Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Engenharia 360

O trabalho do Engenheiro de Produção na Disney

Engenharia 360
por Jéssica Dias
| 27/07/2014 3 min

O trabalho do Engenheiro de Produção na Disney

por Jéssica Dias | 27/07/2014
Copiado!

Desde a reserva até os passeios, grande parte das experiências vividas pelos turistas no Mundo Mágico de Walt Disney é, de certa forma, tocada por um Engenheiro de Produção: eles estão presentes em áreas como manutenção, operações, resorts e transportes e este artigo aborda algumas de suas funções que contribuem para uma viagem perfeita.
 

Fonte: OrlandoAttractions.com


“Sempre que eu vou a um passeio, estou sempre pensando no que está errado com aquilo e como isto pode ser melhorado” (Walt Disney)

Tudo começa com uma reserva…

O centro de reservas da Disney recebe aproximadamente 10 milhões de ligações por ano. Para oferecer uma boa experiência aos clientes desde o princípio, engenheiros desenvolvem projetos estratégicos e definem metas de forma a diminuir o tempo de espera e tornar o processo o mais eficiente possível, trabalhando desde o treinamento dos funcionários até a capacidade necessária para atender a demanda de ligações.

O grande dia chegou, vamos para o hotel!

Ao chegar ao mundo mágico, a primeira coisa a se fazer é o check-in em um dos mais de 25 resorts disponíveis. Para lidar com os mais de 6 milhões de check-ins anuais, os engenheiros de produção definem os melhores arranjos, medem os impactos de novas ferramentas e sistemas e conduzem análises de capacidade de demanda; além disso, definem a quantidade de check-in lobbies necessários e otimizam o processo de entrega de bagagens aos quartos.
Já nos quartos, o engenheiro deve gerenciar a cadeia de suprimentos e o sistema de inventário para oferecer a quantidade certa de toalhas e roupas de cama limpas para cada uma das aproximadamente 25 mil unidades e garantir que este processo seja confiável.

transportesnadisney-blog-da-engenharia

Fonte: sunshinelimousine.com

Do hotel para os parques de diversão…

Para que os turistas cheguem aos seus destinos com o menor tempo de espera e o horário desejado, o engenheiro de produção utiliza-se de pesquisa operacional e modelagem para obter o número ótimo de rotas, ônibus e outros meios de transporte pelo complexo.

Hora das compras!

Cada loja do complexo Walt Disney pode fazer até 2 bilhões de transações por ano. Para gerenciar o alto número de operações das lojas, o papel do engenheiro aqui é análise de capacidade de demanda, amostragem do trabalho e melhoria dos processos de forma a otimizar o fluxo de consumidores e ao mesmo tempo minimizar o tempo de espera. Em relação à alimentação, o profissional deve determinar o número ótimo de atendentes, mesas, restaurantes e gerenciar a eficiência geral das operações. Adicionalmente, para que todo o comércio funcione é necessário um bom gerenciamento dos armazéns que estocam os produtos.

Vamos às novas atrações…

Ao considerar abrir novas atrações, vários aspectos são parte do trabalho do engenheiro de produção: capacidade, gerenciamento das filas e fluxo de pessoas; depois de aberta, é sua responsabilidade gerenciar os tempos de espera, rendimento, utilização e efeitos gerais na dinâmica do parque.

Que tal um cruzeiro?

O engenheiro suporta os cruzeiros administrando operações do dia-a-dia através de melhorias de processos, simulação e análise da cadeia de suprimentos, além de ajudar a definir novos destinos e expansões.

disney-blog-da-engenharia

Fonte: topratedtravel.net

O que vem por aí?

Para o futuro do mundo mágico, o Engenheiro de Produção vai ajudar a desenvolver novos produtos ou serviços e aplicar as melhores práticas para construir novos parques temáticos ao redor do mundo.
 
E você, já tinha parado pra pensar em como o Engenheiro de Produção contribui para o funcionamento de um dos parques mais famosos do mundo? Deixe seu comentário!
 
Referência
 

Copiado!
Engenharia 360

Jéssica Dias

Engenheira de Produção formada pela UENF com mais de dois anos de experiência em cadeia de suprimentos (supply chain), passando por funções nas áreas de logística, processos e planejamento de materiais. Apaixonada por tecnologia, leitura, ensinar o que sei e ajudar a outras pessoas a serem melhores em suas carreiras.

Comentários