Engenharia 360

Em tempos de Pandemia, saiba mais sobre a máscara PFF2

Engenharia 360
por Ithon Ramos
| 10/06/2021 | Atualizado em 28/01/2023 4 min
Imagem de Pixabay

Em tempos de Pandemia, saiba mais sobre a máscara PFF2

por Ithon Ramos | 10/06/2021 | Atualizado em 28/01/2023
Imagem de Pixabay

O que é máscara PFF2? Qual a diferença para N95? Qual usar? Como usar? Para obter essas e outras respostas, leia este artigo!

Engenharia 360

O que é máscara PFF2? Qual a diferença para N95? Qual usar? Como usar? Para obter essas e outras respostas, leia este artigo!

Provavelmente você nunca ouviu falar na máscara PFF2 antes de 2019, não é mesmo? Mas, com a ocorrência da Pandemia, nós nos vimos obrigados a buscar meios de controle para redução do risco de contrairmos o Covid-19. E usar máscara é um dos meios mais eficientes para isso!

É consenso entre os cientistas de que a máscara PFF2 é, inegavelmente, aquela mais indicada para a redução do risco de contaminações, se comparada a outros tipos - como máscaras cirúrgicas e de pano, por exemplo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mas afinal, o que é a máscara PFF2?

A PFF2, ou 'Peça Facial Filtrante', é um Equipamento de Proteção Individual - sigla EPI -, cujo respirador é o próprio meio filtrante, desta forma, utilizado para filtração de partículas suspensas no ar e consequente proteção do usuário.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o funcionamento deste meio filtrante não é exatamente igual ao de uma peneira, já que as máscaras PFF2 possuem filtros mecânicos e eletrostáticos, que fazem com que as partículas não só sejam bloqueadas, mas também sejam atraídas pelas fibras do filtro, aumentando, desta forma, a eficiência de retenção.

Qual a diferença entre PFF2 e N95?

Se você assistiu ao vídeo anterior, descobriu um novo nome de máscara, a N95. Em geral, a PFF2 e a N95 são bem parecidas. Ambos os respiradores se assemelham. A diferença básica real entre eles é de que a PFF2 é brasileira, enquanto a N95 é americana. Sendo assim, para comercialização, a máscara PFF2 deve atender às Normas ABNT 13698:2011 e NBR 13697:2010, o que garante uma penetração máxima de 6% de aerosol e 94% de eficiência. Já a máscara N95 deve atender à norma NIOSH - National Institute for Occupational Safety and Health - e 42 CFR 84, de forma a garantir uma eficiência mínima de retenção de 95%.

Assim como a N95, existem mais máscaras que são utilizadas e certificadas em outros países e comercializadas no Brasil. São exemplos:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

  • FFP2 (EN 149-2001 – Europa),
  • KN95 (GB2626-2006- China),
  • P2 (AS/NZA 1716:2012 – Austrália/Nova Zelândia),
  • Korea 1st class (KMOEL-2017-64 – Coréia), e
  • DS (JMHLW-Notificação 214, 2018 – Japão).
mask 6140031 1280
Modelo de máscara PFF2 | Imagem de Pixabay

O que significa a numeração após o PFF?

A numeração após a sigla na máscara PFF é utilizada para classificar o respirador conforme a capacidade de retenção de partículas, sendo:

  • PFF1: Eficiência mínima de 80% e penetração máxima de 20%. Recomendada para poeiras e/ou névoas (aerossóis mecanicamente gerados);
  • PFF2: Eficiência mínima de 94% e penetração máxima de 6%. Recomendada para fumos (aerossóis termicamente gerados) e/ou de toxidez desconhecida; e
  • PFF3: Eficiência mínima de 99,7% e penetração máxima de 0,03%. Utilizada para particulados altamente tóxicos (LT < 0,05 mg/m³) e/ou de toxidez desconhecida.

Além disso, a nomenclatura da máscara ainda pode conter as terminações ‘S’ (capacidade de o respirador em reter partículas sólidas e líquidas à base de água) ou ‘SL’ (capacidade de reter partículas sólidas e líquidas à base de óleo ou outro líquido que não água), como PFF2S ou PFF2SL.

Onde comprar?

As máscaras PFF2 podem ser compradas principalmente em lojas de produtos hospitalares, material de construção e farmácia. No entanto, com a popularização desse modelo, pode ser que seja difícil de encontrá-las. Para isso, foi fundado, através de uma iniciativa voluntária, o site PFF para todos, onde é possível acessar uma lista de lugares que vendem diferentes versões de máscaras certificadas de forma online.

Posso confiar na marca da máscara?

É verdade que existe uma infinidade de marcas comercializadas no Brasil. No entanto, para que a máscara seja eficiente, é obrigatório que ela apresente o Certificado de Aprovação (CA), emitido pelo Ministério do Trabalho e os selos do Inmetro e do Organismo de Certificação do Produto (OCP).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

máscara
Máscara PFF2, destaque para o selo do Inmetro | Imagem extraída de Portal Folha da Manhã

Veja Também: Engenheiros remodelam máscara de proteção contra o coronavírus

Vale lembrar que a ANVISA publicou a Resolução-RE nº 1.480/2020, constando a lista de empresas fabricantes de respiradores particulados (N95, PFF2 ou equivalente) que demonstraram falhas na eficiência mínima de filtragem de partículas. Você pode acessar a listagem completa clicando aqui.

Fique atento

  • Para garantir que a eficiência da máscara não seja comprometida, siga as recomendações do fabricante quanto ao seu uso e manutenção.
  • Em caso de manchas ou problemas na vedação, descarte imediatamente o respirador.
  • E siga as instruções corretamente para reutilizar sua máscara clicando aqui.

Então, gostou do conteúdo? Escreva nos comentários abaixo!


Fonte: N95DECON, Istoé, Dr. Dráuzio Varella

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com [email protected] para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Comentários

Engenharia 360

Ithon Ramos

Engenheiro de Meio Ambiente | Segurança do Trabalho e MBA em Gerenciamento de Projetos

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo