Engenharia 360

O que é e como instalar o DPS?

Engenharia 360
por Redação 360
| 03/05/2024 4 min
Imagem reproduzida de Ilumisul

O que é e como instalar o DPS?

por Redação 360 | 03/05/2024
Imagem reproduzida de Ilumisul
Engenharia 360

DPS é a sigla para Dispositivo de Proteção contra Surtos, um equipamento projetado especialmente para a proteção de eletrodomésticos e outros eletrônicos contra picos de tensão transitórios, também conhecidos como surtos de tensão.

A saber, esses picos podem ser causados por diversos fatores, como raios, quedas de energia, falhas na rede elétrica e até mesmo a ligação e o desligamento de grandes equipamentos, que, se não controlados, podem comprometer o patrimônio e segurança das pessoas. Continue lendo este artigo do Engenharia 360 para saber mais!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

DPS - Dispositivo de Proteção contra Surtos
Imagem reproduzida de qualidadeonline's Blog

Entendendo o surto elétrico

Hoje, as atividades que exercemos no dia-a-dia dependem demais de energia elétrica. Por isto, é ainda mais importante a proteção contra surtos elétricos em toda instalação elétrica, seja ela residencial, comercial ou industrial.

A história a criação do DPS começou com a necessidade de proteger as instalações elétricas contra surtos elétricos causados por raios e outras fontes de sobretensões transitórias. Esta tecnologia, ao longo do tempo, foi sendo aprimorada e agora pode lidar com uma maior variedade de situações, incluindo sobretensões induzidas por descargas atmosféricas indiretas e sobretensões próximas a equipamentos conectados à rede elétrica.

Então, resumindo, o surto elétrico é um fenômeno que ocorre quando uma corrente intensa flui por um circuito, causando danos graves a equipamentos nesses picos de tensão transitórios.

Funcionamento do DPS

O Dispositivo de Proteção contra Surtos é projetado para responder rapidamente quando é detectado um aumento repentino de tensão. Em tais situações, ele muda rapidamente - questão de nanossegundos - de um estado de alta resistência (isolação) para um estado de baixa resistência (condução). Desse modo, é criado um caminho para corrente excessiva fluir para a terra, sendo desviado dos equipamentos eletrônicos conectados ao circuito.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Vale destacar que, durante a operação normal, o DPS fica em estado de “standby”, mas, ainda assim, monitorando a tensão elétrica. Seu estado muda a partir da detecção da tensão de disparo. Depois que o surto é desviado, o dispositivo volta ao estado original.

DPS - Dispositivo de Proteção contra Surtos
Imagem reproduzida de Anderson Leite via LinkedIn

Instalação

A pergunta que fica é: quando usar o DPS? Bem, dentro de casa, por exemplo, em computadores, TVs, sistemas de jogos e eletrodomésticos. Já em comércios e indústrias, fazendo proteção de máquinas. E não podemos nos esquecer dos sistemas de energia renovável, e redes de telecomunicações e dados, que podem se beneficiar demais do uso de DPS por serem vulneráveis a surtos de tensão.

Para a instalação de DPS, deve-se consultar a NBR-5410. Ela indica, que esses dispositivos devem ser instalados sempre que houver entrada de energia por ramal aéreo (comum em casas e prédios de apartamentos) e sempre que a localização for em região com alto índice de descargas atmosféricas.

Veja Também: Definição de circuitos elétricos: o que são, elementos e tipos

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Diferentes classes de DPS

Os DPS podem ser classificados em três tipos principais, com base em suas características de desempenho e no tipo de aplicação para a qual são destinados. Veja quais são:

  • Classe I: Dispositivos capazes de drenar correntes parciais geradas por raios. Recomendado para áreas urbanas periféricas e rurais, expostas a descargas atmosféricas diretas.
  • Classe II: Dispositivos que protegem contra correntes induzidas por descargas atmosféricas indiretas em edifícios.
  • Classe III: Dispositivos instalados próximo a equipamentos conectados à rede elétrica, de dados ou telefônica, fornecendo proteção adicional.
DPS - Dispositivo de Proteção contra Surtos
Imagem reproduzida de Produtel

Observação: No mercado, é possível encontrar DPS varistores, supressores de tensão de diodo, à base de centelhadores de gás ou híbridos.

Escolha do DPS ideal

Ao escolher um DPS, é importante considerar diversos fatores. A começar pela localização geográfica, avaliando se a região sofre com ocorrências de tempestades e vulnerabilidade do sistema elétrico a surtos de tensão. Depois, o tipo de sistema disponível, se é monofásico, bifásico ou trifásico.

Na sequência, a corrente que os modelos encontrados no mercado são capazes de suportar e dissipar de forma eficiente - que deve ser compatível com a demanda da sua instalação elétrica. E onde se pode instalar no quadro de entrada, quadro de distribuição ou perto dos equipamentos a serem protegidos.

DPS - Dispositivo de Proteção contra Surtos
Imagem reproduzida de Token Engenharia

Veja Também:


Fontes: Token Engenharia.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com contato@engenharia360.com para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Comentários

Engenharia 360

Eduardo Mikail

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, liderada pelo engenheiro Eduardo Mikail, e com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo