Engenharia 360

Conta de luz pode vir zerada com nova tecnologia. Saiba como!

Engenharia 360
por Bernardo Lopes Frizero
| 16/04/2018 | Atualizado em 13/09/2023 2 min

Conta de luz pode vir zerada com nova tecnologia. Saiba como!

por Bernardo Lopes Frizero | 16/04/2018 | Atualizado em 13/09/2023
Engenharia 360

Já imaginou receber sua conta de luz bem mais barata? E que tal zerada, sem pagar um real? Pois saiba que esta é a realidade do eletricista Alírio Macedo, morador do interior do Mato Grosso do Sul. O mais interessante é que o sistema desenvolvido por ele não é tão complexo assim e vem sendo replicado por todo o Brasil. Vem ver como funciona!

Conta de luz zerada
Crédito: Razões para acreditar

Alírio montou um projeto de geração de energia elétrica, que através da tecnologia de On-Gride, permite que você gere sua própria energia e a direcione para a rede de sua concessionária. Em troca, você recebe o desconto em sua conta elétrica relativa aos kilowatts-hora que gerou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E o mais interessante é que a concessionária te dá até 3 anos para consumir esse "bônus" que gerou. Este bônus poderá ser utilizado inclusive para outras residências cadastradas na mesma concessionária de energia elétrica com o mesmo CPF.

Conta de luz zerada? Como funciona?

Na verdade, o processo é bem simples para quem é um pouco familiarizado com o universo da Elétrica e Eletrônica. É feito a partir de um sistema de geração de energia "caseira", através de placas fotovoltaica. Um aparelho chamado inversor fotovoltaico insere na rede esta energia solar gerada e pronto! Você já pode desfrutar dessa economia na sua conta de luz no fim do mês.

O inversor fotovoltaico instalado pelo eletrotécnico gera 150 Kwh por mês, sendo que seu consumo mensal é de 100 Kwh. Com isso, o excedente pode ser usado em ocasiões de emergência em meses posteriores.

Conta de luz zerada
Crédito: Razões para acreditar

Fonte de energia limpa, a origem da eletricidade produzida é a luz solar, através de painéis fotovoltaicos, o que proporciona um grande ganho ambiental. A vida útil do sistema é de 30 anos e ele paga todos os custos da operação em 8 anos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O aparelho conversor conta com saída USB para o computador, além de um Wi-Fi, necessário para a transmissão das informações sobre a geração de energia elétrica.

Caso você se empolgou com a ideia mas não possua o capital para fazer esse investimento, existem diversas linhas de crédito nos bancos, específicas para quem deseja fazer esse tipo de instalação. Fica a dica!


Fonte: Catraca Livre.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com [email protected] para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Comentários

Engenharia 360

Bernardo Lopes Frizero

Redator de conteúdo voluntário do Engenharia 360. Contribuiu para o site com a elaboração de textos diversos com temas relacionados ao mundo das engenharias.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo