Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Stratolaunch, o maior avião do mundo, faz seu primeiro voo

por Larissa Fereguetti | 16/04/2019
Copiado!

O avião revolucionou o transporte e, atualmente, é uma forma rápida e segura de se locomover. Desde Santos Dumont (ou os irmãos Wright?), os desenvolvimentos na área não pararam e o homem continua buscando formas de atravessar o céu. A mais recente notícia na área é sobre o Stratolaunch, o maior avião do mundo (até então), que fez seu primeiro voo com sucesso.

Stratolaunch
Imagem: stratolaunch.com

+Stratolaunch

O Stratolaunch tem 226,7 toneladas, 73 metros de comprimento e envergadura de 117 metros. Ele é capaz de transportar até 250 toneladas de carga.

Stratolaunch
Imagem: thedrive.com

O voo teste aconteceu em Mojave, na Califórnia, no último dia 13. Ele ficou duas horas e meia no céu, atingiu velocidade de 304km/h e altitude de 15 mil pés e aterrissou bem. O voo foi bem suave, visto que era o primeiro.

Porém, o Stratolaunch não é um avião convencional. Ele foi desenvolvido para lançar veículos espaciais, como satélites, e cargas espaciais pesadas. Isso reduz consideravelmente o custo de lançamento, visto que o avião pode se locomover para qualquer parte da Terra e ficar na melhor posição para fazer o lançamento. Vale destacar que não havia nenhum foguete a bordo do avião no primeiro voo.

Stratolaunch
Imagem: theverge.com

A fuselagem dupla permite que ele alcance até 35.000 pés, de onde poderá lançar os foguetes. Para a construção do avião, foram usados seis motores Pratt & Whitney PW4056, dois cockpits e o deck tripulado, o sistema de trem de pouso e mais elementos de dois Boeing 747-400. Para os engenheiros responsáveis pelo projeto, usar os elementos de sistemas existentes reduz os custos de produção e manutenção.

A responsável pelo projeto é a Scaled Composites, que tinha o co-fundador da Microsoft, Paul Allen (que faleceu em 2018), como um dos seus iniciantes. Poucos meses atrás, a empresa demitiu vários funcionários e cancelou seus investimentos no desenvolvimento de foguetes próprios.

Stratolaunch
Imagem: desertsun.com

Algumas empresas já planejam usar o avião para enviar seus foguetes para o espaço. Esse é o plano da Northrop Grumman, por exemplo, para lançar o foguete Pegasus XL.

+ Vídeo do primeiro voo

Embora o primeiro voo tenha sido um sucesso, o Stratolaunch não deve começar a lançar satélites no espaço por agora. Isso deve demorar até meados da próxima década. Também não é esperado que ele tenha mais exemplares construídos, visto que, até o momento, apenas um já atende a demanda.

Referências: The Verge; Space; CNBC; Aeromagazine.

Copiado!
Engenharia 360

Larissa Fereguetti

Doutoranda, mestre e engenheira. Fascinada por tecnologia, curiosidades sem sentido e cultura (in)útil. Viciada em livros, filmes, séries e chocolate. Acredita que o conhecimento é precioso e que o bom humor é uma ferramenta indispensável para a sobrevivência.

Comentários