Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Universidades portuguesas e brasileiras assinam acordo

por Eduardo Mikail | 21/08/2012
Copiado!

Associação brasileira de dirigentes do Ensino Superior e o Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas reúnem-se em Brasília para tentar resolver o problema de reconhecimento de algumas licenciaturas portuguesas no Brasil.

Engenharia civil é uma das áreas em que os profissionais lusos têm sentido dificuldades.

Brasília – As universidades portuguesas e brasileiras irão assinar esta semana um acordo para tentarem resolver as dificuldades de reconhecimento de alguns diplomados lusos no Brasil, como vem acontecendo com os cursos de Engenharia Civil.

Segundo o jornal português “Correio da Manhã”, o Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP), presidido por António Rendas, e a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (ANDIFES), no Brasil, assinam esta terça-feira, em Brasília, um memorando de entendimento.

Embora desconheça o número de diplomados afectados, o CRUP garante que “o molde em que o processo de reconhecimento se desenvolve tem criado dificuldades ao exercício de determinadas profissões no Brasil por parte dos licenciados em Portugal”, como é o caso da Engenharia Civil.

As duas instituições já têm há mais de sete anos um outro acordo em vigor, para permitir aos estudantes em tempo integral matriculados numa universidade (designada universidade de origem) prosseguir estudos em outra universidade (designada universidade de acolhimento), com garantia de reconhecimento do aproveitamento escolar e acadêmico na sua universidade de origem.

Contudo, há algum tempo que várias instituições em Portugal vêm lamentando as dificuldades de reconhecimento no Brasil de algumas licenciaturas. A questão já mereceu a intervenção do ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas.

Em maio, num encontro com o ministro brasileiro da Educação, Aloísio Mercadante, em Brasília, Paulo Portas pediu um maior reconhecimento dos títulos académicos portugueses no Brasil, lembrando que tem havido dificuldades em áreas como a engenharia e a arquitetura para que licenciados portugueses possam exercer sua profissão no mercado brasileiro.

Via Portugal Digital

Copiado!
Engenharia 360

Eduardo Mikail

Engenheiro Civil e empresário, tem o empreendedorismo como estilo de vida. Já trabalhou em uma das maiores construtoras do país e hoje é sócio-fundador da Mikail Engenharia, além do portal Engenharia360.com, um dos pioneiros e maiores veículos especializados no Brasil. É formado também em Administração com especialização em Marketing pela ESPM. Adora viajar e adquirir conhecimento, pois acredita que é a maior riqueza do ser humano. Busca constantemente transformar as dificuldades em desafios. Segue lá no Instagram @eduardomikail

Comentários