Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Tendências de design de interiores 2021: o que deve mudar na arquitetura e decoração no próximo ano

por Simone Tagliani | 12/10/2020
Copiado!

Os últimos acontecimentos mundiais devem se refletir no planejamento de ambientes residenciais. A começar pelo desenho de planta baixa, passando pelos móveis e acessórios para casa! Veja, neste texto, algumas tendências de design de interiores apontadas para o próximo ano!

Por certo, depois de 2020, muita coisa será diferente! Isto inclui também, obviamente, a arquitetura e o design de interiores! Pra começar, as residências terão o seu layout totalmente revisado; novas áreas serão acrescentadas às plantas baixas; e será preciso pensar nos móveis e acessórios para esses espaços. Vamos focar nesta ideia? Saiba, agora, com o Engenharia 360, quais as novas tendências de design de interiores apontadas para um mundo pós-pandêmico!

Sala de estar com decoração em estilo escandinavo  - imagem ilustrativa de design de interiores
Sala de estar com decoração em estilo escandinavo. (foto de Pixabay)

O novo modelo de arquitetura de interiores

Algo que aprendemos com 2020 foi que precisamos ter mais atenção com certos detalhes da nossa rotina. E o que fazemos no dia-a-dia, ou seja, as tarefas que praticamos em nosso cotidiano, deve se refletir nas plantas dos imóveis construídos e reformados. Por conta de tudo que foi vivenciado no último ano, sabe-se que chegou a hora de mais uma revisão dos modelos de plantas baixas de residências.

As últimas tendências de design de interiores desenvolvidas – em grande parte por necessidade – pôs em cheque certas questões de arquitetura. No passado, questionamos a necessidade de se ter dependência de empregada e acesso exclusivo para serviços. Agora, sabemos que é preciso aumentar as áreas de lavanderia e depósito.  E também que os halls de entrada precisam de uma área reservada para sapateira e suportes para casacos e outros pertences trazidos da rua.

Novo modelo de layout de residências com hall de entrada mais espaçoso. decoracao-tendencias-de-design-de-interiores
Novo modelo de layout de residências com hall de entrada mais espaçoso. (foto de Pixabay)
Área de lavanderia com equipamentos modernos que facilitam as tarefas domésticas. decoracao-tendencias-de-design-de-interiores
Área de lavanderia com equipamentos modernos que facilitam as tarefas domésticas. (foto de Pixabay)

Uma ideia que vinha ganhando força nos últimos anos e que se mostrou ainda mais certa em 2020 foi a do home office. Muita gente já percebeu que há inúmeros benefícios em tentar modificar o seu regime de trabalho e estudo para passar mais tempo em casa, com a família e em segurança. E como o computador é uma ferramenta preciosa de comunicação, deve receber um espaço decorado especial reservado na planta de toda residência.

decoracao-tendencias-de-design-de-interiores
Home office em decoração rústica. (foto de Pixabay)

As recentes tecnologias aliadas às tarefas de casa

Dentre as atuais tendências de design de interiores está a utilização de novas tecnologias para facilitar as tarefas domésticas. Devemos destacar o uso de robôs para a limpeza de ambientes – leia mais sobre o tema clicando aqui – e também o uso de aplicativos para gerenciamento de atividades e o controle de sistemas automáticos através de aparelhos smarts, como, por exemplo, a abertura de cortinas e persianas.

Robô aspirador de pó.
Robô aspirador de pó. (foto de Pixabay)

Alguns aparelhos elétricos já não são mais vistos como itens de luxo, mas de necessidade. Por exemplo, os aspiradores de pó e até mesmo os extratores de sujeira à vapor. Outras tendências de design de interiores vistas como futuristas são as torneiras com sensores, as lavadoras de roupa com opção de secagem em alta temperatura, os umidificadores de ar, e os depuradores de ar para cozinha. Por fim, os televisores com sinal de wifi e capacidade de parear seu sistema com o de aparelhos celulares, notebook e outros, possibilitando as videoconferências.

Extratora de sujeira à vapor
Extratora de sujeira à vapor. (foto de Pixabay)
Aparelhos smart conectados entre si para vídeo conferência em casa
Aparelhos smart conectados entre si para vídeo conferência em casa. (foto de Pixabay)

As novas tendências de design de interiores para 2021

É provável que, depois de todas as experiências vivenciadas em 2020, os designers tenham uma visão diferente quanto às novas tendências de interiores para o próximo ano. Certamente, o foco será a criação de ambientes mais fáceis de limpar e, acima de tudo, muito confortáveis – permitindo permanência mais agradável – e por mais tempo – dos moradores nestes espaços. Embora ainda possam acontecer mudanças de mercado, algumas empresas já fazem as suas apostas!

Primeiro, quanto à planta baixa dos imóveis, acredita-se que haverá uma maior preferência pelos ambientes integrados – como cozinha americana. Já quanto aos estilos de decoração, as maiores tendências de design devem ser as decorações com características minimalistas – como as escandinavas, por exemplo.

Itens decorativos próprios de uma decoração em estilo minimalista escandinavo. decoracao-tendencias-de-design-de-interiores
Itens decorativos próprios de uma decoração em estilo minimalista escandinavo. (foto de Pixabay).

Provavelmente, se fará bastante uso de elementos feitos de matéria prima natural – ou imitando a textura de madeiras e pedras – e móveis e revestimentos em cores claras. E não podemos esquecer-nos dos trabalhos artesanais – como crochê; ou mesmo dos vasos de plantas – sempre uma contribuição neutra para os ambientes, além de benéfica para a saúde tanto da casa quanto de seus moradores. Estas são as nossas dicas!

Referências: Casa Vogue, Decoração 2021, Blog ‘A casa que minha vó queria’, Jornal da Cidade BH, Info Varejo.

Quais são suas apostas para 2021? Comente!

Copiado!
Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada em Arquiteta & Urbanismo e Letras; especialista em Artes Visuais; estudante de Jornalismo Digital e proprietária da empresa Visual Ideias - Redação, Edição e Produção de Conteúdos.

Comentários