campo magnéticas, liberando alta quantidade de energia.

Mas, agora, os astrônomos do Centro de Astrofísica de Harvard & Smithsonian enxergaram uma nova explicação, que são os fluxos descendentes supra-arcade, que seriam, na verdade, uma ausência de plasma em regiões escuras com relação à área circundante. E essa certeza veio pela observação de imagens de SADs e testes em simulações em 3D de erupções solares.

2. “Objeto assustador” na Via-Láctea

Ciência e Astronomia
Imagem reproduzida de Plataforma Media

Um cientista universitário da Austrália descobriu, recentemente, enquanto analisava o espaço, um fenômeno ainda não identificado. Trata-se de um objeto incrivelmente brilhante, com campo magnético, que aparece e desaparece emanando enorme energia durante um minuto a cada 18 minutos, aparentemente estando a 4 mil anos-luz da Terra. O fato raro, neste caso, é justamente a precisão de tempo. E o que assusta é que não há nada conhecido no céu que faça isso. A explicação é de que se trata de uma estrela de nêutrons ou matéria que resultou em uma estrela que colapsou. Contudo, só mais detecções vão dizer ao certo!

3. Buraco negro com um disco de acreção fino

Ciência e Astronomia
Imagem reproduzida de Medium

Já faz mais de 40 anos que a primeira imagem de buraco negro com disco de acreção fino foi feita pelo astrofísico Jean Pierre Luminet. Era um desenho gerado a partir de cálculos que ele fez com ajuda de um computador IBM de cartão perfurado, que ele passou a limpo à mão em papel fotográfico negativo com caneta e tinta. Mas, recentemente, graças ao Event Horizon Telescope foi possível produzir a primeira imagem real de um buraco negro, localizado na galáxia M87, a 55 milhões de anos-luz da Terra.


Fontes: CanalTech, Starvoyagers01 em Facebook, NIT.

Engenharia 360

Redação 360

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo