Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Universidade americana disponibiliza cursos de graduação sem anuidade

por Samira Gomes | 26/08/2020
Copiado!

Inscrições da University of the People estão abertas até o dia 22 de Outubro.

Nos últimos tempos, o mercado vem se tornando cada vez mais competitivo, demandando um currículo diferenciado dos profissionais. Uma experiência no exterior, por exemplo, pode ser uma grande vantagem em relação à concorrência – visto que uma formação internacional possibilita a aquisição de conhecimentos e bagagem cultural, tanto para a vida pessoal quanto profissional. E atualmente, a University of People (UoPeople) está oferecendo a tão sonhada graduação internacional totalmente sem custos.

imagem ilustrativa de levantamento de chapéu de formatura durante graduação
Foto: Prostock-studio/Adobe Stock

Educação acessível para todos

Sendo a primeira universidade estrangeira a ofertar cursos de ensino superior à toda a população mundial sem fins lucrativos, a Universidade do Povo é reconhecida pelo seu objetivo de democratizar o acesso à educação. De origem americana, a UoPeople é totalmente online e cobra somente para realização dos exames e taxa de inscrição, além de ofertar bolsas de estudos.

A universidade também disponibiliza a assistência de mais de 3.000 professores voluntários e atendimentos singularizados, mediante à tecnologia “open-source”. O intuito é ultrapassar a distância e obstáculos financeiros que possam impedir a conquista de um diploma de graduação. Até o momento, esse objetivo vem sendo alcançado com sucesso: estudantes de mais de 190 países estão matriculados.

imagem ilustrativa de curso à distância
Os cursos da universidade são todos a distância. Foto: insta_photos/Adobe Stock

Cursos ofertados pela instituição

Estão disponíveis apenas três cursos de bacharelado na universidade: ciências da saúde, ciência da computação e administração de empresas, com inscrições abertas até o dia 22 de outubro. De acordo com Shai Reshef, fundador da UoPeople, os dois últimos cursos “são programas que têm maior demanda global, e também que oferecem maior possibilidade de empregabilidade”. Além de ser parceira de universidades prestígio, como Oxford, Yale e Havard, a Universidade do Povo também tem convênios com empresas estrangeiras – a exemplo da Microsoft –, para monitoria e estágio.

A instituição também oferece os chamados “associate degrees”, cursos análogos à um curso técnico e uma graduação, conhecidos como “community colleges” nos Estados Unidos, e mestrado em Educação e em Negócios (MBA).

Oposto aos MOOCs

Ainda, segundo Reshef, existe uma diferença significativa entre a universidade e os denominados “Massive Online Open Courses” (MOOC) – que se tratam de cursos abertos e virtuais. A UoPeople oferta graduação completa e sem anuidade, com emissão de diploma ao final, já os MOOCs são cursos gratuitos disponibilizados por algumas universidades em assuntos intrínsecos.

As salas da universidade só abrangem cerca de 20 a 30 estudantes por aula e tem taxa de finalização acima de 95%, enquanto que os MOOCs não ultrapassam 5%. Além disso, é importante salientar que é indispensável candidatar-se e ser aprovado para ingressar na UoPeople. Exigência que não é necessária para os cursos a distância.

imagem ilustrativa de estudante fazendo aula de graduação a distância de frente para o computador e tomando notas
Foto: francescoridolfi.com

Bolsas de estudos

São cobradas pela instituição apenas as taxas de candidatura – cerca de US$ 50 – e uma destinada a aplicação do exame final, que não ultrapassa US$ 100. Entretanto, é possível conseguir uma bolsa para elas, já que são coletadas somente ao final dos cursos.

Dentre as que estão listadas, podemos destacar a “HP Women’s Scholarship Fund”, focada nas mulheres, a “Fondation Hoffmann Scholarship” – que abrange os estudantes em geral – e a “Botari Women’s Scholarship Fund”, restrita as mulheres brasileiras.

Como se candidatar?

Para se inscrever e tentar conquistar uma vaga, é primordial ter concluído o ensino médio, obter acesso a internet e um bom nível de inglês para compreender as aulas. A cada ano, são realizadas cinco rodadas de admissão. A próxima está com inscrições abertas até 22 de outubro e o prazo de “early application” finaliza no primeiro dia do mesmo mês. Já as aulas iniciam em 22 de dezembro.

Referência: Estudar Fora

Leia também: Como conseguir um estágio durante a pandemia?

Se interessou pelos cursos? Conta para a gente nos comentários!

Copiado!
Engenharia 360

Samira Gomes

Engenheira de Produção em formação no Vale do São Francisco. Nordestina fascinada pela escrita. Almeja levar Engenharia e Tecnologia a todos, por meio das palavras, pois acredita que a leitura é a principal ferramenta de aprendizagem.

Comentários