Engenharia 360

O futuro da cidade mais sustentável do mundo

Engenharia 360
por Redação 360
| 10/09/2012 | Atualizado em 05/04/2022 2 min

O futuro da cidade mais sustentável do mundo

por Redação 360 | 10/09/2012 | Atualizado em 05/04/2022
Engenharia 360


O que a cidade mais inteligente e sustentável do mundo tem a nos ensinar? Localizada na Coreia do Sul, a cidade de Songdo, que fica a 56 km a oeste da capital Seul, está sendo construída sobre uma ilha artificial. Ela promete ser o maior investimento privado do setor imobiliário da história com custo estimado em US$ 35 bilhões.

cidade sustentável

Veja Também: Fujisawa SST – Conheça a cidade inteligente e sustentável do Japão

Sobre o plano de cidade sustentável para Songdo

Grande parte do dinheiro será investido em comunicação de forma geral para interligar as pessoas e seus bens como casas e carros. Serão instalados sensores no asfalto, nas ruas e nos edifícios pela empresa de telecomunicações Cisco. Com eles, uma central de controle pode monitorar informações sobre os prédios, demanda por energia, temperatura externa, condições do asfalto e do trânsito.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Continue Lendo

Um centro de controle será capaz de comandar todas as ações e verificar as necessidades da cidade. Câmeras de trânsito vão monitorar até o número de pedestres que andam pela calçada. Com isso, desta forma, ruas vazias poderão ter luzes diminuídas para reduzir custos, enquanto que as movimentadas terão a iluminação reforçada, por exemplo.

Diversos projetos para melhorar a vida na cidade e torná-la mais sustentável serão adotados. Outro exemplo será o controle de ajuste para o intervalo dos semáforos, a criação de desvios e fornecimento de alerta antes que o problema ocorra. Com a alta tecnologia, as com lâmpadas incandescentes comuns dos semáforos serão substituídos pelas de LED. Até um sistema de tele-presença será instalado em casas, escritórios e ruas para que as pessoas façam vídeo-chamadas de onde estiverem.

Veja Também: Uberlândia (MG) foi selecionada para ser a primeira cidade inteligente do Brasil

E por fim, para trazer um pouco da natureza para a cidade e para economizar seus recursos naturais, um sistema de retenção de água da chuva e o tratamento de água “suja” de pias e máquinas de lavar pratos e roupas, vão permitir ao sistema de irrigação de Songdo usar apenas um décimo da quantidade de água limpa que seria esperada para uma cidade desse porte.

Além disso, a implantação de vegetação no topo dos prédios, por exemplo, pode reduzir a perda de água da chuva e combater o efeito de “ilha de calor” gerado pelas cidades. Incrível, não?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com informações

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Engenharia 360

Redação 360

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

Comentários



Assine nossa newsletter
e receba
uma curadoria exclusiva de conteúdos:



Continue lendo