Engenharia 360

Veja o arranha-céu de 500 m de altura que será erguido em Santa Catarina

Engenharia 360
por Redação 360
| 29/04/2022 | Atualizado em 23/01/2023 3 min
Imagem reproduzida de Cimento Itambé

Veja o arranha-céu de 500 m de altura que será erguido em Santa Catarina

por Redação 360 | 29/04/2022 | Atualizado em 23/01/2023
Imagem reproduzida de Cimento Itambé
Engenharia 360

Neste momento, faça um exercício: pense na distância que existe entre uma rua e outra no seu bairro. Aqui no Brasil, as quadras geralmente têm entre 50 a 100 metros de comprimento. Agora, imagine isso na vertical. Seria alto, não? Pois, atualmente, o edifício ou arranha-céu mais alto do nosso país é o Infinity Coast, localizado no Balneário Camboriú, em Santa Catarina; o mesmo tem quase duas quadras e meia de altura, somando 234,7 metros. E, como se não bastasse, a cidade deve ter, em breve, um edifício com altura de cinco quadras. Loucura, não?

Triumph Tower - arranha-céu
Imagem reproduzida de Skyscrapercity

Veja Também: Balneário Camboriú e Fortaleza: por que suas áreas de praia estão sendo ampliadas?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O arranha-céu Triumph Tower

É isso mesmo que você leu! Recentemente, foi aprovada a construção de um prédio, o Triumph Tower, de 509 metros de altura ou 154 andares na Avenida Atlântica, na orla de Balneário Camboriú, recebendo um parecer favorável da Comissão Técnica de Análise Estudo de Impacto de Vizinhança. E por que essa ideia é pior que parece? Bom, é que ela meio que pode anular todo o esforço - e dinheiro - que foi gasto para o alargamento da praia, obra recém-concluída, em 2021.

A saber, edificação também se propõe a ser o maior arranha-céu residencial das Américas. Atualmente, esse título pertence ao Central Park Tower, em Nova York, nos Estados Unidos, que possui 472,40 metros de altura.

Triumph Tower
Imagem reproduzida de Fala JC no youtube

Legalmente, não há limite de altura para prédios construídos neste local de BC. Mesmo assim, o projeto deve passar pela aprovação da Secretaria de Planejamento e Gestão Orçamentária e Conselho da Cidade, além de receber licença também do Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA). E os representantes desses órgãos devem pensar se, de fato, vale a pena dar essa permissão, o que estimularia outros projetos semelhantes no futuro.

Triumph Tower
Imagem reproduzida de artigos

Uma das justificativas para a mega obra de alargamento da Praia Central era atender as necessidades dos banhistas. Muitos reclamam há anos que, devido à altura dos prédios nas proximidades, não era possível nem ter sol na faixa de areia. Foram usados tubos juntos com draga; uma embarcação pegava a areia de uma jazida e, por meio da estrutura feita com os tubos, levava o material até a orla da praia. Toda essa manobra custou milhões. E, agora, será que as pessoas podem perder novamente o seu tão precioso sol? Confira os vídeos a seguir para tirar suas conclusões!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Veja Também: Balneário Camboriú: patrimônio histórico perde para arranha-céus de luxo

Então, o que você pensa desse projeto de novo arranha-céu para o Balneário Camboriú? Escreva na aba de comentários!

Veja Também: Saiba o que são as Gang Forms e por que são usadas na construção de prédios de alto luxo


Fontes: G1.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com contato@engenharia360.com para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Comentários

Engenharia 360

Eduardo Mikail

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, liderada pelo engenheiro Eduardo Mikail, e com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo