Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Ford Ranger Storm: melhor preço com maior força | Review 360

por Engenharia 360 | 27/08/2020
Copiado!

Nós tivemos a oportunidade de testar a Ford Ranger Storm, que passou por algumas modificações que vale a pena conferir.

Para os apaixonados por picape com preço interessante e desempenho atrativo, a Ford oferece tudo isso e muito mais na nova versão da Ford Ranger Storm.

Homem fazendo pose para foto sob roda de veículo em estrada de terra
Ford Ranger Storm. Imagem: @eduardomikail

A Ranger Storm teve modificações notáveis, se levarmos em consideração a versão apresentada no salão do automóvel em 2018 e compararmos com a versão da produção. Aqui vamos discorrer mais adiante sobre algumas das principais mudanças.

Design

Em se tratando por design, pode-se destacar as seguintes mudanças:

  • Foram retirados os faróis de leds integrados. Também saiu o parachoques com a detalhe central preto, simulando uma espécie de quebra-mato;
  • Os detalhes emborrachados nas laterais juntamente com o adesivo fosco na caçamba também foram retirados;
  • As caixas de rodas aro 17” possuem uma proteção plástica desenvolvida no Brasil. As rodas são exclusivas Pirelli Scorpion AT Plus, com capacidade off road superior, que possuem uma tecnologia de desenho que ajudam a eliminar o acúmulo de pequenas pedras entre os sulcos e ajuda a minimizar o acúmulo de terra e lama.

Acessórios e preço

Possui uma central multimídia Sync3 com uma tela de oito polegadas, quadro de instrumentos com duas telas coloridas, ar-condicionado automático de duas zonas, sete airbags, câmera de ré, sensor de estacionamento e controles de estabilidade e de tração;

Há também um piloto automático de série, mas sem a manutenção de faixa e os sensores de que adaptam a velocidade e a distância do carro que vai à frente.

Interior da Ford Ranger XLS Storm
Interior da Ford Ranger Storm. Imagem: @eduardomikail

Já no quesito preço, a Ranger Storm está custando cerca R$ 150.900. No próprio site da Ford é possível encontrar a versão XLT, com o mesmo motor 3.2, custando em média R$ 183.790.

A versão XLS 4×4, com motor 2.2 turbodiesel de 4 cilindros, que produz 160 cv e 39,3 mkgf de torque, equipada com câmbio automático de 6 marchas e dona do mesmo pacote de equipamentos – sem capota marítima e snorkel – custa R$ 160.890, quase R$ 10 mil a mais que a Storm.

Com tudo isso, a Ranger Storm ainda é mais barata. Custa R$ 150.990, contra os R$ 151.790 pedidos XLS 2.2 4X4 com câmbio manual (a Ford garante que não vai reduzir os preços da XLS.

Desempenho

Na pista, a Ranger Storm conseguiu registar uma média de 9,1 km/l em área urbana e 10,9 km/l em área rodoviária.

Seu sistema de tração 4×4, tem três modos de atuação e é praticamente o mesmo das versões XLT e Limited, que são as mais caras. É possível andar em 4×2, com tração majoritariamente traseira, em 4×4 High com velocidades até 120 km/h e 4×4 Low, que dobra o torque para situações nas quais é necessária força máxima para transpor obstáculos movendo seus 2.230 kg de peso e mais de 1 tonelada de capacidade de carga.

O acerto da suspensão também vêm das versões mais caras e garante rodar confortável mesmo sem carga. A posição dos amortecedores invertidos no eixo traseiro ajuda a manter certa estabilidade quando se está sem carga, e evita, mas não sana, muitos dos solavancos que se sente na cabine quando se passa por alguma imperfeição do solo.

Com capacidade de reboque de até 3.500 kg, a Ranger Storm se vale do sistema Advance Trac que inclui controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, em descida íngremes, assistência de frenagem e controle de oscilação de reboque para manter a picape na linha mesmo em casos extremos.

Talvez a única desvantagem com relação aos concorrentes é que a Ranger Storm não possui bancos de couro e retrovisores com rebatimento elétrico. Itens que fazem falta, o banco de couro pela proposta do carro e praticidade para limpar e, rebatimento elétrico de retrovisores pela dificuldade de muitas vezes estacionar em locais apertados em decorrência do tamanho do veículo.

Ficha técnica – Ford Ranger XLS Storm 3.2 4X4 AT

  • Preço: R$ 150.990;
  • Motor: diesel, dianteiro, longitudinal, 5 cil., 20V, turbo, 3.198 cm3; 200 cv a 3.000 rpm, 47,9 mkgf a 1.750 rpm;
  • Câmbio: automático 6 marchas, tração 4×4 sob demanda;
  • Suspensão: McPherson (dianteiro) / eixo rígido (traseiro);
  • Freios: disco ventilado (dianteiro) / tambor (traseiro);
  • Direção: elétrica, 12,2 (diam. giro);
  • Rodas e pneus: liga leve, 265/65 R17;
  • Dimensões: comprimento, 535,4 cm; altura, 182,1 cm; largura, 197,7 cm; entre-eixos, 322 cm; vaõ livre do solo, 23,2 cm; ângulos de ataque/saída, 28°/27°; peso, 2.230 kg; tanque 80l; caçamba, 1.180 l; capacidade de carga, 1.040 kg.
Ranger XLS Storm com céu azul ao fundo
Ford Ranger Storm. Imagem: @eduardomikail

Mesmo assim, diante de tantos benefícios, a Ranger Storm é quase que unanimidade, ainda mais quando levamos em consideração a sua concorrente direta, a Nissan Frontier Attack. Principalmente em relação à estabilidade e conforto interno para o motorista e passageiros, ela pula muito menos do que a Frontier.

Leia também:

E você? Gostou da Ford Ranger Storm? Qual é a sua pick-up favorita? Conta pra gente!

Copiado!
Engenharia 360

Engenharia 360

Engenharia para todos.

Comentários